Hades: O Game que Conquistou Críticos e Jogadores

Você conhece o game que tá dando o que falar entre os jogadores e críticos, ganhando prêmio atrás de prêmio e desbancando concorrentes favoritos como The Last of Us 2 e Animal Crossing? O nome do dito cujo é Hades, e aqui neste artigo você vai conferir tudo sobre o jogo!

Sumário

Gênero Roguelike

Antes de tudo, você precisa saber que Hades é um jogo de ação e RPG do gênero Roguelike. Mas o que seria esse gênero?

O termo Roguelike, se traduzido ao pé da letra, ficaria ‘como Rogue’. E faz todo o sentido, pois o gênero foi criado a partir do game Rogue, de 1980. Rogue é um RPG inspirado em Dungeons&Dragons no qual o player passa por um calabouço gerado aleatoriamente a cada partida, com dificuldades variadas, e baseado em turnos.

Após o lançamento e sucesso de Rogue, vários jogos parecidos foram criados, dando início ao gênero Roguelike.

O que, então, um jogo precisa apresentar para ser definido como Roguelike? Conferência Internacional de Desenvolvimento de Roguelike 2008, as principais características de um jogo estilo Roguelike, são:

  • As fases são geradas aleatoriamente, fazendo com que, a cada partida, o jogador se depare com um nível completamente diferente do já jogado. Podem existir locais ou até níveis que se repetem, mas são mais raros;
  • A morte é permanente. Não existem várias vidas, o seu personagem só viverá uma vez. Se ele morrer, é game over e será preciso recomeçar do início, quando uma nova fase será gerada, enriquecendo sua gameplay;
  • O jogo é baseado em turnos. O jogador terá para si o tempo necessário para tomar a sua decisão, mas uma vez tomada, o rumo do jogo se altera;
  • A identidade dos itens encontrados varia a cada partida. Uma poção que em certo momento serviria para curar poderá servir de veneno na próxima gameplay, por isso é importante se manter atento.
  • A maioria é single player.

Esses são alguns pontos decididos na Conferência que identificam um jogo Roguelike.

Pois bem, Hades é um desses jogos, com morte permanente e dgs geradas de forma aleatória. Além disso, você se torna mais forte e reúne mais armas e itens conforme for passando pelas diferentes fases, portanto morrer é uma parte importante do game, o que o colocaria em uma outra categoria dentre os Roguelikes – os Roguelites.

Câmara inicial de hades
Câmara inicial de hades

Hades – História

Bom, vamos agora à história do jogo. Você, o jogador, será Zagreu, filho de Hades e príncipe do submundo. E seu objetivo será fugir do inferno, em direção ao Monte Olimpo para descobrir sua própria história. É isto.

Mas não será tão simples como parece, e para ser bem-sucedido você precisará de bênçãos dos outros deuses do Olimpo, além de outros upgrades que você conseguirá ao longo do jogo.

Você jogará através de salas – que, claro, como já citado serão diferentes a cada jogo. Em cada sala você encontrará uma quantidade de inimigos que, após serem derrotados, liberarão uma recompensa que vai desde aprimoramentos simples a chaves que poderão liberar novas armas.

A história do jogo, apesar de simples num primeiro olhar, é muito rica e é parte do que cativa o público de Hades, ela vai se desenvolvendo conforme o jogador vai avançando (e morrendo), portanto, sem spoilers!

Modo de jogar

Os controles e jogabilidade de Hades são bem simples. O jogador sempre começa em sua casa, de onde ele não só inicia sua fuga como poderá se aprimorar através do Espelho da Noite e conseguir novas armas (liberadas ao conseguir chaves durante o jogo).

Para se movimentar, você irá usar as teclas W, A, S e D. Clicar com o botão esquerdo do mouse fará o personagem atacar, sendo Q para o ataque especial. A barra de espaço faz ele dar um dash. O E é para interagir e o G para presentear. Estes são os comandos simples para quem joga no teclado. Mas é possível fazer alterações de acordo com as suas preferências. Há também compatibilidade com controles.

Uma dica importante é utilizar bem os dashs e sempre se manter em movimento pelo mapa, assim será mais difícil dos inimigos te pegarem. Também é possível refletir o ataque de alguns inimigos, o que pode ser uma boa para matá-los mais rápido.

Outra coisa é a presença de armadilhas. Elas estarão espalhadas pela sala em formato de botões quadrados, e são ativadas ao passar por cima delas. Também é interessante utilizá-las para causar dano nos inimigos. Mas atente-se para o tiro não sair pela culatra e acabar se matando em uma armadilha.

Algumas dicas importantes para começar

Não se estresse se você morrer, as mortes fazem parte do jogo para que você possa se aprimorar e chegar cada vez mais longe em sua fuga. “Mais uma vez”, é o que ele diz ao reiniciar a sua jornada e é nisso que o game se baseia, tentar mais uma vez (e mais uma, e mais uma, e mais uma…)

Para quem está começando, seguem algumas dicas para que sua gameplay seja mais rica:

  • Vá atrás das chaves primeiro. A cada sala que Zagreu entra, é possível ver qual a recompensa, e muitas vezes você pode escolher a sala que quer enfrentar baseado em sua recompensa. Antes de tudo, dê preferência às chaves, a partir delas você desbloqueia novas armas, e poderá escolher com qual você se adapta melhor;
  • Foque em experimentar. As primeiras runs devem ser focadas na sua experimentação, use-as para se adaptar bem ao jogo, ao movimento de seus inimigos e às armadilhas. Lembre-se que morrer é parte do seu aprendizado e aprimoramento;
  • Converse. A cada run você voltará para casa, e lá encontrará personagens com um símbolo acima de suas cabeças. Esses personagens terão algo a te dizer, e ouví-los pode trazer benefícios para você durante o jogo;
  • Presenteie. Ao adquirir néctar, presenteie algum personagem com ele e você poderá ganhar Lembranças para Zagreu. É importante, porém, presentear a todos ao invés de spamar néctar em apenas um personagem;
  • Tente manter sempre um néctar com você. Alguns deuses podem aparecer aleatoriamente em algumas salas durante a run, portanto é importante se manter preparado para o encontro;
  • Use e abuse do Espelho da Noite. Através dele será possível comprar itens como vida extra e aumento de dano. Não é preciso ficar guardando material pois quanto mais forte você fica, mais longe conseguirá ir e mais abundante será o material oferecido. No início, é importante adquirir o Desafio à Morte;
  • Empreiteiro da casa. Ao retornar à sua casa após uma fuga mal-sucedida, você poderá encontrar o Empreiteiro ao lado de Hades e, através dele você vai gastar suas joias e diamantes com melhorias;
  • Escolha a arma certa. Não existe uma fórmula para qual arma é melhor no jogo, cada player se adaptará melhor com uma, dependendo de seu estilo de jogo. Mas a cada run, uma arma ficará disponível com uma aura roxa, e esta arma em específico te dará bônus de Darkness, material necessário para comprar melhorias no Espelho da Noite, então é interessante escolher baseado nisso;
  • Determine objetivos. Como já dito incansavelmente neste texto, morrer é parte da gameplay, e você pode focar suas runs em objetivos, nem sempre é mais interessante jogar para zerar, e sim para adquirir materiais que podem ser importantes para um desempenho melhor;
  • Martelo de Dédalo. Os Martelos também são escolhas interessantes de salas para enfrentar, pois eles poderão alterar a sua arma. Mas é importante ressaltar que o número de Martelos que você pode pegar é fixo, e quando escolher o 2º Martelo ele substituirá a escolha do primeiro;
  • Foque em construir uma boa build. A build escolhida pode ser crucial para seu avanço no jogo, portanto, leia com atenção as bênçãos oferecidas pelos deuses para montar a melhor build para seu estilo de jogo

Ainda não te convenci a jogar Hades? Segue o texto que tem mais!

Uma das salas do jogo
Exemplo de uma sala do jogo hades

Codex

O Codex é mais um motivo pelo qual você deve sempre conversar com os personagens ao começo de cada run. Em sua terceira tentativa de fuga, ao conversar com Aquiles, ele te presenteará com o Codex.

Mas do que se trata? É um guia com todos os personagens, criaturas e objetos existentes não só no submundo como além dele. Contém as histórias e detalhes de cada coisa, mas só mostra informações com as quais Zagreu já se deparou, sem spoilers, e pela visão de Aquiles, o criador do documento.

Veja as separações do Codex:

  • Deuses Ctônicos: contém informações sobre os deuses do submundo, como Hades, Nyx, Hypnos o próprio Zagreu, entre outros;
  • Deuses do Olimpo: como o próprio nome já sugere, reúne informações dos deuses em geral, como Zeus, Poseidon, Atena, Artemis, Ares, Hermes, entre outros;
  • Outros notáveis: personagens que não são deuses, mas também merecem alguma atenção. Nesta categoria estão Aquiles, Sísifo, Cérbero, Eurídice, Pátroclo, entre outros;
  • O Submundo: ao invés de personagens, lista locais importantes do submundo, como o Tártaro, a Casa de Hades, o Rio Estige, Elísios, Asfódelos, entre outros;
  • Armas infernais: também já bem claro pelo nome, lista as armas que Zagreus poderá usar em suas tentativas de fuga, detalhes sobre as armas serão listados mais tarde;
  • Inimigos Perigosos: lista os inimigos com quem Zagreu se depara em suas fugas, entre eles o Bandido Maldito, Bruxa Maldita, Peste Maldita, Cabeça-Oca, Ninho de Caveiras, entre outros;
  • Artefatos: são os materiais que Zagreu coleta durante suas aventuras, nesta categoria estão o Néctar, as Chaves Ctônicas, Martelo de Dédalo, Hemolitas, Ambrosia, Sangue de Titã, entre outros;
  • Habitantes do Rio: são os peixes que Zagreu poderá adquirir ao pescar, mais detalhes da pescaria mais a frente;
  • Fábulas: é a lista de companheiros que Zagreu poderá adquirir mais para frente no game, ao presentear os personagens com Néctar e Ambrosia diversas vezes.
Codex do submundo
Códex do submundo

Armas

As armas disponíveis no jogo são seis, as seguintes:

  • Espada Estígia: é a arma inicial, a qual você inicia o jogo usando
  • Lança Eterna
  • Escudo do Caos
  • Arco Caça-Corações
  • Punhos Gêmeos (ataque com as mãos)
  • Canhão Diamantino (arma de fogo)

Cada arma possui quatro Aspectos que serão liberados com o tempo, cada Aspecto libera novos efeitos e modos de ataque de arma, sendo portanto não apenas seis mas 24 builds de armas possíveis para se utilizar. Os Aspectos, porém, são uma parte mais avançada do jogo, portanto no começo você deverá ter disponíveis só as armas básicas.

Mas qual é a melhor arma do jogo? Como citado anteriormente, cada arma favorece um modo de jogo, e a “melhor arma” irá depender do estilo de jogo que você preferir e se sentir mais confortável.

A cada fuga você terá a chance de escolher com qual arma deseja jogar, podendo trocá-las a cada gameplay.

Mas preste atenção: no início apenas a Espada Estígia estará disponível, você precisará coletar chaves para ir liberando as outras armas uma por uma.

Vídeo da gameplay de Hades

Lembranças

Como mencionado antes, ao coletar Néctar, você pode presenteá-lo aos NPCs que aparecem no jogo para conseguir itens que podem te ajudar em sua fuga. Pois bem, esses itens são as Lembranças. Você receberá uma lembrança ao presentear um NPC com Néctar pela primeira vez. Por isso é importante presentear a todos ao invés de spammar em apenas um personagem.

Cada Lembrança pode ser aprimorada até o nível 3 e são necessários mais de 50 encontros para chegar neste nível. Para aprimorar uma Lembrança basta mantê-la equipada enquanto joga.

O único personagem que não presenteia Zagreu com uma Lembrança ao receber Néctar é o Hades. A Lembrança de Hades só pode ser obtida finalizando a história do jogo.

São um total de 25 Lembranças disponíveis no total, com duas sendo secretas e menos conhecidas. É possível equipar uma Lembrança em sua casa, antes de começar cada run, ou após derrotar um Boss, na sala seguinte a ele. Mas, vale lembrar: ao desequipar uma Lembrança no meio de uma run, não será possível reequipá-la mais tarde, apenas ao começar outra run.

As principais Lembranças são: Cérbero (mais vida), Eurídice e Perséfone. Mas existem várias outras Lembranças que podem te dar buffs dos mais variados como diminuição de dano recebido, invulnerabilidade, escolher a próxima Dádiva a receber de um deus e até invulnerabilidade.

A Lembrança de Aquiles também é uma boa para quem está iniciando, pois ela garante menos dano recebido pela frente. Porém, é importante atentar que ao mesmo tempo aumenta o dano recebido por trás, podendo ser um pouco arriscada.

Após presentear os NPC várias vezes com Néctar, poderá ser possível presenteá-los com Ambrosia, o que poderá liberar os Companheiros. Os NPCs que possuem Companheiros são: Megaira, Dusa, Zé Caveira, Sísifo e Pedro (juntos), Tânato, Aquiles e Pátroclo (juntos). Mas os Companheiros são uma ferramenta bem mais avançada do jogo.

Pescaria

Mais uma coisa possível de se fazer no jogo é pescar. É possível comprar a sua vara de pescar com o Empreiteiro da Casa.

Para poder pescar, é preciso estar em uma sala com água (óbvio) e ter matado todos os inimigos. Ao pegar a recompensa, será dado um sinal ao jogador de que é possível pescar no recinto.

Para iniciar sua pesca, basta chegar perto da água e pressionar o botão de Interação. Zagreu, então, lançará sua vara de pescar e, ao pegar um peixe, uma luz irá brilhar.

Aí entra uma parte importante. Quanto mais rápido você reagir e pressionar o botão para recolher a sua vara, mais raro será o peixe pescado.

Os peixes poderão ser Comuns, Raros ou Lendários e poderão ser trocados por recompensas com o Chefe, na cozinha da Casa de Hades. As recompensas podem ser Escuridão, Néctar, Chaves ou até Diamantes, Ambrosia e Sangue de Titã, dependendo da raridade.

Regiões

Em sua fuga do submundo, Zagreu passará por quatro regiões, cada uma com características diferentes, mini bosses e bosses. Segue a lista com as áreas:

  • Tártaro: contém 15 salas no total;
  • Asfódelo: contém 10 salas no total;
  • Elísio: contém 11 salas no total, e
  • Templo do Estige: com 33 salas no total

Passando pelas quatro regiões será possível chegar na Grécia, a superfície, e completar sua fuga com sucesso.

Mitologia Grega

Como já deu pra perceber, Hades é focado na mitologia grega e através dele você irá se encontrar com diversos personagens já conhecidos: Hermes, Atena, Zeus, Artemis, Ares, Poseidon, Afrodite e muitos outros aparecerão durante a gameplay, trazendo um ar Cavaleiros do Zodíaco para a narrativa.

Mas, diferente de CdZ, os deuses estarão do seu lado (tirando Hades, é claro, por motivos óbvios) e compartilharão com você mensagens de apoio, assim como te ajudarão na empreitada de fugir de casa. É um tema muito gostoso de se explorar, e com muita riqueza a ser compartilhada.

Críticas e Prêmios

“Hades é um jogo único roguelite que faz um brilhante trabalho de casamento de uma ação rápida e sua persistente e progressiva história através de um submundo vívido e reimaginado da mitologia grega” – IGN

“Hades é um dos melhores roguelites de todos os tempos” – TheSixthAxis

“É difícil de imaginar qualquer um que não seja a Supergiant criar esse feito Hercúleo com tanto estilo” – Destructoid

Essas foram algumas críticas recebidas pelo jogo Hades. Ele foi super bem recebido não só pela crítica como pelos jogadores, tendo vendido 700 mil cópias durante o Early access e somou a estas mais 300 mil em apenas três dias de lançamento, chegando a um milhão de vendas. O game recebeu a pontuação 93 de 100 no site Metacritic.

Além disso, Hades vem colecionando prêmios desde seu lançamento em setembro de 2020, entre eles Melhor Jogo no British Academy Games Awards e no BAFTA Games Awards, Melhor Jogo de Ação e Melhor Jogo Independente no The Game Awards, conhecido como Oscar dos jogos, Jogo do Ano pela IGN, Polygon, TIME, The Washington Post, Destructoid e muitos outros, desbancando fortes concorrentes como The Last of Us 2 e Animal Crossing.

Hades e seus inimigos
Jogo é grande sucesso entre jogadores e críticos

Early Access

Pode-se dizer que a temporada de Early Access foi muito importante na produção do jogo, uma vez que ele ficou disponível nessa modalidade por quase dois anos.

O jogo foi anunciado pela primeira vez em dezembro de 2018 no The Game Awards junto a outros nomes como Far Cry New Dawn e The Other Worlds. Ainda neste mesmo mês foi aberto o early access do game o que, segundo os criadores pôde ajudá-los a “construir o jogo junto aos fãs”, vendo o que dava certo e o que precisava ser mudado, tornando-o um sucesso ao ser finalmente liberado quase dois anos depois em setembro de 2020.

Opinião

Hades é aquele jogo viciante que faz você querer continuar jogando até zerar. O fato de ter de recomeçar inúmeras vezes não o torna chato nem repetitivo, uma vez que cada run é diferente da anterior.

Seja em imagens, história, gameplay, trilha sonora, o jogo não peca em nada. É a prova de que mesmo algo mais simples pode ser igualmente cativante.

Mesmo pra quem não é fã de Roguelikes, vale a pena dar uma olhada no jogo porque ele é realmente único em sua proposta. Também agrada players que preferem jogos com magia ou ataques físicos, já que Zagreu se utiliza das duas formas de ataque.

E não é um jogo extremamente parado, pelo contrário, ele pode ser muito intenso em alguns momentos, mas calma e paciência são palavras-chave para vencê-lo.

Onde eu encontro o jogo?

Hades está disponível na Steam e Epic Games por R$ 47,49, e na Nintendo eShop por $24,99 (aproximadamente R$143,00). Na Steam e Epic Games também é possível adquirir a trilha sonora do jogo em um pacote. E possui tradução em português!

Por enquanto, Hades pode ser jogado apenas através de Windows, Mac e Nintendo Switch, mas a Supergiant já afirmou ter planos para expandir as plataformas.

Especificações

Os requisitos recomendados para jogar Hades são (na ordem Windows/mac):

  • Sistema Operacional: Windows 7 SP1/macOS 10.14+
  • Processador: Dual Core 3.0 GHz+/ Quad Core 3.0 GHz+
  • Memória: 8 GB de RAM
  • Placa de vídeo: 2GB VRAM – DirectX 10+ support/ Intel UHD 630+

Armazenamento: 20 GB de espaço disponível

Supergiant

A Supergiant Games é a produtora e distribuidora do jogo. Trata-se de uma desenvolvedora independente responsável por diversos jogos aclamados pela crítica, Bastion, Transistor, Pyre, e claro, Hades. A empresa é conhecida por jogos com uma boa narração e arte, o que encaixa muito bem com o perfil de Hades.

A Supergiant foi fundada em 2009 por Amir Rao e Gavin Simon que, decidiram sair de seus empregos, mudarem-se para a mesma casa e desenvolverem um novo jogo juntos. Com ajuda do músico Darren Korb e diversos freelancers tornou-se possível a criação de Bastion, lançado em 2011. Bastion já foi bem aclamado pela crítica e se tornou um dos títulos mais importantes da Supergiant.

Gostou das dicas e ficou curioso com o game? Bora jogar! E boa sorte nas suas fugas.

Gosta de Roguelikes ou se interessou pelo gênero? Dê uma olhadinha nesses textos sobre outros Roguelikes: Fury Unleashed e Conglomerate 451.

Avatar of ane caroline medeiros

Jornalista, 26 anos. Ama ler e escrever e sonha um dia poder mudar as pessoas com suas palavras. Isso, claro, com uma música bem legal de BG!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.
Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.