Análises

Momo.exe 2 – Review

Uma experiencia decepcionante

Visualizações
Married Games

                Quando eu joguei o primeiro titulo dessa “franquia” eu contestei o fato de ele ter potencial, porem ser bem curto, mas agora que joguei o segundo titulo eu me arrependo das afirmações. Tudo que o segundo titulo podia melhorar ele manteve igual ou piorou.

Historia

Resultado de imagem para momo.exe 2

                Começamos o jogo na pele de um funcionário de escritório que está sozinho tarde da noite em seu trabalho enquanto chefe o manda realizar mais tarefas antes de ir para casa, porem enquanto programamos um jogo somos hackeados por um vírus “Momo.exe” que nos conecta com a entidade da Momo que nos faz realizar algumas ações como quebrar as janelas da sala em pouco tempo.

                Assim se seguem as coisas aleatórias que somos solicitados pela entidade enquanto tentamos não morrer.

Gameplay

Resultado de imagem para momo.exe 2

                Meus queridos, como pode algo ter ficado mais complicado ne segundo titulo que no primeiro? A Gameplay foi bem difícil pois das duas uma: Ou eu era muito devagar ou eu era o Sonic. O personagem corria em formas muito difíceis de controlar e acabava batendo em paredes ou quinas. Fora que em uma parte especifica existe uma armadilha de teto que me fez ficar tentando passar por ela por 40 minutos.

                Fora o fato de que os cenários são poucos inventivos e levam  a entender que o mundo da Momo é um reino medieval similar aos que vendiam nos kits da Playmobil.

E ai?

Resultado de imagem para momo.exe 2

                No final aquilo queo jogo anterior deixou de interessante que poderia, talvez, ser explorado foi deixado de lado em busca de um final tão ruim que me deixou frustradíssimo por ter jogado um pouco do meu tempo fora. Momo.Exe 2 não agrega em nada para o jogador.

               Queria muito chegar aqui com uma review falando que os jogos da Momo poderiam ter espaço no Hall de jogos indies de terror baratos, porem ele adentrou o Hall de jogos que não abrirei mais.

Geral da análise

Gameplay4.2
Historia1.3
Arte4.1
Trilha sonora5
Falacomoflavio
O autorFalacomoflavio
Redator
Graduando de Marketing Digital, tentando ver as coisas sempre pelo maximo de lados o possível, colecionador de jogos antigos e novos

Deixe uma resposta