Yooka Laylee – Review

Yooka-Laylee é a prova de que, às vezes, nossas melhores lembranças devem permanecer no passado.

A história de sucesso do Kickstarter prometia uma nova versão de títulos clássicos desenvolvidos pela Rare da era Nintendo 64

Recapturando nossas memórias antigas de jogos como a franquia Banjo-Kazooie, com um pouco de Donkey Kong 64 jogado lá para uma boa medida.

O Kickstarter do jogo explodiu, estabelecendo recordes para a plataforma.

O Gameplay

Resultado de imagem para yooka laylee gameplay

O desenvolvedor Playtonic foi cuidadosamente fiel ao que tornou memoráveis ​​esses primeiros jogos, desde os charmosos personagens principais até o foco em plataformas, quebra-cabeças e segredos.

Mas comparando que já se passaram 19 anos se passaram desde o primeiro Banjo-Kazooie, e Yooka-Laylee permanece muito fiel à fórmula original

Mesmo quando isso significa não abandonar as idéias de design de jogos que se sentem presos nesses cartuchos antigos.

A premissa de Yooka-Laylee é exploração e coleta. O jogo começa como o duo titular, Yooka, a iguana, e Laylee, o morcego, percebem que o livro que estavam usando como mobília é um artefato que pode reescrever o tecido do universo – na época, um comicamente malvado calcanhar Capital B, arrebata. As páginas do livro – chamadas Pagies, para um nível extra de twee – escapam da Capital B, espalhando-se pelos cinco mundos de Yooka-Laylee, e Yooka e Laylee terão que reunir todas de volta novamente.

Esses cinco mundos, cada um com um tema único e vibrante, estão cheios de atividades e diversões. Cada atividade individual está a serviço de coletar páginas. E essas atividades ficam mais abundantes depois que o mundo foi “expandido” usando algumas de suas Pagies. Essas atividades expandidas, por sua vez, são dedicadas a coletar ainda mais páginas.

E ai?

Resultado de imagem para yooka laylee gameplay

O jogo em sí é uma experiencia divertida, porem por se prender tanto a ser um novo titulo para o gênero de plataforma 3D igual foram suas inspirações ele se limita a deixa-lo igual quando poderia ter potencial de, quem sabe, superar suas inspirações e marcar um grande passo para os jogos de plataforma 3D.

O jogo é divertido, mas em alguns momentos me peguei mais brincando com coisas bobas do que querendo avançar em seus puzzles e plataformas.

Enfim, para acessar a pagina do jogo no Steam, clique aqui.

Mas para mais analises, clique aqui.

Share
Avatar of juanxcursed

Empresário, 29 anos, fundador da Married Games, desenvolvedor, gamer, entusiasta e um completo NERD, Juan ainda gosta de pegar a sua guitarra e tirar um bom som no Rocksmith.

Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.
Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.