Pesquisar
Close this search box.

WSL2: Como instalar fácil e rápido – passo a passo

Com a ajuda do WSL2, utilizar de dois sistemas operacionais separados virou coisa do passado.

Já pensou em Windows e Linux no mesmo sistema operacional? o WSL2 pode ser exatamente o que vocês está procurando e ainda não sabe… Com o mês de novembro começando eu voltei a trabalhar com programação e um dos primeiros detalhes que me vieram a mente foi a cruel dúvida sobre como poder trabalhar sem medo de sobrecarregar meu computador no Windows 10 ou Windows 11.

Algumas ideias surgiram e a principal delas foi usar o Linux como um ambiente de trabalho, porém ainda preciso do Windows e suas vantagens em relação ao Linux, principalmente em questões de drivers. Então visto isso ainda é inviável possuir dois sistemas operacionais em uma maquina só, acaba ocupando espaço demais e dificulta para trocar de sistema para sistema… e foi assim que conheci o WSL2.

Como instalar o wsl2 para windows | windows e linux com logos misturados.
Como instalar o WSL2 para Windows | Windows e Linux com logos misturados.

Subsistema Linux para Windows (WSL).

Bom, mas do que se trata WSL? Basicamente o Subsistema Windows para Linux, ou WSL abreviando, é uma solução simples e muito mais leve para quem realmente deseja utilizar dos dois sistemas operacionais sem ficar preso nas maquinas virtuais tradicionais e ou as instalações dualboot. Sendo assim o meio que o WSL busca trabalhar é o equilibrio entre a compatibilidade e experiência de Linux com Windows e o hardware, fora também outras utilidades que o WSL2 disponibiliza, sendo elas:

  • Seleção de distribuição do Linux/GNU favorita na Microsoft Store.
  • Execute as ferramentas de comandos comuns, como grepsedawk além de outros binários ELF-64.
  • Execute scripts de shell do Bash, aplicativos de comandos do GNU/Linux e use as ferramentas: vim, emacs, tmux
  • Linguagens disponíveis: NodeJS, JavascriptPython, Ruby, C/C++, C# F#, Rust, Go etc.
  • Serviços disponíveis: SSHD, Apache, lighttpdMongoDB, MySQLPostgreSQL.
  • Adicione softwares adicionais usando do seu próprio gerenciador de pacotes de distribuição do GNU/Linux.
  • Use os aplicativos do Windows usando um shell de comandos do UNIX.
  • Use os aplicativos do GNU/Linux no Windows.
Como instalar o wsl2 para windows | windows e linux ótima combinação.
Como instalar o WSL2 para Windows | Windows e Linux ótima combinação.

Vefiricando a versão da Build do seu Windows.

Como instalar o wsl2 para windows | verificando build do windows.
Como instalar o WSL2 para Windows | Verificando build do Windows.

Existem alguns pré-requisitos para que você possa adicionar o WSL no seu computador, um desses requisitos é estar com o Windows 10 na versão 2004 (Build 19041) ou superior, mas como eu posso verificar a build do meu computador? Isso na verdade é bem simples e rápido de se fazer, basicamente vamos precisar abrir o atalho de Executar usando Win + R no seu teclado e digitando Winver posteriormente confirmando a ação, clicando em OK ou enviando com o Enter do teclado.

Caso a build do seu Windows não esteja na versão correta é bem simples de atualizar também, em suma você precisará clicar com o botão direito do mouse no menu Iniciar do Windows e entrar em Configurações, logo em seguida você vai receber uma tela com todas as opções de configurações do Windows e neste caso usaremos a última, “Atualização e Segurança“, depois disso é só clicar para atualizar o sistema e reiniciar seu computador para que não haja problemas.

1. Instalando o WSL via PowerShell.

Aqui é onde começa a mágica para instalar de fato o WSL2 no nosso Windows, utilizando as ferramentas de comandos do Windows, o PowerShell ou o Prompt de Comandos, podemos fazer com que toda mágica aconteça de forma simples e rápida, lembrando também de sempre executar essas ferramentas como Administrador, para que você possa alterar ou adicionar arquivos no seu Windows sem a dor de cabeça do seu próprio sistema operacional barrando suas ações. Então partindo para o código, iremos executar a simples linha abaixo.

wsl --install

Resumidamente rodando este comando acontecerá quase todo trabalho de instalar o WSL sozinho, baixando a última versão do kernel do sistema Linux, posteriormente irá definir o WSL2 como padrão e adicionará toda a distribuição Linux em seu computador e geralmente a distribuição adicionada do Linux é a própria Ubuntu, que particularmente falando, é a melhor opção… mas você pode alterar isso facilmente também, caso deseje.

De forma simples, quando você iniciar a distribuição do Linux que foi instalada irá aparecer uma janela de console e a mesma perdira a você que aguarde um pouco para que todos os arquivos sejam descompactados e armazenados no seu computador, esse processo não leva muito mais do que alguns poucos minutos.

2. Instalando o Ubuntu 20.04 LTS ou distro Linux de sua preferência

Após a instalação do WSL no nosso sistema, precisaremos instalar alguma ferramenta para podermos rodar algumas futuras linhas de comandos em Linux, para isso eu recomendo particularmente a mais popular e prática de adicionar ao computador, a Ubuntu 20.04 na versão LTS, escolhemos a versão LTS por conta de sua alta performance em questões de segurança, como seu próprio nome promete “Long Term Support” ou seja, essas versões tem um compromisso de manter o suporte e a sua segurança por pelo menos 5 anos.

De forma bem resumida iremos apenas entrar na loja da Microsoft, procurar pelo Ubuntu e logo em seguida já irá aparecer o que desejamos, apenas tome cuidado na hora de instalar para não escolher a versão diferente da LTS, porque como tenho dito anteriormente essa versão LTS por mais que menos atualizada ela entrega um serviço quase que perfeito e que raramente irá nos dar problemas.

Como instalar o wsl2 para windows | imagem promocional do ubuntu
Como instalar o WSL2 para Windows | Imagem promocional do Ubuntu

Como posso alterar a distribuição Linux?

Não existe mistério, o processo é simples e rápido usando apenas um terminal de comando, um sinalizador -d e um curtíssimo passo, resumidamente precisamos inserir a linha de comando: wsl --install -d <Nome da Distribuição> Não tem segredo, em <Nome da Distribuição> iremos apenas trocar pelo nome da distribuição que gostariamos de instalar. Por exemplo a Mint:

wsl --install -d Mint

Pronto! Sim simplesmente isso, neste caso trocamos para a distribuição Mint, mas não se preocupe que existem diversas distribuições e você pode olhar a lista inteira sem sair da janela de console.

Para que possamos ver toda a lista de distribuições Linux, usaremos apenas a linha de comando: wsl --list --online ou wsl -l -o Mas não para por aqui, talvez tenha aparecido a dúvida de, “Será que posso adicionar mais de uma distribuição no meu PC?”, sem dúvidas que pode e como você imagina é mais simples do que parece… enfim, para podermos adicionar uma ou mais distribuições extras após a instalação da principal ou inicial, usaremos o comando:

wsl --install -d <Nome da Distribuição>

Vale também ressaltar que assim como você pode fazer todos estes comandos via PowerShell, uma vez com uma distribuição Linux instalada no computador, você também pode usar linhas de comando via Linux/Bash, a única diferença é que nossas linhas adicionam um .exe após wsl. Ou seja, caso fossemos mudar de distribuição, nosso comando em Bash ficaria: wsl.exe --install -d Mint

Como instalar o wsl2 para windows | linha de comando para instalar distribuições linux
Como instalar o WSL2 para Windows | Linha de comando para instalar distribuições Linux

Uma dica rápida aqui é que existe um processo bem importante na hora de configurarmos nosso usuário para o Linux, assim como fizemos para o Windows quando instalamos o sistema operacional. Ambos são igualmente simples de serem feitos, porém em Linux é um pouco mais fácil de se perder, por isso precisamos tomar um cuidado extra na hora de passar um login e uma senha, por exemplo.

Mas fica ligado aqui no blog que logo logo estarei soltando também um post sobre como configurar um ambiente de trabalho excelente no WSL e isso é mega importante para qualquer tipo de projeto que iniciaremos no WSL2, então não fica de bobeira e já ativa as notificações do blog!

Verifique se está tudo certo no WSL2!

Por fim, precisamos apenas checar se tudo ocorreu como planejado ou se alguma coisa no caminho ficou errado, o que é normal, não se preocupe. Mas bem sem muita enrolação iremos começar verificando qual(is) distribuição(ções) de Linux foram instaladas em nosso computador e qual a versão do nosso Subsistema Linux para Windows, resumidamente rodaremos o código: wsl -l -v em PowerShell.

Como instalar o wsl2 para windows | verificando instalação geral do wsl2
Como instalar o WSL2 para Windows | Verificando instalação geral do WSL2

Caso tudo ocorra bem, o que você verá provavelmente será quase a mesma tela que a minha, com o nome das distribuições, o estado e a versão do WSL que elas estão operando. No meu caso ainda obtivemos alguns resultados diferentes como por exemplo a aparição de um docker-desktop, que logo em breve irei retratar sobre ele aqui no blog.

Solucionando possíveis problemas no Windows Subsystem Linux.

Caso alguma coisa aconteça de forma diferente, temos algumas opções que podem ser previstas. Uma delas e a mais simples é que provavelmente o comando não funcionou e consequentemente você recebeu um erro, algumas soluções podem ser aplicadas nestas ocasiões e na maioria delas o problema pode ter sido algum erro de digitação ou falta de atenção, isso é bem comum e para corrigir basta digitar o comando novamente, porém com mais atenção.

Outro problema que pode ter ocorrido é a aparição de algum erro ou bug durante o processo, isso não podemos prever e existem duas soluções que são extremamente eficazes, na maioria das vezes. Caso venha a ocorrer algum problema que você não tenha ideia de como solucionar, você pode enviar um comentário aqui no post para que eu possa te ajudar de fomar mais precisa ou também existe a possibilidade de entrar em contato com a Microsoft e lá teremos facilmente o tópico sobre o Windows Subsystem Linux.

Como instalar o wsl2 para windows | windows vs wsl
Como instalar o WSL2 para Windows | Windows vs WSL

Mudar a distribuição padrão do Windows Linux.

Seu problema ainda pode ser diferente dos citados acima, mas ainda é um problema, talvez deseje saber como mudar a distribuição padrão do Linux. Para isso precisaremos rodar um novo comando em wsl, então iremos rodar o seguinte comando:

wsl --setdefault <Nome da Distribuição>

Também podemos usar wsl -s <Nome da Distribuição> e como sempre mudando <Nome da Distribuição> esse comando irá definir sua outro distribuição como padrão e já poderá ser usada, como por exemplo, caso você use o comando wsl npm init do outro lado do sistema WSL, irá rodar um comando de npm init na distribuição definida como padrão.

Como instalar o wsl2 para windows | linha de comando para escolher a distribuição padrão no wsl2
Como instalar o WSL2 para Windows | Linha de comando para escolher a distribuição padrão no WSL2

Como atualizar o WSL para a versão 2.

Ainda pode acontecer de seu WSL não estar na última versão, conseguimos olhar a versão do nosso WSL pelo comando wsl -l -v após isso iremos receber uma resposta do terminal contendo a versão atual do nosso WSL, e no caso de sua versão estar desatualizada, podemos atualizar entre versões utilizando do novo comando:

wsl --set-version <Nome da Distribuição> 2

Mais uma vez trocando de <Nome da Distribuição> para o nome da distribuição que irá ser atualizada com o WSL2. Além disso este mesmo código pode também fazer o “downgrade”, voltar uma atualização neste caso.

Como instalar o wsl2 para windows | linha de comando para mudar versão do wsl
Como instalar o WSL2 para Windows | Linha de comando para mudar versão do WSL

Executando diversas distribuições Linux pelo WSL.

Também existe o suporte e a possibilidade de você executar mais de uma distribuição e são meios bem simples e práticos, uma vez que você tenha instalado suas distribuições você pode escolher entre 5 opções e todas elas são bem simples.

Sendo a primeira opção a escolha de utilizar o Terminal do Windows, ferramenta esta que possui suporte para diversas linhas de comando, dependendo da sua configuração e escolha ao instalar o Terminal do Windows, sendo assim além da personalização de utilização e customização de temas e telas o Terminal do Windows traz consigo possibilidades de utilizar juntos o PowerShell, Prompt de Comando, CLI do Azure e a lista segue…

Como instalar o wsl2 para windows | linha de comando para executar mais de uma distribuição
Como instalar o WSL2 para Windows | Linha de comando para executar mais de uma distribuição

Para terceira opção e em diante seguimos um padrão, por qualquer terminal do Windows que você abra, seja PowerShell ou Prompt de Comando, podemos apenas passar o nome das nossa distribuições para iniciar estas distribuições, ou seja apenas passando “ubuntu” para o terminal, por exemplo.

Por fim podemos também apenas abrir os terminais e utilizarmos das nossas distribuições sem necessariamente realmente abrimos elas, por exemplo, rodando o comando: wsl [ comando ] sendo “[ comando ]” o comando que desejamos executar na nossa distribuição padrão.

Como instalar o wsl2 para windows | linha de comando para executar mais de uma distribuição
Como instalar o WSL2 para Windows | Linha de comando para executar mais de uma distribuição

Aproveite e ative seu Windows! Ta baratinho.

Pode acontecer de que você ainda não tenha ativado seu Windows 10 ou Windows 11, mas eu te garanto que vale muito a pena, são diversos recursos desbloqueados e não é caro como todo mundo fala, o preço está bem amigo e você pode utilizar de 100% do que seu Windows pode te disponibilizar, ainda mais com o Windos Subsystem Linux ou WSL2 ativar o Windows faz total diferença!

[amazon box=”B09RJKXD9F” template=”horizontal” tracking_id=”mg-sergio-20″]

FAQ Rápido.

O que é o WSL?

WSL ou Windows Subsystem Linux é uma ferramenta para que você possa utilizar tanto o Windows quanto o Linux no mesma sistema operacional, neste caso o Windows. Isso ajuda e muito para quem precisa trabalhar com programação ou algo que dependa dos dois sistemas operacionais.

Como instalar o WSL2?

Com apenas um comando você já pode instalar o WSL2 no seu Windows, porém existem diversos detalhes importantes para se observar antes de instalar o WSL2 no seu Windows, então recomendo que leia a matéria completa.

Linha de comando para instalação do WSL2: wsl --install
Veja em mais detalhes como instalar o WSL 2

Quais são os requisitos para usar o WSL2?

Para podermos utilizar todo o WSL2 e suas funcionalidades precisaremos apenas do básico, um Windows 10 ou superior na versão 1903 e com build na versão 18362.

Como saber se tenho o WSL no meu Windows?

Simples, para sabermos se já temos instalado o WSL no nosso Windows precisaremos rodar apenas um comando e todas as informações apareceram direto em nosso PowerShell, aperte a combinação de teclas Win + R e digite “powershell”.

Depois disso execute o comando: wsl -l -v

Qual a diferença do WSL e WSL 2?

Resumidamente no WSL, o WSL 1 estava à usar uma camada de conversão, já no WSL 2 já é  incluido o kernel Linux com total compatibilidade com as chamadas do sistema. Além de claro: Novo conjunto totalmente de aplicativos executáveis dentro do WSL, como o Docker e muito mais

Como usar o WSL?

Para executarmos o WSL basta abrirmos qualquer terminal de comandos em Administrador, entretanto eu prefiro o próprio PowerShell do Windows 10 e 11. Após iniciarmos o terminal devemos rodar o comando:

Enable-WindowsOptionalFeature -Online -FeatureName Microsoft-Windows-Subsystem-Linux

Então basta reiniciar o computador.

Como ativar o WSL 2?

Para ativarmos o WSL2 é uma boa prática reiniciarmos o computador para evitar possíveis dores de cabeça durante o processo de ativação, logo após a isso podemos começar toda a etapa de instalação e ativação

Como desinstalar o WSL 2?

Primeiramente precisaremos abrir o menu do Windows com a tecla “Win”.
Acesse as “Configurações” no ícone de engrenagem.
Acesse a opção de Aplicativos ao centro da tela.
Confirme que está nos Aplicativos e Recursos no canto esquerdo.
Procure por “Subsistema Windows para Linux” e clique com o botão direito no item.
Por fim basta selecionar a opção de “Desinstalar”.

WSL2: Boas praticas e o que fazer após instalar

Existem alguns procedimentos que são indispensáveis na hora de começar a configuração do seu ambiente de trabalho, além de boas práticas com o subsistema de Linux, o WSL, é uma destas etapas que não podemos pular de forma alguma e devemos prestar bastante atenção na hora de executar.

De forma resumida iremos mexer com alguns códigos do WSL para configurarmos tudo o que provavelmente iremos usar durante nosso trabalho, ou seja, um banco de dados, um ambiente de desenvolvimento, além de também aprender como podemos criar uma configuração para acelerar a GPU ou executar outros aplicativos do tipo GUI e a lista segue…

Como configurar um ambiente de trabalho ideal para o wsl
Como configurar um ambiente de trabalho ideal para o WSL.

Como configurar seu usuário e senha WSL

Essa etapa é sem dúvidas a mais importante e a que devemos colocar o máximo de atenção possível, porque estaremos criando nosso usuário do Linux e assim como no Windows, sem um login e sem uma senha, seu sistema fica inutilizável, ainda que seja bem simples mesmo de configurar, pois logo que abrimos nossa distribuição padrão do Linux somos recebidos com essa tela de criação de usuário.

Básica e simplesmente teremos um formulário assim que iniciarmos nossa principal distribuição, onde poderemos adicionar um Nome de Usuário, que será nosso login ou acesso, como preferir chamar, seguido do campo de Senha, extremamente importante e com uma questão a ser comentada antes de preencher.

Linux novo usuário
Linux novo usuário

Então é agora que precisamos de total atenção, por alguns motivos especiais, o primeiro e o mais importante é que quando criarmos este novo usuário ele será tratado pelo Linux como um usuário administrador, ou seja, este usuário será capaz de executar comandos de administrador, comandos estes muito importantes no sistema, como por exemplo comandos sudo (Super User Do ou Super Usuário Faça).

Nosso segundo motivo é que sua senha não é visível durante o preenchimento deste formulário, por motivos claros de segurança, para que outras pessoas não possam ver sua senha naquele momento, então tenha cuidado.

Importante também comentar que cada uma de suas distribuições no Linux terão um usuário próprio e nenhum desses usuários se afetam entre si, assim como também não possuem nenhuma relação com seu usuário do Windows, então neste caso não precisa se preocupar sobre trocar uma distribuição, apenas não utilize de usuários e senhas muito distintos ou complexos demais sem anotar, porque fica fácil se perder nessa brincadeira.

WSL: Como resetar a senha

Você pode alterar sua senha de forma bem tranquila, até mesmo caso tenha perdido a senha. Para isso basta você abrir sua distribuição Linux do usuário que deseja mudar a senha e rodar o comando passwd este comando irá começar o processo de alterar senha e você precisará inserir sua senha antiga e então sua senha nova duas vezes, para confirmar sua senha nova.

Mas esse não é o caso, digamos que você não lembre mais a senha e não tenha anotado essa senha, isso pode ser solucionado de forma bem simples caso você tenha outra distribuição do Linux e existem dois casos, mudar a senha de uma distribuição paralela à distribuição principal ou mudar a senha da distribuição principal.

Alterar senha no wsl2 ubuntu

Mudar senha no WSL

Iniciar distribuição principal.

Para que você mude a senha da distribuição paralela, você apenas vai precisar abrir um terminal de comando, recomendo o PowerShell ou também o Windows Linux Terminal, que irei comentar logo em seguida, então utilizaremos da seguinte linha de comando:

wsl -d <Nome da Distribuição Principal> -u root

Mudar senha com usuário

Lembre sempre de mudar o <Nome da Distribuição Principal> para o nome da distribuição que está como padrão no seu WSL Linux. Feito isso essa distribuição irá abrir e então poderemos executar o último comando para mudarmos de fato a senha, então rodaremos:

passwd <Nome do Usuário> <Nome do Usuário>

alterando desta vez o <Nome do Usuário> para o nome do usuário da distribuição que a senha vai ser alterada e prontinho.

Mudar senha sem usuário

Para que você mude a senha da distribuição principal, iremos ter um pouco mais de trabalho, porque aqui precisaremos alterar nossa distribuição principal para outra distribuição paralela.

Por fim, depois de mudarmos nossa distribuição, iremos basicamente replicar a ideia do primeiro caso, iremos abrir a distribuição por fora do Linux e então rodaremos o comando para mudar a senha.

Depois disso basta mudar novamente sua distribuição principal para a que acabamos de mudar a senha.

Dicas importantes!!

[adning id=”69878″]

Saiba como acabar de vez com o erro OpenGL no Blender
Sua carreira do sonhos é ganhar muito dinheiro Criando Jogos? Então veja como dar os primeiros passos
Jogo de ação com múltiplas batalhas superpoderosas apresenta narrativa inédita ambientada no mundo dos quadrinhos de Invincible, da Skybound Comics
Desenvolvedores independentes e artistas podem inscrever seus projetos gratuitamente para participar do BIG Festival 2024 e Artists' Alley, na gamescom latam 2024
Conheça Sites para Criar Jogos e crie seus games sem baixar ou instalar nada
Quer saber como Desenvolver Jogos no Celular? Veja esses aplicativos