Sacar Criptomoedas: Transformando seus Bitcoins em Reais em 2021

Saiba como sacar criptomoedas em reais de forma simples e fácil com exchanges.

Ultimamente tem se ouvido falar muito em Bitcoin e outras criptomoedas. Em muitos sites pela internet é possível ver tutoriais de como minerar criptomoedas e ganhar dinheiro com elas. Mas então, como sacar criptomoedas? Como tranformar essas moedas em dinheiro vivo? E é isso que você vai aprender neste artigo.

FAQ Rápido

O que são Criptomoedas?

Uma criptomoeda é uma moeda digital, ou seja, ela só existe na internet, não é possível pegar nas mãos, diferentemente das outras moedas como o real, dólar ou o euro que podem ser convertidas em cédulas. Também destaca-se por não ser controlada por nenhum órgão público ou particular, os responsáveis pelas criptomoedas são os próprios usuários.

Quais as Principais Criptomoedas?

As principais são o Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Ripple XRP (XRP), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC) e Tether (USDT).

Como Sacar Criptomoedas?

Primeiro de tudo, você precisa depositá-las em uma carteira. Nelas, você poderá depositar suas criptomoedas e manter um controle sobre elas.
Para vender/sacar suas criptomoedas, você precisará de uma conta em exchanges. Uma exchange é como uma casa de câmbio, onde poderá trocar suas criptomoedas por reais.

Vale a Pena Vender as Criptomoedas?

Depende. Fique de olho no câmbio das criptomoedas e também as taxas, para poder saber qual a sua margem de lucro no negócio.

-- Publicidade --
Como transferir os bitcoins para a conta bancária?

A maneira mais segura para você transformar suas criptomoeda em reais é através das corretoras que servem como “casas de câmbio” para que você consiga trocar seu bitcoin por reais.

O que são Criptomoedas?

Antes de começar a explicar como sacar criptomoedas, uma pequena introdução ao assunto pra você que caiu de para-quedas aqui e não está entendendo nada.

Uma criptomoeda é uma moeda digital, ou seja, ela só existe na internet, não é possível pegar nas mãos, diferentemente das outras moedas como o real, dólar ou o euro que podem ser convertidas em cédulas. Também destaca-se por não ser controlada por nenhum órgão público ou particular, os responsáveis pelas criptomoedas são os próprios usuários.

Mas, é seguro? Bom, as criptomoedas se utilizam da criptografia. Trata-se de um sistema de segurança avançado e com códigos complicados e difíceis de serem quebrados. Então sim, é seguro.

Tá, e como eu consigo criptomoedas? Existem duas maneiras de conseguir criptomoedas: comprando ou minerando. Comprar é a opção mais simples, já que minerar criptomoedas demanda tempo e um bom (e caro) computador.

-- Publicidade --

Existem diversas criptomoedas disponíveis nas redes, a mais famosa delas é o Bitcoin. Você com certeza já ouviu essa palavra por aí, o Bitcoin foi a primeira moeda digital a surgir.

Quais as Principais Criptomoedas?

Como todo mundo já deve ter ouvido o termo, o Bitcoin (BTC) é a criptomoeda mais conhecida, e é também a primeira a ter sido criada, por um programador (ou programadores) que se auto intitula Satoshi Nakamoto. Não se sabe muito sobre a identidade real do criador (ou criadores), mas em 2011, dois anos após a criação do Bitcoin, ele se desligou do projeto e desapareceu desde então.

Nakamoto, ao contrário do que alguns dizem, não inventou a blockchain (tecnologia onde se encontram as criptomoedas), nem a batizou, ele simplesmente foi o primeiro a inserir moedas nessa rede. Desde então, muitas outras criptomoedas foram surgindo, umas mais valiosas e raras que as outras, mas, ao minerar criptomoedas, é possível encontrar uma grande variedade delas (há um total de mais de cinco mil criptomoedas disponíveis). Seguem algumas das criptomoedas mais conhecidas (além do Bitcoin):

Ethereum (ETH)

Depois do Bitcoin, provavelmente a criptomoeda mais famosa é o Ethereum. O Ethereum foi viabilizado em 2014 por meio de um financiamento coletivo. Atualmente, o Ethereum vem apresentando muitas altas seguidas, uma grande valorização, e especialistas dizem que ele pode até ultrapassar o próprio Bitcoin em valor de mercado. O preço do Ethereum em reais atualmente está na casa dos 14 mil.

Uma boa forma de ganhar um pouco de ETH é jogando o game Axie Infinity, cujo as transações são feitas em ETH. Você pode aprender sobre o game, suas mecânicas, seus monstrinhos e entender tudo sobre ele no nosso site.

-- Publicidade --

Ripple XRP (XRP)

O Ripple, ou XRP, foi criado em 2012. Ele se autodenomina um sistema de pagamentos, e encontra-se em um blockchain privado.

É uma moeda um tanto polêmica, ela chegou a ser a segunda criptomoeda com maior valor do mercado, passando a ser aceita até em vários bancos, mas algumas dúvidas foram surgindo quanto às origens e estabelecimento da moeda, rolaram alguns processos e hoje em dia ela vale menos de 10 reais.

Aprenda sobre o Mercado de Bitcoins

Bitcoin Cash (BCH)

O Bitcoin Cash foi criado em 2017 de uma cisão do Bitcoin. Assim como o Ripple, o Bitcoin Cash se autodenomina um sistema de pagamentos. A principal característica dessa moeda é permitir transações em blocos maiores. Um Bitcoin Cash vale, hoje, R$4,8 mil. Se você quer começar a investir e ganhar bitcoins de uam forma fácil, conheça uma lista de 26 jogos para ganhar Bitcoins e outras criptomoedas.

Litecoin (LTC)

O Litecoin é uma moeda criada pouco depois do Bitcoin, sendo muito parecido com o BTC. É uma das moedas com maior volume de transações no mercado e sempre figura entre as principais criptomoedas (há 10 anos desde sua criação). A principal diferença do Litecoin para o Bitcoin é o tempo mais rápido de transação, além de maior disponibilidade no mercado (84 milhões contra 21 do BTC). Um Litecoin vale, nos dias de hoje, cerca de R$1,4 mil.

-- Publicidade --

Tether (USDT)

O Tether é considerado uma stablecoin, ou seja, uma criptomoeda criada baseada em uma moeda física. A base do Tether é o dólar, o que torna ele menos volátil que as outras criptomoedas, pois seu valor será sempre próximo ao valor do dólar. O valor do Tether é em torno de cinco reais.

Como Sacar Criptomoedas?

Chega de explicações, vamos direto ao ponto: eu quero ganhar dinheiro físico com as minhas criptomoedas, como eu faço isso? A resposta, claro, é muito simples: venda-as.

Importante! Antes de vender suas criptomoedas, fique de olho na cotação delas. Por serem moedas digitais e limitadas, o valor de uma criptomoeda flutua muito, e é preciso ficar de olho para garantir o maior ganho possível. Para saber a cotação da minha criptomoeda, basta consultar em um conversor como este aqui, que oferece suporte à diversos tipos de criptomoedas, e converte diretamente para o valor em reais.

Conversor de bitcoin para real
Exemplo de conversão de Bitcoin para reais

Agora é a hora! Você ficou de olho na cotação da sua criptomoeda, e encontrou o momento certo para vendê-la. Como proceder então?

Primeiro de tudo, você precisa depositá-las em uma carteira. Veja o nosso texto sobre melhores carteiras Bitcoin. Nelas, você poderá depositar suas criptomoedas e manter um controle sobre elas.

-- Publicidade --

Para vender/sacar suas criptomoedas, você precisará de uma conta em exchanges, como a Foxbit, Bitcoin Trade, Binance e o Mercado Bitcoin. Uma exchange é como uma casa de câmbio, onde poderá trocar suas criptomoedas por reais. Além disso, nesses sites, você poderá fazer a compra de criptomoedas utilizando o real, como uma forma de investimento.

Página inicial do foxbit
A Foxbit é um dos sites pelos quais você pode fazer a compra e venda de criptomoedas

Criar uma conta é gratuito e muito fácil. Você vai precisar inserir dados pessoais como CPF e data de nascimento. No Bitcoin Trade e Mercado Bitcoin é possível até criar uma conta como pessoa jurídica, informando seu CNPJ ao invés do CPF.

Após criada a sua conta, basta encontrar primeiro no site ou aplicativo a opção “vender”. Você poderá então vender as suas criptomoedas e convertê-las para valores em reais (BRL). Com um saldo em reais, aí você poderá fazer o seu saque.

Mas atente-se: cada exchange cobrará taxas para que o saque seja feito.

Taxas para sacar criptomoedas na foxbit
Exemplos de taxas cobradas para saque de criptomoedas

Saiba como ganhar criptomoedas jogando Counter-Strike

-- Publicidade --

Além das taxas, você terá um limite para sacar, e também um valor mínimo da transação (como é possível ver também na imagem). Para aumentar seu limite e em alguns casos liberar o saque, será preciso verificar a conta, com o envio de documentos como RG e comprovante de endereço, além de dados bancários vinculados ao CPF do titular.

Tutorial para fazer saques no Mercado Bitcoin
Tutorial para fazer saques na Binance

Saiba como ganhar criptomoedas sendo um Bolsista em Axie Infinity

Tutorial para fazer saques na Foxbit
Tutorial para fazer saques no BitcoinTrade

Há também a possibilidade de sacar suas criptomoedas em reais através do banco Capitual. O Capitual é um banco digital, e o primeiro criptobanco disponível para brasileiros. Através do Capitual, é possível guardar suas criptomoedas, e fazer pagamentos e transações com elas (além de também ser possível depositar moedas comuns, como real e dólar, e até ouro).

Ainda é pequeno o número de criptomoedas que o Capitual aceita: Bitcoin, Binance USD, Dash, Ethereum, Litecoin, Tether e Dai. Mas, através de uma parceria com a TecBan, tornou-se possível fazer o saque dessas moedas por meio dos Banco24Horas, fazendo a conversão automaticamente. Também é possível fazer os saques em dólar, libra esterlina e euro.

O Capitual também tem uma parceria com o Binance.

-- Publicidade --

Mas eu Realmente Preciso Vender Minhas Criptomoedas?

Com a popularidade crescente das criptomoedas, vários lugares já estão aceitando-as como forma de pagamento, inclusive em lojas físicas. A tendência para isso é apenas de crescimento e logo será muito fácil fazer suas transações com criptomoedas. Pela internet, já é comum poder fazer seus pagamentos utilizando as moedas digitais.

Tudo vai depender de quais são os seus objetivos. Se você comprou criptomoedas com o objetivo de fazer um investimento e ganhar dinheiro em cima delas, então sim, você vai precisar vendê-las para garantir seu dinheiro em espécie.

Vale a Pena Vender as Criptomoedas?

Bitcoin moeda
Apesar da foto, não se iluda! As criptomoedas são completamente digitais e não é possível tê-las em espécie

Para valer a pena, como já dito, é preciso ficar de olho na flutuação do valor da criptomoeda em questão. Calcule bem também as taxas, para poder saber qual a sua margem de lucro no negócio. Afinal de contas, a compra e venda de criptomoedas nada mais é do que uma forma de investimento, como a Bolsa de Valores. E infelizmente, para fazer a despesa no mercado, ainda é preciso pagar em reais.

Por isso, o mais importante de tudo é observar sob qual valor você comprou a sua moeda, e por qual valor você a venderá. O mercado das criptomoedas, diferentemente da Bolsa de Valores , não tem um horário de abertura e fechamento, ele funciona 24/7: 24 horas por dia, 7 dias da semana.

Também por isso se dá tamanha flutuação de valores, além de ser algo digital, fluído. E no topo disso tudo, as criptomoedas não são como as moedas comuns, que simplesmente pode-se pedir para imprimir mais notas, elas são finitas, o que também contribui para seus altos valores.

-- Publicidade --

Como o Bitcoin, por exemplo, estima-se que todas as suas unidades serão mineradas até 2041. Isso não significa que em 2041 o Bitcoin acabará, mas sim que não haverão mais unidades disponíveis para serem mineradas. No fim das contas, a tendência para as criptomoedas é de valorização e crescimento com o passar do tempo, mesmo sendo um recurso limitado, então vale a pena sim investir nessas moedas digitais.

Agora, deixe nos comentários se você conseguiu seguir nossas dicas para sacar suas criptomoedas. Vai investir nelas? Conte para nós e aproveite para ler mais sobre criptomoedas no nosso site.

Avatar of ane caroline medeiros

Jornalista, 26 anos. Ama ler e escrever e sonha um dia poder mudar as pessoas com suas palavras. Isso, claro, com uma música bem legal de BG!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *