Pesquisar
Close this search box.

Segredos que Você Precisa Saber sobre Montagem de PCs Gamers

Entenda o que é essencial na hora da montagem de PCs gamers

Montar seu PC Gamer e jogar nele já foi uma vantagem em relação aos videogames. A plataforma de jogos de qualidade e com preços mais baratos do que um console de última geração. Hoje em dia, ainda há alguns prós, mas muitas vezes, apenas o preço de uma [amazon link=”B099Y23T79″ title=”placa de vídeo” tracking_id=”mg-paulo-20″] de última geração é quase o mesmo valor de um Sony PlayStation 5 ou Xbox Series S/X, além disso, os jogos também não estão com uma diferença de preços tão grande como já foi um dia.

Esteja você digitando documentos, editando vídeos ou se adequando as configurações dos melhores e mais recentes jogos, um PC Gamer é uma excelente ferramenta para o trabalho. Com manutenção regular, um desses sistemas pode durar mais de cinco anos e com atualizações regulares, talvez até dez. E você não precisa ir em lojas como a Pichau ou Kabum para isso.

Ainda há vantagens na montagem de PCs gamers! Dura mais tempo do que um smartphone, possui mais potência do que um console de jogos e é infinitamente mais versátil do que a plataforma de streaming de games mais poderosa, sem contar a infinidade de jogos grátis (principalmente MMORPGs) e indies que não existem em consoles.

Vamos falar sobre isso e mais nessa matéria e, se você ficar com alguma dúvida, pode deixar aí nos comentários.

Como montar seu PC Gamer?

Montagem de pcs gamers
Processador, placa-mãe, HD? Onde encaixo isso?

Antes de começar a montar um PC gamer, você precisa entender a importância das peças e como cada uma delas funciona. E isso pode ser um processo assustador, principalmente para os recém-chegados! A principal dúvida de quem vai se aventurar nesse mundo é: quais componentes você precisa e como encaixá-los em uma placa-mãe, qual a fonte que eu preciso? Real ou não?

Por que você quer montar o seu PC Gamer em vez de confiar em uma loja especializada? O que você quer que não pode ter de uma máquina pré-construída que você terá no seu computador personalizado? Quais partes facilitarão esse objetivo? E como você pode entender as centenas de especificações técnicas diferentes entre meia dúzia de peças diferentes que você precisará?

As partes mais importantes do seu PC

Antes de começar o processo de pensamento de montagem do seu PC, existe, no mínimo, sete partes que você precisa saber o que é e como funciona:

Placa gráfica ou GPU

Provavelmente o componente mais importante em uma plataforma de jogos, a GPU (unidade de processamento gráfico ou mais popularmente chamada de Placa de Vídeo) renderiza imagens do seu PC e as coloca no seu monitor. As GPUs mais poderosas facilitam melhores gráficos e configurações no jogo. Se quiser, temos uma matéria completa que explica o que é o que faz uma GPU.

Placa-mãe

A placa-mãe é onde todo o hardware do seu computador fica. O mais importante sobre uma placa-mãe é sua compatibilidade com as peças que você escolher, mas as placas-mãe também podem ter placas gráficas integradas, sistemas Wi-Fi e muito mais.

Processador ou CPU

Mais do que qualquer outro componente, a CPU (unidade central de processamento) é o que faz seu computador funcionar. A CPU roteia instruções de um sistema em seu computador para outro. Quanto melhor o processador, mais rápido ele pode transmitir informações para funções de software e hardware. Manter o processador na temperatura certa também é importante para o bom funcionamento do PC, então, temos uma matéria explicando tudo sobre Water Coolers para você.

Claro que escolher o processador certo e a configuração ideal para ele não é simples, mas aprender a como montar o seu PC gamer inclui a escolher qual é o melhor tipo de processador, principalmente aqueles que não fogem do seu orçamento.

Memória ou RAM

RAM (memória de acesso aleatório) determina a quantidade de dados que seu computador pode processar em um determinado momento. Para simplificar as coisas consideravelmente, a RAM é onde seu computador armazena as informações que ele precisa acessar imediatamente. Quanto mais RAM você tiver, mais eficientemente seu computador poderá processar muitas informações — úteis para a produtividade; essencial para os jogos. Você pode ler nesta matéria uma explicação detalhada sobre o que é Memóra RAM.

Armazenamento interno: SSD ou HDD

O armazenamento do PC vem essencialmente em dois tipos: unidades de estado sólido (SSDs) e unidades de disco rígido (HDDs). De qualquer forma, é onde seus arquivos ficam quando não estão em uso.

Unidades maiores significam mais espaço de armazenamento, o que significa mais espaço para arquivos, jogos, mídia e assim por diante. Se quiser saber qual é o melhor, pode ler nossa matéria sobre HDs e SSDs.

Gabinete

O gabinete do seu computador é, na maioria das vezes, uma escolha estética, mas alguns modelos incluam ventoinhas para resfriamento adicional. Além de ser preciso escolher um gabinete em que suas peças possam ficar bem acomodadas, deve-se levar em contra uma escolha que ajude a manter a poeira do lado de fora e os componentes protegidos.

Qualquer outra coisa, como sistemas de refrigeração adicionais ou discos rígidos secundários, é bom ter, mas não é estritamente necessário. Estas são as peças que você precisa para tornar uma pilha de hardware em um PC em funcionamento.

Fonte de alimentação

Possivelmente a peça menos interessante e mais vital do quebra-cabeça do PC, a fonte de alimentação é exatamente o que você espera dela: Ela leva eletricidade de uma tomada para sistemas individuais em seu computador. Escolher a peça certa pode ser complicado, mas uma vez que você fizer isso, você provavelmente nunca precisará pensar sobre isso novamente.

Você precisa ter certeza que a fonte irá alimentar todo o seu sistema e ainda precisa saber qual é a voltagem da sua rede elétrica. Além disso, proteger a fonte de um possível curto também é essencial, então, pense no aterramento.

Preparação Pré-Construção

Antes de começar a montar seu novo computador, há alguns itens que você deve ter, algumas coisas que você deve fazer e várias coisas que você deve levar em consideração antes de começar. Certifique-se de ter todos os componentes necessários para construir seu computador:

  • Uma chave de fenda Phillips nº 1 ou nº 2 (se você puder ter uma chave de fenda com ponta magnética, isso seria o ideal);
  • Unidade flash USB com Windows 10 (clique aqui para saber como instalar o Windows 10);
  • Braçadeiras para gerenciamento de cabos (e alicate ou tesoura para cortá-los);
  • Cabos SATA extras se você estiver instalando vários dispositivos de armazenamento e/ou uma unidade óptica;
  • Uma lanterna ou algum tipo de fonte de luz (a luz do seu smartphone funcionará) pode ser útil
  • Acesso à Internet para ajudá-lo a solucionar quaisquer problemas que possam surgir durante a construção;

Leia o manual da sua placa-mãe

Ninguém gosta de ler um manual. Mas, se for sua primeira vez montando um PC, o manual que acompanha sua placa-mãe contém muitas informações que você deve saber para montar seu computador corretamente. Portanto, embora você provavelmente queira ir direto para a construção do seu computador, se você for um iniciante, será uma boa ideia reservar um tempo para ler o manual da sua placa-mãe antes de começar.

No mínimo, certifique-se de ler a seção sobre instalação de RAM (o posicionamento correto da RAM pode variar de placa-mãe para placa-mãe) e anote a seção que informa como instalar o conector do painel frontal do seu gabinete – você precisará voltar para essa página quando for a hora de conectar o conector do painel frontal à sua placa-mãe.

Limpe um espaço para construir – de preferência em uma mesa grande

Há muitas partes que são usadas na construção de um computador, sejam os componentes em si ou os parafusos, espaçadores e cabos que prendem e conectam tudo. Portanto, é importante ter bastante espaço não apenas para montar seu computador, mas também para acompanhar todos os seus componentes e as peças e cabos que os acompanham.

E, se você puder organizar seus componentes e os parafusos/cabos que os acompanham, será muito mais fácil montar seu sistema. Você não quer misturar os parafusos que prendem a placa-mãe com os parafusos que prendem a fonte de alimentação ao gabinete. Em última análise, o local ideal para construir seu sistema é em uma grande mesa bem iluminada.

E, certifique-se de evitar construir seu sistema em carpete, pois o acúmulo de eletricidade estática no carpete pode danificar seus componentes. Se a mesa na qual você está montando seu computador estiver localizada em um carpete, seria uma boa ideia usar uma pulseira antiestática durante a construção para garantir que você não transfira nenhuma eletricidade estática para seus componentes.

Pense no gerenciamento de cabos ANTES de construir

Muitos guias mencionam algo como “Não se esqueça do gerenciamento de cabos!” no final do guia. No entanto, o gerenciamento de cabos deve ser levado em consideração desde o início. Isso será difícil de fazer para os construtores iniciantes que não estão familiarizados com o destino de todos os seus cabos. Mas, isso pode ser feito se você planejar adequadamente.

Aqui estão algumas dicas que você pode usar para ajudá-lo a se familiarizar mais com o gerenciamento de cabos antes de começar a construir seu computador.

  • Dica #1: Leia o manual da sua placa-mãe. Isso lhe dará uma boa ideia de onde tudo será conectado.
  • Dica # 2: Dê uma olhada neste guia antes de construir para ter uma noção de quando você instalará cada componente.
  • Dica #3: Antes de começar a construir, coloque temporariamente a placa-mãe dentro do gabinete para que você possa ter uma ideia de onde as portas se alinham em relação as entradas dos cabos no gabinete. Isso lhe dará uma boa ideia de onde você deve passar seus cabos para que eles fiquem mais próximos das portas em que precisam ser conectados.
  • Dica #4: Como regra geral, você quer passar o máximo de cabos possível atrás da bandeja da placa-mãe e dos compartimentos de armazenamento.
  • Dica nº 5: O comprimento dos cabos da sua fonte e o tamanho do seu gabinete terão um papel importante no gerenciamento de cabos. Em alguns gabinetes, seus cabos podem não ser longos o suficiente para serem colocados atrás da bandeja da placa-mãe. Depois de montar sua fonte, é uma boa ideia fazer um teste, passando os cabos atrás da bandeja da placa-mãe e pelos recortes mais próximos de onde você acha que eles vão acabar. Dessa forma, você terá uma boa ideia se pode ou não executá-los atrás da bandeja antes de começar a instalar os componentes.
  • Dica nº 6: A maioria dos gabinetes modernos tem ganchos e recortes que você pode usar para amarrar seus cabos com uma braçadeira. Usa-os!
  • Dica #7: Embora as fontes de alimentação modulares e semi-modulares sejam mais caras do que as fontes de alimentação não modulares, elas são muito mais fáceis de fazer o gerenciamento de cabos, pois você não terá que descobrir onde esconder/proteger os cabos em excesso.
  • Dica #8: Junte os cabos que estão indo na mesma direção.

Será difícil fazer o gerenciamento de cabos perfeito na primeira tentativa. E, realmente, seu gerenciamento de cabos não precisa ser perfeito. O objetivo é realmente apenas garantir que você não tenha uma bagunça de cabos que restrinjam o fluxo de ar entrando e saindo do seu gabinete. Mas, ter algum tipo de plano de gerenciamento de cabos antes de começar a construir é metade da batalha.

A construção

Agora que você passou pela seção anterior, é hora de começar a montar sua máquina. Nesta seção, passamos pelo processo passo a passo de montagem de seu computador para ajudá-lo a montar seu sistema de forma rápida e eficiente.

1. Abra seu gabinete: A primeira coisa que você vai querer fazer é abrir o seu gabinete. Retire ambos os painéis laterais. Normalmente, eles são mantidos no lugar por parafusos na parte de trás do gabinete. Se você estiver instalando ventoinhas adicionais ou um AIO na parte frontal/superior do gabinete, retire também o painel frontal/superior (se aplicável). Se você tiver um gabinete que tenha uma cobertura de fonte, é uma boa ideia removê-la agora também.

Montagem de pcs gamers
Abrindo o gabinete

E remova qualquer embalagem que venha no gabinete (manual, parafusos, suportes de instalação do HDD/SSD, etc.). Eu também gosto de desamarrar/soltar os cabos do gabinete e redirecioná-los atrás da bandeja da placa-mãe.

2. Instale ventiladores de gabinete adicionais: Todos os gabinetes modernos vêm com, pelo menos, uma única ventoinha instalada na parte de trás do gabinete. E a maioria das opções vem com, pelo menos, uma ventoinha instalada na frente do gabinete. Se você quiser adicionar ventiladores de gabinete adicionais, é uma boa ideia instalá-los agora. A instalação de ventoinhas no gabinete é simples, pois praticamente todos os gabinetes têm slots específicos onde as ventoinhas extras podem ir. E tudo o que você precisa fazer é usar os parafusos fornecidos para montar o ventilador no gabinete.

Direção do fluxo de ar nos ventiladores do gabinete, como regra geral, é uma boa ideia puxar o ar pela frente do gabinete e esvaziá-lo pela parte de trás (e, se disponível, pela parte superior) do gabinete. Portanto, se você estiver instalando ventoinhas adicionais no seu gabinete, certifique-se de que elas estejam apontadas na direção certa. Verifique com a configuração de ventoinha existente do seu gabinete, antes de assumir que suas ventoinhas frontais estão puxando ar e suas ventoinhas traseiras estão expelindo ar.

Se você tem um gabinete que possui uma única ventoinha na parte de trás do gabinete, provavelmente pode presumir que está expelindo o ar da parte de trás. E, nesse caso, é seguro instalar seu(s) ventilador(es) adicional(is) na frente do gabinete em uma configuração de entrada. Além disso, a maioria dos ventiladores tem uma seta que informa em qual direção o ventilador empurra o ar através dele. A seta irá ajudá-lo a configurar corretamente seu ventilador para que o ar flua na direção certa.

Montagem de pcs gamers
O caminho do ar no PC. Fonte

3. Instale sua fonte de alimentação: As fontes de alimentação são bastante fáceis de instalar. Você provavelmente vai instalá-los no canto inferior traseiro do gabinete. No entanto, alguns gabinetes optam por uma fonte montada no topo. Será bastante fácil dizer onde sua fonte precisa ser montada porque no painel traseiro do gabinete haverá um grande recorte onde a fonte será montada.

Para montar sua fonte de alimentação:

  • Deslize-o no gabinete ao lado do corte da fonte de alimentação;
  • Se o seu gabinete tiver uma ventilação abaixo de onde a fonte ficará, instale sua fonte de modo que o ventilador fique voltado para baixo;
  • Se o seu gabinete não tiver uma ventilação abaixo de onde a fonte ficará, instale sua fonte de modo que o ventilador fique voltado para cima;
  • Alinhe os orifícios dos parafusos no recorte com os orifícios dos parafusos na fonte de alimentação;
  • Usando os parafusos que acompanham sua fonte de alimentação, use uma chave de fenda Phillips para prender a fonte ao gabinete;

Ventilador fonte fica para cima ou para baixo? A ventoinha da sua fonte de alimentação é uma ventoinha de admissão. Seu trabalho é puxar o ar de fora da fonte de alimentação para ajudar a manter os componentes internos da fonte de alimentação frios. No entanto, se a ventoinha da fonte de alimentação estiver apontada para o gabinete, ela puxará ar de dentro do gabinete. Esse ar será mais quente que o ar fora do gabinete.

Portanto, se o seu gabinete tiver uma ventilação abaixo de onde a fonte de alimentação ficará, você poderá girá-la de forma que a ventoinha aponte para baixo, e a fonte de alimentação puxará o ar mais frio de fora do gabinete. A maioria dos gabinetes modernos tem aberturas que permitem que você monte a ventoinha da fonte com o lado da ventoinha para baixo, mas se o seu gabinete não tiver essa abertura, você terá que apontar a ventoinha da fonte para cima (porque apontá-la para baixo quando não há ventilação bloquear o fluxo de ar na fonte).

4. Instale seu Processador: Para seu processador, memória, cooler do processador e dispositivos M.2 (se você os tiver), é uma boa ideia instalá-los na placa-mãe antes de montar a placa-mãe no gabinete.Você pode instalar esses componentes depois de montar a placa-mãe, mas isso dificulta o processo e, dependendo do gabinete, pode ser difícil montar o cooler do processador depois de montar a placa-mãe. Se você montar sua placa-mãe primeiro, é uma boa ideia pelo menos colocar os suportes do cooler do processador primeiro.

Mas, na verdade, seria muito melhor instalar esses componentes antes de montar a placa-mãe no seu gabinete. Você pode fazer isso colocando a placa-mãe em cima da caixa em que a placa-mãe veio e, em seguida, instalando os componentes listados acima. E, desses componentes, o primeiro que você deve instalar é o seu processador.

Veja como fazer isso:

  • Desbloqueie a alavanca no soquete da placa-mãe pressionando-a para baixo, afastando-a do soquete e puxando-a para trás;
  • Remova a tampa plástica do soquete da CPU (para CPUs Intel);
  • Retire a CPU de sua embalagem plástica, segurando-a pelas bordas;
  • Alinhe o canto do triângulo na CPU com o canto do triângulo no soquete da CPU na placa-mãe;
  • Abaixe suavemente a CPU no soquete da CPU na placa-mãe até que ela fique totalmente no lugar (não tente pressioná-la no soquete ou forçá-la no soquete!);
  • Abaixe a alavanca de volta para baixo e trave-a no lugar;

5. Instale sua Memória RAM: Depois que sua CPU estiver instalada, você poderá instalar sua memória. Você deve consultar o manual da sua placa-mãe primeiro para ver em que slot(s) você deve instalar sua memória. Depois de consultar seu manual e saber em quais slots sua RAM deve entrar, faça o seguinte:

  • Desbloqueie o clipe na lateral do slot DIMM;
  • Alinhe o entalhe no seu cartão de memória com o divisor no slot DIMM;
  • Abaixe a RAM no slot DIMM e verifique se ela está alinhada corretamente;
  • Aplique pressão no cartão de memória até que ele ‘clique’ no lugar (o clipe deve travar de volta no lugar também);

6. Instale o cooler da sua CPU: Como você instala o cooler do processador dependerá do tipo de cooler do processador que você possui. Se você tiver um cooler de CPU Intel padrão, precisará seguir um conjunto específico de instruções para instalá-lo corretamente. Se você tiver um cooler padrão da AMD, precisará seguir um conjunto diferente de instruções. E, se você optar por um cooler AIO ou uma configuração personalizada de refrigeração líquida, terá que seguir instruções diferentes para instalá-lo.

No entanto, além do cooler padrão da Intel, a instalação de um cooler de ar para CPU ou cooler AIO geralmente exigirá a conexão de uma placa traseira atrás da placa-mãe e, em seguida, a montagem do cooler/bloco AIO da CPU na placa traseira da parte frontal da placa-mãe.

Como instalar os coolers Ryzen da AMD

  • Desaperte os suportes de plástico à direita e à esquerda do soquete da CPU;
  • Para evitar interferência com a memória no slot A1, vire o logotipo da AMD na borda do ventilador em direção às portas de E/S;
  • Abaixe o cooler da CPU para que ele se alinhe com os orifícios dos parafusos da placa traseira (onde os suportes de plástico foram aparafusados);
  • Comece a apertar os quatro parafusos com mola, girando cada parafuso algumas voltas de cada vez em um padrão cruzado para frente e para trás;
  • Aperte os parafusos até que eles parem de girar;
  • Conecte o cabo do ventilador no conector CHA_FAN1;

Como instalar o Stock Cooler da Intel

  • Certifique-se de que os pinos do cooler estejam torcidos para que a seta na parte superior não aponte diretamente para a caixa do ventilador;
  • Alinhe os quatro pinos do cooler sobre os orifícios de montagem do cooler da CPU ao redor do soquete da CPU da sua placa-mãe;
  • Certifique-se de que o ventilador esteja posicionado de forma que o fio do ventilador possa ser conectado ao conector CPU_FAN;
  • Abaixe o cooler para que todos os pinos fiquem presos nos orifícios da placa-mãe;
  • Aplique força para baixo nos pinos nos cantos opostos do cooler até que eles se encaixem no lugar. Em seguida, troque e pressione os outros dois pinos;

7.Instale os suportes da placa-mãe: Os espaçadores da placa-mãe criam um vão entre o gabinete e a placa-mãe. Se você parafusar sua placa-mãe diretamente no gabinete, você causará um curto na placa-mãe e danificará seu sistema. Então, antes que você possa montar sua placa-mãe no seu gabinete, você precisa parafusar os espaçadores (que é, então, onde sua placa-mãe será parafusada).

Veja como instalar os espaçadores da sua placa-mãe:

  • Encontre o diagrama em seu gabinete que informa em quais furos você precisa colocar espaçadores para encaixar sua placa-mãe;
  • Usando suas mãos e uma chave de fenda Phillips, aparafuse os espaçadores;

Uma vez que os espaçadores da placa-mãe estão instalados, agora você pode instalar sua placa-mãe. Veja como:

  • Abaixe a placa-mãe no gabinete para que ela fique apoiada nos espaçadores;
  • Manobre sua placa-mãe para que suas portas se alinhem com os slots apropriados na blindagem de E/S;
  • Deslize sua placa-mãe em direção ao escudo de E/S para que as portas se destaquem um pouco;
  • Os orifícios de montagem da sua placa-mãe agora devem estar alinhados com os orifícios dos parafusos nos espaçadores;
  • Usando os parafusos que acompanham sua placa-mãe, comece a parafusar sua placa-mãe nos espaçadores;
  • Neste ponto, você pode levantar o gabinete e conectar o cabo de alimentação de 24 pinos e o cabo de alimentação da CPU de 4/8 pinos à placa-mãe;

8. Instalar dispositivos de armazenamento: A maioria dos gabinetes tem áreas designadas para instalar discos rígidos e unidades de estado sólido, seja em uma gaiola de disco rígido/SSD designada ou em um slot específico para SSDs. Em alguns gabinetes, a instalação de dispositivos de armazenamento requer montá-los em um suporte com parafusos e, em outros momentos, o processo não requer ferramentas.

Se você não tiver certeza de onde instalar seu dispositivo de armazenamento, consulte o manual do seu caso. Isso permitirá que você saiba para onde seus dispositivos de armazenamento irão. Depois de descobrir onde seus dispositivos de armazenamento devem ser instalados…

Instale seu(s) dispositivo(s) de armazenamento conforme as instruções do manual do seu caso

Conecte um cabo SATA ao seu dispositivo de armazenamento e conecte a outra extremidade a uma porta SATA na sua placa-mãe. Encaminhe o cabo de alimentação SATA da fonte de alimentação atrás da bandeja da placa-mãe e ao redor do dispositivo de armazenamento e conecte-o

9. Conecte USB, Áudio, Fios/Cabos da Caixa e Ventiladores da Caixa

Neste ponto, você instalou quase todos os componentes em seu sistema. Existem apenas mais alguns fios e cabos que você precisa conectar ou conectar. E, se você estiver adicionando uma placa de vídeo autônoma à sua compilação, também precisará instalá-la.

No entanto, existem muitos cabos pequenos que precisam ser instalados nas portas na parte inferior da placa-mãe e, uma vez instalada a placa de vídeo, essas portas serão difíceis de alcançar. Portanto, é uma boa ideia instalar esses cabos antes de instalar sua placa de vídeo.

Esses cabos são:

  • Cabos USB
  • Áudio HD
  • Conector do painel frontal (Power, Reset, LED, etc.)

Para saber onde esses cabos devem ser instalados, você precisará consultar o manual da sua placa-mãe. Os conectores USB e o conector de áudio HD são bastante fáceis de identificar, pois estão marcados na placa-mãe.

10. Instale sua placa de vídeo: Agora que tudo está conectado, tudo o que você precisa fazer é instalar sua placa de vídeo. Instalar uma placa de vídeo é bastante simples, mas existem algumas etapas envolvidas. Aqui está como fazê-lo:

  • Localize o slot PCIe superior na sua placa-mãe;
  • Pegue sua placa de vídeo e abaixe-a sobre o slot PCIe (mas não a empurre);
  • Olhe para a esquerda da placa de vídeo e anote os dois painéis que a cobrem;
  • Traga sua placa de vídeo de volta para fora do gabinete e retire os painéis (você precisa quebrá-los ou desparafusar um painel superior que os mantém no lugar);
  • Quando esses painéis estiverem livres, você poderá inserir sua placa de vídeo no slot PCIe. Pressione-o para baixo até que se encaixe no lugar;
  • Sua placa de vídeo deve ter um suporte de aço que agora está apoiado na parte superior do painel traseiro do gabinete e deve haver furos para parafusos no suporte e no gabinete que agora se alinham. Use os parafusos fornecidos e aparafuse a placa de vídeo nesse painel

Se houvesse uma placa superior que prendesse os painéis no lugar, parafuse-a de volta. Quando sua placa de vídeo estiver no lugar, pegue o cabo de alimentação PCIe da fonte de alimentação e conecte-o à placa de vídeo (idealmente, o cabo de alimentação PCIe deve ser roteado atrás da bandeja da placa-mãe). É isso! Agora você montou seu computador!

Como não perder dinheiro ao escolher suas peças

Como qualquer projeto, a parte mais difícil de construir um PC é começar. Existem literalmente milhares de componentes possíveis; por onde você começa mesmo? Você escolhe uma GPU e constrói em torno dela? Encontre um gabinete que você goste e vê o que vai caber dentro? Vasculhar a internet para o que está à venda e esperar que tudo se encaixe? E principalmente: como não escolher peças que não são compatíveis e perder dinheiro nessa compra.

Acredite ou não, essas são todas estratégias viáveis de construção, mas uma forma de deixar isso mais simples é: descubra o “porquê” primeiro e o “o que” virá em seguida. Que tipo de PC você quer montar? Você quer uma máquina de produtividade que pode jogar alguns jogos também? Uma alternativa mais versátil para os consoles de última geração? Um PC monstro para durar eras?

Qual a sua intenção? Definir isso vai te ajudar a dar um ponto de partida na construção do seu PC Gamer e definir o seu orçamento. Atualmente, é difícil achar uma boa placa de vídeo com um preço considerável devido a alta e baixa do dólar, sem contar o “boom” de mineração de criptomoeda que fez com que as placas de vídeo sumissem das prateleiras e, como não podemos deixar de lembrar, a pandemia de Covid-19 que afetou o mundo inteiro.

Lembre-se: você não pode simplesmente comprar as primeiras sete peças que vê na frente e esperar que todas se encaixem como um Transformer. É melhor começar com o componente mais importante (na minha opinião, a GPU) e ir descendo.

APROVEITE ESSAS PROMOÇÕES PARA MONTAR O SEU PC GAMER

[amazon bestseller=”amd” tracking_id=”mg-paulo-20″ grid=”3″ items=”3″ price=”Aproveite descontos exclusivos”]

Quando possível, compre equipamentos de marcas conhecidas e estabelecidas – Corsair, HyperX, AMD, Nvidia e assim por diante. Teoricamente, você poderia economizar muito dinheiro usando HD ou SSD de uma marca “genérica”, RAM ou fontes de alimentação etc, mas a qualidade do dispositivo pode ser um lixo total e o atendimento ao cliente dessas pequenas marcas tende a ser aleatório ou inexistente, principalmente aquelas vindas da China via sites como o AliExpress ou Shopee.

Também é importante ser um pouco flexível com seu orçamento, se possível. Obviamente, você não quer gastar R$ 5.500 em um PC que você orçou em R$ 3.000, mas não jogue toda a pesquisa e construção da máquina fora se chegar a R$ 3.150. Um bom PC vai durar muito tempo, e algumas dezenas de reais fazem pouca diferença ao longo de alguns anos.

Aprenda a montar seu PC Gamer

Embora haja muitos tutoriais na internet e vídeos no Youtube que vão te ensinar a montar um PC Gamer ou como escolher as peças certas, apostar nisso pode ser um tiro no escuro. Você vai confiar uma placa de vídeo que custou mais da metade do seu orçamento total e uma fonte e placa-mãe que custou a outra metade na mão de um estranho e ligar na tomada da sua casa esse “frankenstein”? A possibilidade de você explodir toda a parte elétrica da sua casa ou, pelo menos, queimar uma ou duas peças é bem grande!

Neste caso, antes de se aventurar a encaixar peças de computador como se fossem blocos do Minecraft, não é melhor aprender isso com quem realmente sabe do assunto? Como falamos acima, ser flexível com o seu orçamento não inclui apenas investir um pouco mais em hardware, mas também investir em conhecimento! Um investimento que depois pode até mesmo virar fonte de renda para você!

Aprender a montar um PC exige que você saiba as principais técnicas de montagem de computadores com o entendimento necessário sobre hardware, processadores, placa-mãe, HD e SDD, memória RAM, placa de vídeo e fonte de alimentação e assuntos relacionados, como aterragem, clipagem de cabos e mais.

Tem que definir a configuração do PC que atenda suas necessidades de uso, seja para uso em jogos com um PC Gamer ou para trabalho, como por exemplo, modelagem de personagens 3D, edição de vídeos ou mesmo a criação de games 2D ou 3D. Tem que entender como economizar na compra de peças e ter um bom desempenho. Se você quiser aprender isso, você pode aprender mais em um curso de montagem de PCs Gamers e ainda usar todo um conteúdo que você aprender para uso próprio ou para ser sua fonte de renda adicional ou até mesmo, sua fonte de renda principal. Se você quiser começar a aprender é só clicar aqui no botão e inscrever-se no curso.

FAQ Rápido

Qual a melhor configuração para um PC para jogos?

Depende do quanto você poderá gastar e quais jogos você quer jogar. Se você busca um Pc para jogos triple A e com resoluções altas e muitos FPS esse tipo de computador sairá mais caro do que um PC para jogos online como Fortnite ou PUBG. Então, você tem que avaliar o quanto pode gastar e qual a sua pretensão de jogos.

O que é mais importante na hora de montar um PC Gamer?

Em um PC para jogos, a parte mais importante são a Placa de Vídeo e o Processador. Esses dois componentes são os mais importantes para se jogar com qualidade e são os responsáveis por gerar os gráficos dos games.

Qual a diferença entre um PC e um PC gamer?

O PC gamer é uma máquina com hardware voltado para jogos. Enquanto um PC convencional tem componentes de baixo ou médio desempenho, voltado para tarefas rotineiras como textos, planilhas ou navegação na web, um PC gamer terá em seu interior componentes mais caros e poderosos usados para gerar os gráficos dos jogos.

Preciso de um PC gamer para jogar jogos?

Depende do jogo. Jogos modernos com visuais detalhados exigem um maior poder de processamento do computador e podem não funcionar em um computador doméstico convencional.

Agora, deixe aí nos comentários: você sabe como montar o seu PC gamer? Costuma comprar suas próprias peças? Tem alguma dica de montagem de PC? Deixe aí nos comentários e aproveite para ler mais sobre Hardware no nosso site.

Saiba como acabar de vez com o erro OpenGL no Blender
Sua carreira do sonhos é ganhar muito dinheiro Criando Jogos? Então veja como dar os primeiros passos
Jogo de ação com múltiplas batalhas superpoderosas apresenta narrativa inédita ambientada no mundo dos quadrinhos de Invincible, da Skybound Comics
Desenvolvedores independentes e artistas podem inscrever seus projetos gratuitamente para participar do BIG Festival 2024 e Artists' Alley, na gamescom latam 2024
Conheça Sites para Criar Jogos e crie seus games sem baixar ou instalar nada
Quer saber como Desenvolver Jogos no Celular? Veja esses aplicativos