Avira Crypto: Avira também tem um minerador de Ethereum

Antivírus Avira também tem um minerador de Ethereum em seu suíte de proteção

O antivírus Avira agora vem com o Avira Crypto. Depois de comentarmos que, na semana passada, o Norton Antivirus estava adicionando um novo componente, chamado Norton Crypto, a seus produtos de segurança, parece que a Avira também tem um minerador de criptomoedas Ethereum integrado ao seu antivírus. O Norton Crypto, como é chamado a ferramenta de mineração, é um minerador de moeda criptográfica que será executado quando o sistema for detectado como ocioso. Parece que a Avira está fazendo o mesmo.

Anunciado originalmente em outubro de 2021, o Avira Crypto foi lançado para ajudar os consumidores a “minerar criptomoedas com mais segurança e facilidade, diretamente por meio da plataforma Avira”. A Avira continua explicando a facilidade de uso do componente Crypto integrado em uma postagem no blog oficial da Avira em outubro de 2021.

Avira crypto
Avira Crypto

O que é o Avira Crypto?

Com o Avira Crypto, você pode usar o tempo de inatividade do seu computador para minerar a moeda criptográfica Ethereum (ETH). Como a mineração requer muito poder de computação, ela não é adequada para usuários com computadores de potência média. Mesmo com hardware compatível, a criptomoeda de auto-mineração pode ser menos lucrativa. A melhor opção para você é ingressar em um pool de mineração que compartilhe poder para aumentar a probabilidade de mineração de criptomoedas. Depois disso, a remuneração será distribuída uniformemente a todos os participantes do pool.” diz o site de suporte da Avira.

Com o Avira Crypto, os mineradores de moedas agora podem transformar o tempo ocioso em seus PCs em uma oportunidade de ganhar moedas digitais. Ele foi projetado para ser simples de usar, seguro e confiável, permitindo que os clientes explorem criptomoedas com apenas alguns cliques e evitem as barreiras gerais que poderiam impedir sua entrada no ecossistema de criptomoedas.

A empresa criou um FAQ em seu site de suporte que fornece alguns detalhes adicionais sobre a integração. De acordo com o FAQ, Avira Crypto está extraindo Ethereum em sistemas e vem com uma carteira pessoal. Porém, nesse FAQ, a Avira não revela quanto, se houver, da moeda extraída está levando para si. O Norton revelou na semana passada que está tirando 15% da moeda ganha dos usuários do Norton Crypto, uma taxa extremamente alta se comparado a outras formas de transação com Ethereum, que saem por volta de 1% a 2%.

-- Publicidade --
Avira crypto: avira também tem um minerador de ethereum | c7688515 avira2 | antivírus, avira, avira crypto, criptomoeda, criptomoedas, ethereum, norton antivírus, pc | avira crypto notícias
Avira Crypto

A participação no Avira Crypto e Norton Crypto é voluntária (embora os usuários relatem que é difícil desinstalar o componente criptográfico do sistema Norton). O especialista em segurança Brian Krebs observa que a natureza voluntária “em última análise, depende de como esses programas criptográficos são lançados e se os usuários realmente entendem o que estão fazendo quando os habilitam”.

Se a mineração é lucrativa depende de vários fatores, incluindo o custo da eletricidade, mas também o desgaste do hardware. Ambas as empresas foram criticadas pela integração de componentes de cripto-mineração. Anteriormente, produtos de segurança bloqueavam tentativas maliciosas de executar mineradores criptomoedas em PCs de clientes. A integração pode adicionar um pouco de receita para as empresas, mas também pode impactar a reputação de ambas as empresas.

Da mesma forma que o minerador de criptomoedas do Norton, alguns problemas ficam na mente de quem vai usar o antivírus. Primeiro, a questão ambiental com o aumento do uso de energia elétrica necessária para a extração de uma única criptomoedas. Se o ambiente não é uma preocupação sua, então, a sua conta de luz deve ser. Atualmente, o valor da conta de luz é bem elevado, sejam por questões políticas ou pela falta de chuvas ou o que for, mas é certo que a todo momento ouvimos falar da “bandeira vermelha” na conta de luz. Ter um minerador de criptomoedas no PC, dependendo da capacidade da sua máquina, não parece ser saudável para o seu bolso.

Também há a questão do desgaste do seu hardware. Minerar criptomoedas é algo que consome um bom tempo de vida da sua placa de vídeo, o que te obrigará a substituí-la antes do tempo previsto. Claro, se você conseguir ganhar um dinheiro com a extração das criptomoedas, você pode até mesmo comprar um novo PC, mas, com as taxas que estão sendo cobradas, essa não parece ser um cenário muito provável.

Agora, deixe aí nos comentários o que você está achando dessa inclusão de softwares de mineração em outros softwares? Acha que é possível aproveitar esses programas ou está procurando alternativas para o seu antivírus? Fale conosco e aproveite para ler mais notícias no nosso site.

-- Publicidade --

Fonte: Guru of 3D

Avatar of paulo fabris

Paulo Fabris é um jornalista, escritor, RPGista, gamer, cosplayer, nerd e fã de animes desde a época da TV Manchete.