Pesquisar
Close this search box.

Black Anvil, TCG da brasileira Animus Game Studio, é anunciado para PC e celulares

Com lançamento previsto para 2023, Trading Card Game apresenta mecânicas originais e sistema de crafting de cartas.

A desenvolvedora brasileira Animus Game Studio anuncia que está trabalhando no Trading Card Game (TCG) Black Anvil, com lançamento previsto para 2023 para PC e celulares. No game, que chega primeiro em uma versão Alfa, cada rodada será uma experiência diferente, já que o lançamento de dados e mesmo as fases da Lua definem as opções de ataque e defesa do jogador.

O pré-registro já pode ser feito no site oficial e os primeiros inscritos vão participar de um sorteio para receberem um booster no lançamento, além de acompanhar em primeira mão as novidades sobre o processo de desenvolvimento de Black Anvil.

Black anvil
Black Anvil

Em Black Anvil, os jogadores invocam um Daemon e devem equipá-lo com cartas de itens como armas preciosas, armaduras históricas e objetos sagrados. A única maneira de se manter vivo é sobreviver às lutas. Isso porque o gameplay é inteiramente influenciado pelas fases da lua, que mudam a cada rodada, afetando diretamente os atributos dos Daemons e das cartas. Por isso, é importante coletar mana, utilizar os escudos ou realizar ataques poderosos no momento certo, ou usar cartas e campeões que controlem esse atributo à seu favor.
 
 “Black Anvil permitirá aos jogadores utilizem pergaminhos para criar suas cartas e depois usá-las em seus próprios decks, ou trocá-las em um marketplace dentro do próprio jogo”, explica Matheus Mazuqueli, diretor criativo do Animus Game Studio. “No Black Anvil nós vamos empoderar o jogador a criar seu deck da maneira que ele preferir, seja usando nosso sistema de crafting ou comprando cartas diretamente da loja.”, conclui.
 
 Na versão Alfa, prevista para ficar disponível ao público no 1º semestre de 2023, Black Anvil vai apresentar os recursos de lançamento de dados e o sistema lunar, além da possibilidade de se colecionar cartas e montagem de decks. Depois, o jogo seguirá sendo atualizado, e receberá o robusto sistema de criação de cartas, com a chegada de um dos personagens principais, os crafters. Eles determinam a variedade de cartas que você pode criar e implantar, através de pergaminhos e recursos obtidos no tabuleiro após cada partida. Evolua seu crafter e domine o tabuleiro, fazendo de cada baralho sua própria arma alquímica!

Desenvolvido na tecnologia blockchain, Black Anvil oferecerá modos distintos para jogar. O single-player e o PvP serão gratuitos para todos, não sendo necessária a conexão com nenhuma carteira de criptomoeda; já jogar o PvP Ranked e o Crafting requerem esta conexão para que o jogador possa participar do ranking e criar suas cartas. O título também terá um Passe de Temporada, que oferecerá itens cosméticos, insígnias e recompensas exclusivas para o PvP Ranked.
 
 O marketplace de Black Anvil usa a tecnologia web3 para construir organicamente um ambiente econômico sustentável, e as cartas poderão ser comercializadas dentro de uma faixa de preço pré-determinada através de crypto dólares. Cada carta tem seu registro cunhado como um NFT, onde é possível ver os proprietários anteriores, valores que o ativo já foi comercializado e possibilitar integrações com outros jogos que utilizam da mesma tecnologia.
 
 Fique por dentro das últimas novidades de Black Anvil seguindo o Twitter, Facebook, Instagram e TikTok, e também participando da comunidade de jogadores no Discord. Fale conosco nos comentários e diga se curtiu essa novidade e aproveite para ler mais notícias no nosso site.

TEAMGROUP na Computex 2024 apresenta novos produtos com o lema: "Elevate Gaming . Empower AI"
Saiba se vale a pena jogar Fabledom
Quer dar vida aos seus modelos 3D com texturas impressionantes? Continue lendo para aprender tudo sobre o processo de mapeamento UV do Blender!
Saiba mais sobre a espetacular memória RAM DELTA TUF RGB DDR5
Quer saber se vale a pena jogar a última obra de Akira Toryama? Então veja nossa analise de Sand Land