Blizzard anuncia mudanças em Overwatch 2, Diablo IV e World of Warcraft

Blizzard irá retirar NPC baseado em ex-executivo além de atrasar alguns jogos

Durante a reunião de lucros do terceiro trimestre da Activision, a Blizzard anuncia mudanças em Diablo IV e Overwatch 2, que serão lançados após o esperado, além de algumas mudanças em World of Warcraft. “Como trabalhamos com uma nova liderança na Blizzard e dentro das próprias franquias, particularmente em certas funções criativas importantes, tornou-se aparente que parte do conteúdo da Blizzard planejado para o próximo ano se beneficiará de mais tempo de desenvolvimento para atingir seu potencial total”, um executivo da Blizzard disse durante a chamada.

A Activision Blizzard mencionou “maior rotatividade voluntária” e “a saída de uma série de indivíduos na empresa” como fatores que contribuíram para esse novo atraso.

Blizzard anuncia mudanças
Overwatch 2

Blizzard anuncia mudanças na data de lançamento dos jogos

A Blizzard Entertainment sofreu um grande número de demissões e saídas de alto nível, incluindo o diretor do jogo Diablo IV, Luis Barriga, após a notícia de vários processos da empresa alegando assédio sexual, agressão, discriminação e práticas trabalhistas injustas. Overwatch 2 também perdeu seu diretor Jeff Kaplan pouco antes dos processos serem divulgados (além de mudanças em nomes de personagens). Essas saídas aparentemente afetaram a capacidade da Blizzard de desenvolver e lançar esses jogos tão esperados.

Embora nem o Diablo IV nem o Overwatch 2 tivessem datas de lançamento concretas, a empresa sugeriu uma janela de lançamento de 2022. Agora, parece que ambos os jogos provavelmente não serão lançados até 2023.

Embora ainda estejamos planejando entregar uma quantidade substancial de conteúdo da Blizzard no próximo ano, estamos planejando um lançamento posterior para Overwatch 2 e Diablo IV do que originalmente previsto”, disse a Activision Blizzard na chamada.

-- Publicidade --

Mudanças também acontecerão em World of Warcraft

Além de todos esses atrasos, a empresa também está focada em melhorar sua imagem em relação ao público feminino e eliminar referências machistas e controversas em seu MMORPG. Em uma mensagem postada em seus fóruns oficiais, creditada a toda a equipe de World of Warcraft, os desenvolvedores afirmam que “os últimos dias têm sido um tempo de reflexão”, pois “prestam atenção às mulheres corajosas que se apresentaram para compartilhar suas experiências.

A equipe prossegue dizendo que “estamos comprometidos em tomar as medidas necessárias para garantir que estamos oferecendo um ambiente inclusivo, acolhedor e seguro tanto para nossa equipe quanto para nossos jogadores em Azeroth,” o cenário do jogo, e que eles irão julgue o sucesso nessa meta com base no feedback da comunidade.

Junto com o “trabalho interno para proteger os grupos marginalizados e responsabilizar aqueles que os ameaçam”, os desenvolvedores do WoW dizem que irão “tomar medidas imediatas […] para remover as referências que não são apropriadas para o nosso mundo”.

Blizzard anuncia mudanças em overwatch 2, diablo iv e world of warcraft | v warcraft 3 reforged | activision, activision blizard, blizzard, diablo iv, multiplayer, overwatch, pc, playstation, playstation 4, world of warcraft, xbox | blizzard anuncia mudanças notícias
World of Warcraft

As alterações devem entrar em vigor “nos próximos dias” e serão vistas tanto no jogo ‘principal’, atualmente em sua expansão Shadowlands, quanto no World of Warcraft Classic, que apresenta o jogo como era quando foi lançado quase duas décadas atrás.

Exatamente quais são as referências que serão alteradas não foram especificadas, mas, como observa a PC Gamer, elas podem incluir a remoção da menção a Alex Afrasiabi, ex-diretor criativo sênior do jogo. Embora Afrasiabi tenha deixado a Blizzard em 2020, ele tem um personagem de missão no jogo com o seu nome, uma missão que faz alusão ao seu nome, e referências aos próprios personagens de Afrasiabi espalhados pela tradição do jogo.

-- Publicidade --

Me sinto mal que o jogo tenha vários NPCs e histórias com o nome desse cara”, escreveu um jogador no fórum da Blizzard. “Eu amo WoW, mas eu simplesmente não aguento isso.” No subreddit do WoW, há um tópico pedindo que o marechal Afrasiabi seja removido de Stormwind City, e outro no qual um jogador usa o emote /cuspe nele.

Essas mudanças certamente não melhoram a mancha que a reputação da Blizzard sofreu após os vários processos movidos por ex-funcionárias, e nem apagam a decisão da empresa de chamar um escritório de advocacia com fama de “destruir sindicatos” para criar seus novos estatutos e políticas internas de tratamento dos funcionários, mas, ainda assim, é um começo.

Fale conosco nos comentários e diga se curtiu essa novidade e aproveite para ler mais notícias no nosso site.

Fonte: Fóruns oficiai da Blizzard, PC Gamer

-- Publicidade --
Avatar of paulo fabris

Paulo Fabris é um jornalista, escritor, RPGista, gamer, cosplayer, nerd e fã de animes desde a época da TV Manchete.