Conheça o RPG de mesa sobre a pandemia, President Evil

President Evil é um RPG de mesa gratuito onde os jogadores têm que enfrentar a pandemia do coronavírus, em um mundo onde as ruas estão abandonadas e os políticos pouco se importam com a população. O jogo foi criado por Paola Giometti que se inspirou na atual situação global e do Brasil.

Capa do rpg de mesa president evil

Inspirações

Paola Giometti disse que a sua inspiração em grande parte foi as declarações feitas pelo atual governo do Brasil em relação à pandemia.

“Foi um modo de satirizar quem estava me atacando e ao próprio presidente. Foram dois dias inteiros criando as classes de personagens baseadas nas bizarrices e na realidade que vemos por aí. Foi um trabalho intenso, mas que valeu muito a pena”. Entre os personagens, existe um “holístico que veio para salvar os fracos, o nadador de esgoto com alta imunidade”

A criadora declarou que sempre gostou de RPG, por isso criou o jogo, sendo uma resposta as críticas recebidas por ter rebatido declarações do presidente Jair Bolsonaro.

“Foi um modo de satirizar quem estava me atacando e ao próprio presidente. Foram dois dias inteiros criando as classes de personagens baseadas nas bizarrices e na realidade que vemos por aí. Foi um trabalho intenso, mas que valeu muito a pena”. Entre os personagens, existe um “holístico que veio para salvar os fracos, o nadador de esgoto com alta imunidade”

Criadora de president evil

O jogo

A princípio dentro de jogo os jogadores irão encontrar as ruas do Brasil abandonadas e uma economia totalmente falida restando apenas alguns sobreviventes da pandemia. Tendo como objetivo fazer as pessoas se conscientizar sobre a situação de forma indireta e por meio do entretenimento.

“Imaginei que fazendo o jogo as pessoas poderiam se colocar no lugar de personagens num cenário muito ruim, e até mesmo sentir um pouco a importância de se proteger e proteger ao próximo numa pandemia. Ele simula a vida real de um modo lúdico”, explica a criadora. “Você tem que ficar de quarentena, caso necessário. Tem que manter a imunidade se alimentando bem, escolher ajudar o próximo ou não, pois alguns recebem o subsídio do governo e podem comprar alguma comida ou máscaras de qualidade, álcool em gel, podem até mesmo tomar o ‘tal’ medicamento duvidoso, que pode na sorte te salvar ou não.” 

President Evil

Como já deu para reparar o nome do jogo é um trocadilho com o nome de Resident Evil, sendo que o nome President Evil foi escolhido através de votação popular nas redes sociais.

“Centenas de pessoas sugeriram nomes e votaram. Havia Pandemonium, Health Hunters, Quarenteners… Mas President Evil, uma sugestão do Thiago Lima, ganhou disparado”

Paola deixou claro que o jogo não está desmerecendo a gravidade, o perigo e as vítimas do coronavírus.

“Ao mesmo tempo que o jogo faz a sátira ao presidente, ela não faz a sátira ou pouco caso do coronavírus, que é o grande vilão do jogo. Você deve manter a sua imunidade e caso esteja infectado, deve decidir entre ficar em quarentena ou contaminar seus amigos, e caso ainda apresente os graves sintomas, deverá contar com a ajuda deles para que tentem salvar você. No fundo, acho que traz um treino de empatia e conscientização através do entretenimento do RPG.”

Como jogar President Evil

O jogo pode ser baixado gratuitamente pelo site oficial da Paola Giometti, onde todo mundo pode baixar o PDF que contem todas as instruções necessária. Como a maioria dos RPGs não se precisa de muito para que possa ser jogado, precisando apenas de um lápis, borracha, folhas e alguns dados.

Você gosta de RPGs? Que tal jogar President Evil online com seus amigos? Conte para nós o que achou do jogo.

Veja também: Lançamentos da semana 1-7 de junho de 2020.

Share
Avatar of taina quini

Designer e Redatora Web, com muitas horas perdidas em Dofus, esquecida no universo tentando resolver os puzzles da vida.

Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.
Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.