Gigabyte CMP 30HX é anunciada oficialmente: primeira GPU de mineração Nvidia

Preço e data de lançamento ainda são um mistério. Isso finalmente ajudará os usuários de placas RTX?

A primeira GPU de mineração Nvidia apareceu oficialmente online com o anúncio da placa Gigabyte CMP 30HX, trazendo o processador de criptomineração um passo mais perto do mercado consumidor.

Embora a Nvidia tenha anunciado seus novos CMPs meses atrás, ainda não tínhamos visto nenhum lançamento oficial das novas placas pela Nvidia ou seus parceiros. A Nvidia disse que seus primeiros dois CMPs, o 30HX e o 40HX, seriam lançados no primeiro trimestre de seu ano fiscal de 2022, que termina em maio, portanto, esses cartões estariam sendo lançados logo depois.

Nvidia gigabyte cmp 30hx
Imagem via Gigabyte

O 30HX CMP é a placa de criptomineração de nível básico da Nvidia com a menor taxa de hash, 26 MH/s, de qualquer um dos CMPs anunciados até agora. Como a VideoCardz observa, a Gigabyte CMP 30HX é construída com uma GPU Turing TU116-100, 6GB GDDR6 RAM e 1.408 núcleos CUDA, então a placa é essencialmente uma Nvidia GTX 1660 Super modificada.

Gigabyte cmp 30hx é anunciada oficialmente: primeira gpu de mineração nvidia | d60fa3bb gigabyte cmp 30hx imagem via videocardz | married games notícias, tecnologia | gigabyte, nvidia | cmp 30hx
Gigabyte CMP 30HX (Imagem via VideoCardz)

Infelizmente, não há nada na página do produto da Gigabyte para o CMP 30HX sobre preço ou disponibilidade. Logo que essas informações saírem, vamos atualizar nossos leitores.

Os CMP 30HX e 40HX da Nvidia começarão a chegar ao mercado. Eles farão barulho?

Com o anúncio oficial da nova Gigabyte CMP 30HX, as GPUs Nvidia Mining estão começando a chegar ao mercado consumidor. Até agora, as duas placas que vimos da Gigabyte e Palit online – ambas 30HXs – não foram o hardware mais impressionante que já vimos, para dizer o mínimo.

-- Publicidade --

Com uma taxa de hash de 26MH/s, o 30MX tem desempenho inferior a placas como a Radeon RX 480 e GTX 1070 Ti, que estão muito mais prontamente disponíveis e são mais baratas do que os preços que vimos para o 30HX até agora.

Tudo isso pode mudar, no entanto, se o MSRP do 30HX e do próximo 40HX tiverem um preço muito mais competitivo do que essas outras placas. No final das contas, os criptomineradores se preocupam em ganhar dinheiro, o que significa recuperar o investimento inicial nas placas gráficas.

Pode levar quase um ano inteiro para os mineradores atingirem o ponto de equilíbrio com uma RTX 3090 ou RTX 3080, dados os preços obscenos que vemos online, especialmente de revendedores, aqui no Brasil ou até mesmo importando. De que serve a taxa de hash muito superior dessas placas se você acaba perdendo dinheiro com elas? Os preços do Ethereum e do Bitcoin são altamente voláteis, portanto, quanto mais rápido um minerador conseguir ultrapassar a marca do ponto de equilíbrio e começar a ter lucro líquido, mais atraente será a placa.

Confira também: Unboxing E Análise: RTX 2070 Galax Ex OC White

Agora que o CMP 30HX e o CMP 40HX da Nvidia estão começando a chegar ao mercado, esperamos que possamos finalmente ver que tipo de investimento essas placas exigirão. Se os primeiros preços que vimos online servem para qualquer indicação ou parâmetro, as placas estão sendo avaliados em cerca de $720 (cerca de R$ 4044,46, na conversão direta e sem impostos) pelos varejistas que foram vistos até agora.

-- Publicidade --

Sem um MSRP da Gigabyte ou Nvidia, não sabemos se esse preço está perto do valor que as placas de consumo serão vendidas nos principais varejistas e importadores. Se a Nvidia e seus parceiros de placa inundarem o mercado com CMPs muito baratos até que seus CMPs mais poderosos baseados em GPUs Nvidia Ampere sejam lançados (ainda este ano), isso pode fazer toda a diferença no sucesso ou falha dessas placas, seja no seu impacto, fornecimento e na venda e consumo de placas de vídeo de modo geral.

O que nos resta é torcer para que as placas caiam para um um preço mais baixo e justo, para que possamos desfrutar do seu uso.

Avatar of denner perazzo

Jornalista, 26 anos. Apaixonado pelo que faço e sobre o que escrevo.