Pesquisar
Close this search box.

Hackers no Beta de Battlefield 2042 já são uma realidade

Hackers no beta de Battlefield 2042 já estão dominando o jogo. Trapaças eram vendidas desde agosto

O beta do próximo BF teve um início difícil com servidor, problemas de IA e falhas, mas parece que os hackers no Beta de Battlefield 2042 estão tornando as coisas ainda piores. Infelizmente, não é comum encontrar trapaceiros em jogos multiplayer, mas logo no início, os provedores de hack estão oferecendo várias ferramentas para aterrorizar os jogadores do Battlefield.

O insider Tom Henderson revelou que, pelo menos, dois grandes fornecedores já começaram a vender wallhacks, aimbots e outros cheats. De acordo com Henderson, o “Easy anti-cheat” do Battlefield foi facilmente quebrado e agora as comportas estão abertas.

Hackers no beta de battlefield
Battlefield 2042

Hackers no Beta de Battlefield 2042

Um usuário até respondeu ao tweet de Henderson mostrando aimbot e wallhacks em ação por meio de algumas imagens do jogo. Isso não deveria ser nenhuma surpresa, no entanto. Como descoberto em agosto, hacks para Battlefield 2042 já estavam sendo vendidos meses antes do lançamento do jogo.

Os vendedores de hackers zombavam abertamente da EA, alegando que seu “já jogo estava f*dido” desde o início, já que o tráfego para sites de truques do Battlefield aumentava 400%. Apesar de todos os problemas do beta, a DICE reafirmou que o jogo ainda está planejado para um lançamento completo em 19 de novembro.

Muitos, defendeu que a empresa considerasse adiar o jogo mais uma vez para que Battlefield fosse lançado com sucesso. Agora, com os hackers assolando o beta, a menos que a EA e a Dice tenham um truque na manga, parece que o Battlefield 2042 vai começar a se parecer com o Warzone 2021, já que os trapaceiros causaram estragos no Battle Royale CoD.

Ao contrário do Battlefield, no entanto, a Activision está se preparando para lançar um novo anti-cheat com CoD: Vanguard que também será implementado no Warzone. Resta ver se os hackers vão quebrá-lo também.

Hacks já estavam a venda antes do jogo

Hackers no beta de battlefield
Hacks já estavam no ar antes do jogo

Conforme identificado pelo site CharlieIntel, um site começou a anunciar cheats “indetectáveis”, incluindo aimbots, radar e wallhacks e ostentando que seus “1,2 milhão de usuários registrados” nunca foram banidos de um Battlefield. Uma afirmação ousada (e provavelmente mentirosa), assim como a propaganda de que seu hack de Battlefield 2042 já foi “confirmado” como indetectável.

Considerando que o Battlefield 2042, até agora, só foi jogado por um público severamente limitado durante os testes técnicos deste mês, parece improvável que a trapaça já tenha sido testada e “validada” (exceto que o hacker seja um dos técnicos).

Sendo esse um grande lançamento do gênero FPS, não é improvável que os hackers já estejam de olho no jogo e busquem forma de ganhar dinheiro de jogadores que não confiam em suas habilidades. Os principais concorrentes, como Call of Duty: Warzone, foram inundados por hackers e bots desde o seu lançamento. O mais recente, um devastador bot de “mira silenciosa” que garante acertar tiros em alvos tão distantes quanto “se você está no mesmo continente que seu alvo”. A Activision interveio para tentar derrubar esse aimbot “indetectável” que poderia, teoricamente, funcionar em qualquer jogo e em qualquer plataforma.

Prepare-se para entrar nos Campos de Batalha

Semelhante aos seus predecessores, Battlefield 2042 é um jogo de tiro em primeira pessoa com foco no multijogador. Como o jogo se passa em um futuro próximo, ele apresenta armas futurísticas e dispositivos como torretas e drones implantáveis, bem como veículos que os jogadores podem guiar. Os jogadores agora também podem que um veículo seja lançado por via aérea para qualquer local do mapa.

O game terá três modos de jogo principais: “All-Out Warfare” que engloba o “Breakthrough” e “Conquest”, dois modos conhecidos da série. No Conquest, duas equipes lutam entre si para capturar pontos de controle no mapa; assim que todos os pontos de controle em um setor forem capturados, a equipe controlará esse setor. Em Breakthrough, uma equipe deve tentar capturar os pontos de controle de outra equipe, enquanto uma equipe deve defendê-los. Ambos os modos podem ser jogados contra outros jogadores ou contra a IA do game.

As versões para PC, [amazon link=”B08CWG5K2D” title=”PlayStation 5″ tracking_id=”mg-paulo-20″] e [amazon link=”B088GHBH92″ title=”Xbox Series X” tracking_id=”mg-paulo-20″] e [amazon link=”B08JN2VMGX” title=”Xbox Series S” tracking_id=”mg-paulo-20″] suportam 128 jogadores, enquanto as versões [amazon link=”B094PDYB81″ title=”PlayStation 4″ tracking_id=”mg-paulo-20″] e [amazon link=”B08JN2VMGX” title=”Xbox One” tracking_id=”mg-paulo-20″] suportam apenas 64 jogadores. O jogo final está previsto para chegar dia 22 de novembro.

Durante a conferência TecToy Showcase, transmitida on-line neste sábado (22), fabricante revelou detalhes dos primeiros produtos da Zeenix, sua nova divisão gamer
BioWare abraça suas raízes narrativas em um RPG single player; Assista uma emocionante sequência de gameplay estendida que prepara a história e os desafios
TEAMGROUP na Computex 2024 apresenta novos produtos com o lema: "Elevate Gaming . Empower AI"
Saiba se vale a pena jogar Fabledom
Quer dar vida aos seus modelos 3D com texturas impressionantes? Continue lendo para aprender tudo sobre o processo de mapeamento UV do Blender!