Patch de New World reduz custos e tenta impedir venda de ouro

Para impedir que jogadores façam novos personagens só para vender ouro, Amazon cria bloqueios e reajustes em custos

O patch de New World que a Amazon lançou hoje reduzindo a quantia que custa para respec (resetar as estatísticas do seu personagem para realocá-las em outras) seu personagem e adicionando novas restrições tenta impedir o comércio com dinheiro real. A Amazon está tentando eliminar a onda de vendedores de ouro (RTM), que regularmente enviam spam de seus anúncios de negócios no chat do jogo.

Como era fácil conseguir uma boa quantia de ouro nos momentos iniciais do New World, o dinheiro poderia ser facilmente ganho e transferido, o que significa que os vendedores poderiam fazer novos personagens (lotando os servers de jogadores inativos) e instantaneamente trocar todo o ouro ganho com outros jogadores que comprariam esse ouro pago com dinheiro real. A Amazon diz que “baniu e suspendeu muitas das contas denunciadas”.

Patch de new world
Update 1.0.5

Leia Também:

O que o Patch de New World Update 1.0.5 mudou?

Agora deve ser mais difícil para os vendedores de dinheiro no jogo (ou RTM – Real Money Trading) organizarem e distribuírem seus produtos também, já que a troca de jogador para jogador não mais disponível no nível 10 ou nas primeiras 72 horas após a criação de um personagem.

Recompensas em moedas de algumas das primeiras missões também foram redistribuídas para missões mais adiante, o que significa que você terá que investir um pouco mais para conseguir o dinheiro suado. A Amazon diz que continuará a “monitorar o impacto que isso tem sobre os bots e a saúde do jogo”, ajustando conforme a necessidade.

-- Publicidade --

O custo de respec de personagens também foi enormemente reduzido, custando cerca de 60% menos agora. Embora os respecs nos níveis iniciais sejam gratuitos, os jogadores reclamavam que o custo nos níveis posteriores era muito caro. O custo também estava dificultando a experimentação de builds, algo que agora deveria ser um pouco mais fácil. O respec da Maestria de Armas tambem agora custa cerca de 75% menos Azorth.

Há uma quantidade razoável de outras correções feitas aqui também, por exemplo, não deve haver mais nenhum risco de sua casa desaparecer aleatoriamente durante a manutenção, e aqueles que foram afetados por isso devem ser reembolsados em um futuro próximo. A falha de duplicação de ouro (que surgiu como resultado da tentativa de impedir outra falha de duplicação de ouro) também deve ser corrigida.

Ajustes no PvP e no combate geral foram feitos, como não ser mais capaz de equipar o mesmo tipo de arma em ambos os slots e impedir que os jogadores deixem seu forte inicial antes de uma partida de “Outpost Rush” começar. Se quiser ler as novidades completas na atualização clicando aqui.

Seu destino é o que você fizer dele em New World

New World é situado em meados de 1600, onde os jogadores colonizam uma terra fictícia chamada Aeternum, criada aos moldes da América Britânica, junto ao Oceano Atlântico. Os jogadores podem garimpar recursos, fabricar itens e lutar com, e contra, outros jogadores.

Por milhares de anos, a misteriosa ilha de Aeternum foi fonte de lendas fantásticas – e agora você a encontrou. Naufragado, sem suprimentos ou aliados, você precisará abrir seu caminho em um mundo perigoso onde as leis fundamentais da vida e da morte não se aplicam. A magia flui por Aeternum. Traz vida: cura milagrosa, reanimação dos mortos e flora estranha com propriedades mágicas. E isso traz horror: o poder de causar destruição indescritível e o lento desgaste da alma por meio de incontáveis ciclos de morte e ressurreição.

-- Publicidade --

Em tal terra, seu destino é tudo o que você fizer dela.

Agora, deixe aí nos comentários: O que você acha de New World? Os vendedores de ouro atrapalhavam seu chat? Feliz que reduziu o valor dos respec? Você pode aproveitar e ler mais sobre MMOs e sobre New World no nosso site.

Fonte: New World

Avatar of paulo fabris

Paulo Fabris é um jornalista, escritor, RPGista, gamer, cosplayer, nerd e fã de animes desde a época da TV Manchete.