Pesquisar
Close this search box.

Vampire: The Masquerade – Bloodhunt chega as lojas no final de abril

O battle royale Vampire: The Masquerade – Bloodhunt chegará gratuitamente as lojas da Steam e PlayStation

Mais de sete meses após sua estreia no Steam Early Access, o battle royale baseado no jogo de RPG de Mesa da editora World of Darkness, Vampire: The Masquerade – Bloodhunt, será lançado em 27 de abril. Para aqueles que são familiares ao RPG de mesa fica a pergunta: Como eles vão pular de um ônibus voador em meio a uma cidade e lutar até sobrar um só sem “quebrar a máscara” (um conceito extremamente importante na sociedade vampírica do jogo)? Bom, aparentemente isso não será um problema (e eles provavelmente também não pularão de um ônibus voador) e o jogo vai chegar oficialmente no final do próximo mês.

Leia Também:
Como mestrar RPG de Mesa
Como criar mundos de RPG
Melhores RPG offline para Celular
Melhores MMORPG para PC
Melhores jogos de RPG para PC e Consoles

Vampire: the masquerade – bloodhunt
Vampire: The Masquerade – Bloodhunt

Vampire: The Masquerade – Bloodhunt não liga para a “máscara”

Bloodhunt – não deve ser confundido com Bloodlines 2, que ainda estamos esperando – é um battle royale em terceira pessoa que coloca os clãs vampíricos uns contra os outros pelo controle da noite cidade de Praga. Cada clã tem habilidades únicas, refinadas ainda mais pelo arquétipo escolhido pelo jogador, permitindo diferentes estilos de jogo. Até o momento foram confirmados:

Brujah: Um clã que tipicamente é associado a vampiros combativos, brutos, com poderes que se resumem a bater, correr rápido, bater mais e ser resistente a pancadas, além de bater mais um pouco. Claro, esse esteriotipo não é válido para todos os Brujah, mas, em geral, todos eles serão muito bons na arte de espancar alguém.

Nosferatu: Baseado no filme de mesmo nome, os Nosferatus são vampiros com aparências monstruosas e que vivem reclusos, em geral, morando em esgotos e evitando serem vistos. Esse clã tem poderes principalmente ligados a ilusão e ofuscação, para que quem os encontre simplesmente esqueça que um dia os viu.

Toreador: Elegantes, refinados e aristocráticos, os Toreadores são considerados os vampiros bon-vivant, amantes da arte e de uma vida de indolências. Lembra do vampiro Louie, de Entrevista com Vampiro, aquele interpretado por Brat Pitt? Ele seria um perfeito exemplo de um toreador. Os poderes são baseados principalmente em ilusões e manipulação de emoções.

Ventrue: Em geral, estes são os vampiros líderes entre os clãs vampiros. São diplomatas, políticos, homens de negócio e manipuladores ao extremo. Geralmente o chefe dos vampiros de uma cidade são desse clã, sendo que muitas vezes eles chegaram a esse posto sem nem lutar, apenas com manipulação e influência. Manipulação e dominação são suas especialidades.

Vampire: the masquerade – bloodhunt
Vampire: The Masquerade – Bloodhunt

Claro, na disso fará diferencia na hora de jogar, pois o a gameplay de Battle Royale será bastante convencional, no entanto, o que quer dizer que geralmente as coisas serão resolvidas com armas à distância e facas de perto, enquanto as habilidades vampíricas tendem a ser mais passivas ou focadas em suporte – escalando superfícies verticais, transformando-se em névoa, cegando outros jogadores, esse tipo de coisa. É uma mistura que mantém a jogabilidade de Bloodhunt bastante próxima de outros battle royales, enquanto ainda lhe dá um sabor distintamente sobrenatural.

“Após um período de acesso antecipado bem-sucedido, o Sharkmob implementou o feedback da comunidade do jogo e mal podemos esperar para mostrar aos fãs como o jogo progrediu”, disse o produtor de Bloodhunt, David Sirland. Vampire: The Masquerade – Bloodhunt será gratuito para jogar no Steam e também disponível no PlayStation 5. Saiba mais no site oficial do jogo clicando em bloodhunt.com.

[amazon bestseller=”Vampiro: A Máscara” tracking_id=”mg-paulo-20″ grid=”3″ items=”3″ price=”Aproveite descontos exclusivos”]

Agora, é só esperar o lançamento oficial e começar a explorar a vida de um vampiro. Se isso parece estranho para você que jogou o RPG de mesa, acostume-se, o mundo das trevas não é mais como era antigamente! Deixe nos comentários, você jogava Vampiro: A Máscara? Jogou algum dos jogos da White Wolf? O meu preferido era o Mago: A Ascensão e o seu? Algum clã que gostaria de ver no jogo? Eu espero que os malkavianos apareçam em algum momento.

Fale conosco nos comentários e diga se curtiu essa novidade e aproveite para ler mais notícias no nosso site.

Quer dar vida aos seus modelos 3D com texturas impressionantes? Continue lendo para aprender tudo sobre o processo de mapeamento UV do Blender!
Saiba mais sobre a espetacular memória RAM DELTA TUF RGB DDR5
Quer saber se vale a pena jogar a última obra de Akira Toryama? Então veja nossa analise de Sand Land
Conheça o robusto HD portátil SSD T-FORCE M200
Aprenda como enviar comandos aos personagens do seu jogo com o Signals no Godot
Saiba mais sobre os processos e mecanismos de Renderização no Blender