Análise: Not For Broadcast, você no controle da TV!

Game Review | Married Games
Análise: not for broadcast, você no controle da tv! | not for broadcast | married games análises, pc, plataformas, steam, videos | not for broadcast, not games, pc, simulador, singleplayer, steam, tinybuild games | not for broadcast

Preço: 99

Moeda do preço: BRL

Sistema operacional: Windows 10, Playstation 4, Playstation 5, Xbox One, Xbox Series S, Xbox Series X, Nintendo Switch

Categoria da aplicação: Game

Classificação do editor:
5

Not for Broadcast, desenvolvido pela NotGames e publicado pela tinyBuild em janeiro de 2020, é um simulador de Televisão onde o jogador deve mostrar o melhor conteúdo para os seus telespectadores, desde controlar as câmeras a rodar os melhores comerciais para entreter e aumentar sua audiência.

Na pele de Alex, faxineiro da televisão, você deve no seu primeiro dia de trabalho ajudar a equipe do jornal National Nightly News a darem as noticias mais relevantes ao seu público (ou não). E a partir do momento em que um governo radical e utópico ganha numa eleição esmagadora cabe a você mostrar a verdade ou colocar sua família inteira em risco.

Manipule a política de um país no jogo fmv not for broadcast | observatório  de games

Expor o governo ou passar os comerciais pró Advance, você decide!

Em Not for Broadcast, suas ações têm duras consequências. Propagandas com brinquedos e novidades perigosas para o mercado à edição em tempo real das imagens do noticiário são algumas das tarefas que você deve completar para manter o seu emprego, entretanto tenha em mente que o público está diretamente influenciado pelo o que você escolhe ou não passar.

Not for Broadcast: Como funciona o “controle” dessa TV?

Com sua pegada que flutua entre um simulador de propaganda e TV para elementos de RPG de texto, nossa grande missão é deixar o programa fluido e bonito para os nossos telespectadores. Usando uma técnica diferente, a narração do jogo em FMV (Full Motion Video), nos aproxima dos personagens de forma diferente e ousada. Cada jornalista e âncora tem suas personalidades fortes e marcantes durante toda a gameplay fazendo com que o jogador sinta completamente a narrativa.

Not for broadcast: quando a mídia e a política andam lado a lado
Vinheta do jornal que está prestes a começar!

Not For Broadcast é “Papers, Please” misturado com Monty Python… esse pode ser um dos melhores jogos FMV em muito tempo.”

Cultured Vultures

Modos de jogo

Análise: not for broadcast, você no controle da tv! | e16dd6ac image | married games análises, pc, plataformas, steam, videos | not for broadcast, not games, pc, simulador, singleplayer, steam, tinybuild games | not for broadcast
Sala do desafio” é a opção onde tem todos os modos.

Not for Broadcast apenas possui o modo single player que além da campanha principal traz 3 estilos de jogo diferentes e 5 desafios que testam a paciência, reflexos e até ritmo do jogador.

1° – Modo Livre:

Onde basicamente o jogador não deve se preocupar com interrupções no programa ou melhorar a audiência. Sente-se e aproveite as piadas e os melhores programas!

2° – Modo Realista (Realismo):

Todos os tipos de ajudas e “luzinhas” foram retirados do jogo. Censurar palavrões só de escutar e manipular a audiência ao seu favor a olho nu é um dos grandes desafios desse modo (a interferência é mostrada do mesmo jeito permitindo que o jogador desvie)

3° – Modo Música:

No qual o ritmo do jogador é testado ao máximo. Trocar as câmeras no ritmo e tempo para que fique orgânica a transmissão parece uma tarefa fácil até a música trocar de velocidade ou melodia.

Ficou curioso? Confira esse gameplay de Not for Broadcast que fizemos no nosso canal do youtube!

Desafios

Desenvolvimento Assustador

Parece que em uma das faxinas no lugar derrubaram um líquido misterioso e gosmento nos controles e os equipamentos entraram em curto. Alguns botões aparecerão eletrificados que ao apertar te dará um grande choque. O jogador pode tomar até 3 choques consecutivos e no 4° você é eletrocutado e demitido do jornal.

Uma visão

Durante a campanha no jogo normal você escolhe os melhores ângulos de câmera na sua TV e após 2 segundos de transmissão ela é disponibilizada para o público. Nesse modo, a edição ocorre em tempo real. Se sente confiante para editar as cegas?

Interferência Aterrorizante

Os satélites do jornal são ultrapassados e quase toda hora tem alguma interferência no programa. Nesse modo o visor de interferência parece uma rave e demanda uma atenção a mais para o jornal não sair de vez do ar.

Reviravolta

Alguém para pregar uma pegadinha no Dave (antigo editor do jornal) trocou os botões do mixer de edição e eles estão loucos e trocando toda hora. Infelizmente você deve pagar o pato e editar a programação enquanto os botões trocam de posições.

A Censura Pirou

Fique esperto com a censura nesse modo. Lembrando os tempos de Guitar Hero, enquanto a edição do jornal deve ser perfeita, a censura deve ser acionada (sem motivo algum em certos momentos) repetidamente e continua. Requer um jogador multitarefa que consiga trocar as câmeras enquanto acerta nos bipes.

Requisitos mínimos

Sistema operacionalWindows 10
Processadori3 ou superior
Memória RAM8GB
Placa de vídeoDedicada com 4GB vRAM ou mais
DirectXVersão 11 ou superior
Armazenamento22GB
Placa de somIntegrada

Infelizmente Not For Broadcast não possui nenhuma DLC (até o momento), entretanto sua desenvolvedora NotGames já confirmou a data de lançamento do Episódio 2 que está prevista para o fim de janeiro de 2021.

Confira também:

Conquistas

Not For Broadcast possui 29 conquistas nas quais 9 são ocultas.

Prós

  • Divertido
  • Uma experiência nova
  • Imersivo

Contras

  • Repetitivo
  • Mecânicas não aproveitadas

Notas:

Gráficos: 8/10

Apesar da técnica FMV que utiliza atores reais para encenar o jogo, Not for Broadcast possui efeitos especiais bons e congruentes com o game. Sua interface e controles são bem desenhados e de fácil entendimento.

Mecânicas de Gameplay: 5/10

Muitas das mecânicas que são apresentadas para nós não são totalmente aproveitadas no jogo. Em certa parte do jogo é apresentada uma mecânica de upgrades onde o jogador pode melhorar sua estação de trabalho e personalizá-la como bem entender e mesmo assim o jogo pode ser completado sem ter gasto um tostão em melhorias.

Trilha Sonora: 6/10

O jogo não possui uma trilha sonora orquestral com vários instrumentos e sinfonias diferenciadas, o básico desde a vinheta até uma canção que nos faz lembrar o show de talentos que tínhamos em nossas escolas é apresentado de forma sutil não impactando o jogador de maneira marcante.

História: 8/10

A possibilidade de alterar a forma como o jogo ocorre é gratificante. Como dito antes, as propagandas e as edições das imagens colaboram para influenciar o público tanto para a política quanto para produtos e empresas. Assustador ou não, o jogador pode até ocasionar um apocalipse de ursinhos assassinos (isso é sério) dependendo dos comerciais que escolhe passar.

Embora também a inclusão da sua família seja repentina (apresentada em forma de texto), dá tempo ao jogador se acostumar e até criar laços com seus filhos e sua esposa. Durante as ações de RPG em texto também temos decisões a fazer que influenciam o futuro da nossa família.

Not for Broadcast apresenta de maneira divertida e contagiante uma sociedade distópica que você está inserido podendo mudar o futuro da população.

Jogabilidade: 7/10

Á nossa frente (interface) lidamos com um grande painel que auxilia nosso trabalho. Botões de 1 a 4 que controlam as câmeras do estúdio, um censor “bip” que censura palavras e ideias que não deveriam ir ao ar e o controle de interferência que vira e mexe deve ser manipulado para que o nosso programa não fuja do ar. Na primeira hora do jogo percebi que tudo era só um treino para o que viria depois.

Com as câmeras tendo que mudar no ritmo da música, escolher a imagem que mais se identifica com a notícia que está passando em até 10 segundos, o jogo fica cada vez mais difícil e igualmente divertido. Pode até ser repetitivo já que o nosso trabalho sempre será o mesmo e ainda sim cada programa que passa nos proporciona uma ótima experiência.

Diversão: 7/10

Apesar de ter uma jogabilidade diferenciada dos outros jogos, Not for Broadcast acaba se tornando repetitivo ao longo da campanha. A mais de 5 transmissões disponíveis parecem muito até serem completadas. Após o término da campanha, se você decidir completar os desafios, enfrentará as mesmas transmissões com dificuldades maiores, sem dicas e visores.

Não é possível assim fugir da repetição das fases, o que ao longo do jogo (caso o jogador queira zerar) se torna cansativo e entediante.

Conclusões do Autor

A princípio eu não ia com a cara de nenhum jogo feito em FMV até jogar Not For Broadcast. Esse jogo conseguiu me tirar a atenção por muito tempo mesmo e embora ele seja pequeno, me rendeu umas das 8 horas mais divertidas que já tive em um jogo. O começo meio parado me desanimou um pouco mas quando os problemas e as conspirações começaram a aparecer, o jogo mudou completamente.

É uma experiência diferente e embora seja comparado por muitos com Papers, Please, sua essência é única. Se estiver disposto a compreender o jogo e jogá-lo sem pressa, apesar do tema proposto, garanto que não vai se arrepender!

Confira outros jogos publicados pela tinyBuild!

Realize seu sonho!

Já pensou no jogo perfeito? Onde tem tudo como você quer, quando quiser e do jeito que quiser?

Clique aqui e vire um desenvolvedor de jogos!!!

Onde comprar?

Análise: not for broadcast, você no controle da tv! | 4bd8b25c imagem 2021 02 02 145810 | married games análises, pc, plataformas, steam, videos | not for broadcast, not games, pc, simulador, singleplayer, steam, tinybuild games | not for broadcast
Not for Broadcast (sem promoção) custa R$37,99

Not for Broadcast disponível na plataforma PC (via Steam) pela bagatela de R$28,49 (na promoção) no exato dia em que está matéria foi postada.

Game Review | Married Games
Análise: not for broadcast, você no controle da tv! | not for broadcast | married games análises, pc, plataformas, steam, videos | not for broadcast, not games, pc, simulador, singleplayer, steam, tinybuild games | not for broadcast

Preço: 99

Moeda do preço: BRL

Sistema operacional: Windows 10, Playstation 4, Playstation 5, Xbox One, Xbox Series S, Xbox Series X, Nintendo Switch

Categoria da aplicação: Game

Classificação do editor:
5
Avatar of nonis

Divertido, engraçado, orgulhoso. Eclético para jogos e viciado em diversão, tento equilibrar vida com games a mais de 15 anos. Sinto amor e ódio pela Riot Games. Ah e mais uma coisa, só não me deixe com raiva, os dwarfs costumam guardar rancor ;)

Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.
Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.