EVGA descobre o que matando placas de vídeo RTX 3090

Análise da EVGA descobriu que um problema com a solda das placas era o que causada os problemas e estava matando as placas de vídeo

A GeForce RTX 3090 da Nvidia é uma das melhores placas de vídeo que o dinheiro pode comprar. No entanto, várias placas de vídeo GeForce RTX 3090 que “abriram o bico” ao jogar o MMO New World, da Amazon. E a EVGA, depois de uma investigação em cima dessas placas de vídeo mortas, descobriu o problema que estava matando as GPU e compartilhou os resultados com o site PCWorld.

Os proprietários de GeForce RTX 3090 entraram em pânico quando uma infinidade de relatórios de usuários afirmaram que o jogo New World estava matando as placas de vídeo a torto e a direito. Aparentemente, a Amazon Games não implementou um limitador de taxa de quadros no menu principal, o que fez com que as placas de vídeo funcionassem mal ou morressem prematuramente devido às altas taxas de quadros. Houveram relatos alegando que as Radeon e outras placas baseadas em Ampere sofreram o mesmo problema, que não era exclusivo das GeForce RTX 3090.

Matando placas de vídeo
EVGA descobriu o problema

Desde então, a Amazon Games adicionou um limitador de taxa de quadros ao New World, e não houve nenhum novo relato de mortes precipitadas de placas de vídeo. A EVGA enviou peças de reposição para os usuários afetados e recolheu as placas gráficas afetadas pelo problema para análises e estudos detalhados.

O que estava matando placas de vídeo?

Inicialmente, muitos especularam que o controle do ventilador da placa de vídeo era o culpado pelas falhas prematuras. No entanto, um porta-voz da EVGA desmentiu essa teoria. De acordo com a EVGA, o microcontrolador parece não funcionar corretamente devido a um problema relacionado ao barramento i2c.

-- Publicidade --

Isso pode fazer com que software de terceiros, incluindo HWiNFO ou GPU-Z, relate erroneamente que o controlador do ventilador não estava funcionando corretamente. O software Precision X1 interno da EVGA não tinha esse problema. No entanto, a EVGA lançou uma atualização do microcontrolador que mostrará a operação correta do controlador do ventilador em versões atualizadas das ferramentas de terceiros mencionadas.

Depois de analisar as 24 placas gráficas GeForce RTX 3090 mortas, a empresa descobriu que o problema real era devido ao “acabamento ruim”. Aparentemente, a solda em torno dos circuitos MOSFET (basicamente pequenos interruptores que são controlados por um sinal de alta frequência que vem da unidade PWM. Resumindo, os MOSFETs ligam e desligam rapidamente, passando por alta corrente em pulsos curtos) da placa de vídeo deixa muito a desejar.

A EVGA afirmou que o problema de soldagem afeta apenas um punhado de placas de vídeo GeForce RTX 3090 que faziam parte da produção inicial em 2020. Embora a EVGA não tenha revelado números concretos, a empresa afirmou que o lote afetado é inferior a 1% de todos as placas gráficas que vendeu.

Pode Jogar New World sem Medo

New World é situado em meados de 1600, onde os jogadores colonizam uma terra fictícia chamada Aeternum, criada aos moldes da América Britânica, junto ao Oceano Atlântico. Os jogadores podem garimpar recursos, fabricar itens e lutar com, e contra, outros jogadores.

Por milhares de anos, a misteriosa ilha de Aeternum foi fonte de lendas fantásticas – e agora você a encontrou. Naufragado, sem suprimentos ou aliados, você precisará abrir seu caminho em um mundo perigoso onde as leis fundamentais da vida e da morte não se aplicam. A magia flui por Aeternum. Traz vida: cura milagrosa, reanimação dos mortos e flora estranha com propriedades mágicas. E isso traz horror: o poder de causar destruição indescritível e o lento desgaste da alma por meio de incontáveis ​​ciclos de morte e ressurreição.

-- Publicidade --

Em tal terra, seu destino é tudo o que você fizer dela.

Agora, deixe aí nos comentários: O que você acha de New World? Conseguiu jogar o beta? Está curtindo o game? Você pode aproveitar e ler mais sobre MMOs no nosso site.

Fonte: PCWorld

Avatar of paulo fabris

Paulo Fabris é um jornalista, escritor, RPGista, gamer, cosplayer, nerd e fã de animes desde a época da TV Manchete.