Pesquisar
Close this search box.

NVIDIA finaliza 1º trimestre com receita recorde de US$ 8,29 bilhões

NVIDIA finaliza 1º trimestre com receita recorde de US$ 8,29 bilhões

NVIDIA (NASDAQ: NVDA), empresa que redefiniu a computação gráfica moderna, computação de alto desempenho e Inteligência Artificial, registra receita recorde para o primeiro trimestre, encerrado em 1º de maio de 2022. O valor, de US$ 8,29 bilhões, representa um aumento de 46% em relação ao ano anterior e de 8% em relação ao trimestre anterior. Os setores de destaque do trimestre foram data center e games.

Durante o primeiro trimestre, a área de data center da divisão Enterprise da NVIDIA conquistou recorde de US$ 3,75 bilhões, o que representa um aumento de 15% a mais que no último trimestre e 83% a mais que no mesmo período do ano passado.

Nvidia finaliza 1º trimestre com receita recorde
NVIDIA finaliza 1º trimestre com receita recorde

NVIDIA finaliza trimestre recorde! Veja os grandes destaques da área estão:

  • Anúncio da arquitetura de GPU NVIDIA Hopper™, oferecendo um salto de desempenho de ordem de magnitude sobre seu antecessor; a GPU NVIDIA® H100 Tensor Core, a primeira GPU baseada em Hopper, com 80 bilhões de transistores; e o sistema NVIDIA DGX™ H100, a quarta geração desse sistema de IA desenvolvido especificamente a infraestrutura;
  • Lançamento do Superchip de CPU NVIDIA Grace™ baseado em Arm® com dois chips de CPU conectados de forma coerente NVLink®-C2C, uma nova interconexão chip a chip de alta velocidade e baixa latência;
  • Divulgação de que os principais fabricantes de computadores de Taiwan estão prontos para lançar a primeira onda de sistemas alimentados por Grace Hopper e Grace CPU Superchips da NVIDIA, a caminho de serem lançados no primeiro semestre de 2023;
  • Revelação da NVIDIA Spectrum™-4, primeira plataforma de rede de ponta a ponta de 400 Gbps do mundo, que possui desempenho extremo e segurança robusta necessários para infraestrutura de data center em escala;
  • Anúncio de grandes atualizações para NVIDIA AI — que inclui software pronto para empresas para fala, sistemas de recomendação, inferência em hiperescala e muito mais — assim como a nova IA da NVIDIA de programa acelerado, para ajudar a garantir o desempenho e a confiabilidade dos aplicativos de IA da NVIDIA para parceiros.

“Entregamos resultados recordes em data center e games em um cenário macro desafiador”, diz Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. “A eficácia do deep learning para automatizar a inteligência está levando empresas de todos os setores a adotarem a NVIDIA para computação de IA. Data center tornou-se nossa maior plataforma, mesmo com games atingindo um trimestre recorde.”

“Estamos nos preparando para a maior onda de novos produtos em nossa história com nova GPU, CPU, DPU e processadores de robótica subindo no segundo semestre. Nossos novos chips e sistemas avançarão muito em IA, gráficos, Omniverse, carros autônomos e robótica, bem como as muitas indústrias que essas tecnologias impactam”, afirma Huang.

Área de games tem aumento de 31%

O setor de games foi outro destaque do trimestre e conquistou US$ 3,62 bilhões, tendo um aumento de 31% referente ao mesmo período do ano passado e 6% em comparação ao trimestre anterior. A área apresentou a GeForce RTX® 3090 Ti, a GPU de consumo mais rápida de todos os tempos.

Confira mais lançamentos:

  • Anúncio de 15 novos títulos de jogos otimizados para NVIDIA RTX – incluindo Dying Light 2 Stay Human, Ghostwire: Tokyo e Shadow Warrior 3 — elevando o total para mais de 250 jogos e aplicações;
  • Os jogadores também podem acessar o streaming da classe RTX 3080 com o GeForce NOW™ com plano de assinatura mensal.

Mais destaques

Para finalizar, a área de visualização profissional também teve saldos positivos. A receita do primeiro trimestre de visualização profissional foi de US$ 622 milhões, 67% a mais que no ano anterior e 3% a menos em relação ao trimestre anterior. Já a área automotiva alcançou a marca de US$ 138 milhões, uma queda de 10% em relação ao ano anterior e um aumento de 10% em relação ao trimestre anterior.

“Comemoramos mais este balanço com receita recorde e com muitos cases para celebrar também na América Latina. A tecnologia contribui para a expansão de diversos setores e ficamos muito gratos de fazer parte desta revolução tecnológica no mundo todo”, enfatiza Marcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da NVIDIA para América Latina.

Durante o primeiro trimestre do ano fiscal de 2023, a NVIDIA devolveu aos acionistas US$ 2,10 bilhões em recompras de ações e dinheiro dividendos. Em 23 de maio de 2022, o conselho de administração aumentou e estendeu o programa de recompra de ações da empresa para recomprar ações ordinárias adicionais até um total de US$ 15 bilhões até dezembro de 2023.

A NVIDIA também pagará seu próximo dividendo trimestral em dinheiro de US$ 0,04 por ação em 1º de julho de 2022 a todos os acionistas registrados em 9 de junho de 2022.

Além disso, a perspectiva da empresa para o segundo trimestre fiscal de 2023 é de US$ 8,10 bilhões, mais ou menos 2%.

Para conferir o balanço completo do primeiro trimestre do ano fiscal 2023, clique aqui. Fale conosco nos comentários e diga se curtiu essa novidade e aproveite para ler mais notícias no nosso site.

Quer dar vida aos seus modelos 3D com texturas impressionantes? Continue lendo para aprender tudo sobre o processo de mapeamento UV do Blender!
Saiba mais sobre a espetacular memória RAM DELTA TUF RGB DDR5
Quer saber se vale a pena jogar a última obra de Akira Toryama? Então veja nossa analise de Sand Land
Conheça o robusto HD portátil SSD T-FORCE M200
Aprenda como enviar comandos aos personagens do seu jogo com o Signals no Godot
Saiba mais sobre os processos e mecanismos de Renderização no Blender