Warzone: Atualização surpresa mexerá em armas do meta; confira

Atualização CoD Warzone: Quando ninguém estava esperando, a Raven Software, através de seu Twitter divulgou que amanhã, quarta-feira (15), terá uma atualização que mexerá em algumas armas do meta gaming do Call of Duty: Warzone. Entre os destaques, temos um nerf pesado na submetralhadora OTs 9 e aumento de recuo da Krig 6. As shotguns, como a Gallo SA12, continuam sem sofrer nenhuma alteração.

Atualização cod warzone: veja as armas que foram nerfadas!
Atualização CoD Warzone: Veja as armas que foram nerfadas!

Não consegue ouvir os passos dos inimigos em Warzone? A comunicação com seu squad está ruim? Está na hora de investir num headset melhor! E, para te ajudar, te apresento essas opções de headsets bons e baratos para evoluir sua gameplay!

Fuzis de assalto

As alterações começam pelo fuzil de assalto AK-47 do Black Ops Cold War. A arma não teve muitos detalhes apontados no patch notes, mas está listado como uma arma que tinha o seu “coice” não compatível com as outras armas de calibre .7,62. Apesar de não ter tantos detalhes, imaginamos que se trata mais de nerf do que um buff.

Por outro lado, tivemos a FARA 83, outro fuzil do Black Ops Cold War que sofreu tanto nerf quanto buff, mas podemos dizer que ela foi mais melhorada do que piorando quando levamos em consideração de que ao mesmo tempo que ela teve seu dano máximo e mínimo reduzidos, ela teve uma melhora no seu multiplicador de tiro na cabeça, no pescoço e parte superior do tronco. Essas mudanças fazem a FARA conseguir um lugarzinho no meta gaming dessa Season 5.

Ainda na categoria de fuzis de assalto, mais duas armas foram mexidas, que são elas Krig 6 e QBZ. A primeira, que era a arma mais precisa do jogo, deixou de ser após a Raven mexer no seu recuo. Além dessa mudança, também perdeu seu multiplicador de dano ao acertar tiros na região do pescoço, onde era uma característica dessa arma. Já a QBZ, nunca foi uma arma tão amada, porém ela teve uma alteração no seu recuo.

-- Publicidade --

Submetralhadoras

Entrando no mundo das armas de combate a curta distância, tivemos um nerf inesperado na OTs 9, uma das armas mais fortes de perto, que batiam de frente contra a temida Gallo SA12. A Raven decidiu diminuir o dano máximo da arma, porém aumentar o dano mínimo. Ainda foi mexido no seu perfil de dano ao acertar na cabeça (que ficou melhor) e pioraram seu dano quando acertar bala na região do pescoço. Seu recuo também foi aumentado.

A Tec-9, arma que chegou nessa temporada também foi modificada para pior. Diminuíram seu dano máximo e mínimo. Porém, aumentou um pouco seu dano na região do pescoço.

Metralhadoras leves

A Stone 63, que era uma metralhadora do tipo leve que estava se popularizando cada vez mais no Warzone devido a seu dano alto e precisão absurda. Dessa vez, foi nerfada pela Raven Software em seu recuo que foi ajustado, o que entendemos como um nerf, levando em conta que ela tinha um recuo muito fácil de controlar. Seu coice também foi ajustado.

Rifles táticos

A categoria de armas mais polêmicas de todo o Warzone também foi mexida. Dessa vez, a AUG, que já foi meta um dia, foi melhorada quando falamos de recuo. Há umas atualizações, a Raven se mostrou preocupada com esta categoria que está sendo pouco usada dentro do jogo.

Atualização CoD Warzone: Alteração nos acessórios dos rifles táticos

Os canos Titanium e Rapid Fire das armas AUG e M16 foram alterados também, mas exclusivos apenas para essas duas armas. Ambos estão fazendo aumentar ainda mais a cadências dessas armas, tornando-as mais competitivas.

-- Publicidade --

Mais sobre Warzone

Warzone: atualização surpresa mexerá em armas do meta; confira | 7f70b97f call of duty warzone 1 | married games notícias | activision, battle royale, call of duty, call of duty warzone, fps, multiplayer, pc, playstation, raven software, xbox | atualização cod warzone
Atualização CoD Warzone: Veja as armas que foram nerfadas!

Call of Duty: Warzone é um jogo eletrônico free-to-play do gênero battle royale desenvolvido pela Infinity Ward e Raven Software e publicado pela Activision. Lançado em 10 de março de 2020 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, o jogo faz parte do título Call of Duty: Modern Warfare (2019), mas não requer compra. Warzone permite um combate em um modo multijogador on-line entre 150 jogadores na cidade fictícia de Verdansk, que é vagamente baseada na cidade de Donetsk, no leste da Ucrânia. Ele apresenta uma progressão de plataforma-cruzada entre os dois jogos.

Warzone foi lançado gratuitamente como parte do jogo Call of Duty: Modern Warfare, de 2019, em 10 de março de 2020, após uma série de glitches e vazamentos no mês anterior. A existência do jogo vazou um mês antes por uma postagem no Reddit, e um glitch de software no mesmo mês permitiu brevemente que os jogadores visualizassem uma versão anterior do mapa de batalha. Em 8 de março de 2020, dois dias antes do lançamento, o streamer Chaos, do YouTube, publicou um vídeo de 11 minutos alegando apresentar uma gameplay de Warzone. O vídeo foi removido e, em 9 de março, a Activision, anunciou oficialmente que o jogo seria lançado em 10 de março. Via: Wikipédia

Atualização CoD Warzone: Veja as armas que foram nerfadas!

Avatar of rafael meireles

Jornalista, 23 anos e fascinado por FPS. Poucas coisas na vida de Rafael o fazem tão bem quanto escrever e jogar videogames. Futebol e música também têm parcelas de seu coração.