Sony e VALVE são processadas por monopólio em vendas abusivas

Nos Estados Unidos a Sony e VALVE estão sendo processada por forçar um monopólio na hora de vender seus conteúdos através da PlayStation Store e Steam, respectivamente. Isso se deve por conta da falta de opção que o consumidor tem na hora de comprar seus jogos, levando em conta que a Sony não distribui os códigos de jogos digitais desde 2019 para empresas populares como Amazon e Walmart. Enquanto a VALVE vem sendo acusado por Wolfire Games.

Imagem do logo da sony | sony e valve são processadas por monopólio em vendas abusivas
Sony e valve são processadas por monopólio em vendas abusivas

A ação foi feita de forma coletiva pelos próprios usuários dos consoles da empresa japonesa, alegando que a empresa estaria abusando dos valores cobrados por seus jogos na plataforma PlayStation Store, chegando a fazer seus consumidores a pagar até 175% a mais do que a versão física dos jogos. Veja:

O monopólio da Sony permite cobrar preços não competitivos em jogos digitais nos consoles PlayStation, que são mais caros do que as edições físicas dos mesmos games vendidas em um mercado que permite competitividade, e mais caros do que seriam em um mercado competitivo de mídias digitais.

A Sony ainda não se pronunciou sobre o assunto, porém o processo estaria afetando diretamente os usuários que possuem a versão totalmente digital do PS5 que não é compatível com jogos de mídia física. Mesmo assim é um assunto que aparentar se estender ainda mais por fãs de PS4 e PS5.

Sony e Valve: Processo contra a Steam

Imagem da valve | sony e valve são processadas por monopólio em vendas abusivas
Sony e valve são processadas por monopólio em vendas abusivas

Já a VALVE está sendo processada por Wolfire Games, que participou da criação de Humble Bundle por ter uma postura abusiva em relação a venda de jogos da plataforma de PC e adquirir uma alta taxa de 30% do jogos que ajuda a vender.

Ainda no processo, a Wolfire ainda diz que a VALVE dificulta a rota das publicadoras de levar seus jogos em plataformas como Epic Games, Origin e GOG, tornando a Steam como opção obrigatória das empresas. Confira:

A falha dessas companhias em competir significativamente contra a plataforma de jogos Steam mostra que é virtualmente impossível competir em sentido econômico [..] A Valve abusa do seu poder no mercado para garantir que as publicadoras de jogos não tenham escolha senão vender os games pela loja do Steam, onde estão sujeitas à taxa de 30% da Valve

A ideia da desenvolvedora de jogos indies era diminuir a distancia da Steam para as outras plataformas, tendo em vista que a mesma controlaria 75% do mercado de jogos para computador. Ainda levanta a informação que a Epic ou a Microsoft teriam que diminuir e muito sua taxa de publicações para competir com a Steam.

Via: Gameinformer

O que achou da matéria? Qual sua opinião em relação a essa guerra judicial envolvendo Sony e Valve? Deixe nos comentários o que acha! Mais noticias, reviwes e tutoriais você vê aqui no nosso site!

Avatar of rafael meireles

Jornalista, 22 anos e fascinado por FPS. Poucas coisas na vida de Rafael o fazem tão bem quanto escrever e jogar videogames. Futebol e música também têm parcelas de seu coração.

Error: GraphComment couldn't be load because your settings are invalid. Please visit your admin panel and go to the GraphComment section and enter a valid website URL/ID.