Pesquisar
Close this search box.

The Sims 1: Conheça o Game que Deu Origem a um Gênero

Saiba mais sobre The Sims 1 e conheça o jogo que deu inicio a um gênero famoso até hoje

Quando falamos em The Sims, em geral, estamos falando da popular franquia de simulação de vida da Electronic Arts e Maxis que permite que a gente jogue com a vida, monte nosso sim, nossa casa e muito mais, mas, também temos de lembrar que esse é o nome do jogo original, muitas vezes referido como The Sims 1 (site oficial) ou TS1, para diferenciar o jogo original da própria série.

O jogo The Sims 1 é o primeiro da série e foi o que desencadeou um caso de amor com jogos de simulação para milhões de pessoas – jogadores e não jogadores. Naquela época, o TS1 foi um dos primeiros jogos que permitiu aos jogadores abandonar suas vidas reais por vidas artificiais… (muito antes de Second Life), pelo menos, por um tempo.

A jogabilidade nos permitiu criar sims e viver vidas virtuais em que precisávamos alimentar, vestir, abrigar e divertir… bem como encontrar e manter empregos para podermos continuar vivendo.

Parece estranho jogar um game onde fazemos o mesmo que fazemos no nosso dia a dia? Então continue lendo e veja o motivo de nos apaixonarmos por essa série e, se ficar com dúvidas, é só deixar nos comentários.

Bem-vindo ao Mundo de The Sims 1

Era uma coisa nova e empolgante para explorar, e muitos de nós ficamos viciados desde a primeira vez que ousamos jogar. The Sims 1 (TS1) foi desenvolvido pela Maxis Studios e publicado pela Electronic Arts (EA). O jogo foi lançado pela primeira vez para PC em fevereiro de 2000.

Em apenas dois anos após o lançamento, tornou-se o videogame mais vendido da história na época e foi lançado para outras plataformas, incluindo macOS, Microsoft Windows, Linux, PlayStation 2, GameCube, Xbox, Nintendo DS e Classic Mac OS.

Depois de entrar no jogo, os jogadores inicialmente criaram sua “pessoa” virtual, ou sim. Seu sim de escolha pode ser homem ou mulher, jovem ou velho, e ter tons de pele variando de branco a preto. Havia uma infinidade de opções para os jogadores personalizarem seu sim, desde cabelo e cor dos olhos até roupas e traços básicos de personalidade.

As necessidades dos sims
As necessidades dos Sims

A jogabilidade oferecia uma experiência de sandbox sem uma série de metas ou objetivos definidos que precisavam ser alcançados, então os jogadores tinham um alto grau de criatividade. Como mencionei, os jogadores só precisavam manter seu sim vivo e bem.

A maneira direta de jogar o jogo era criar seu próprio sim, encontrar um lugar para ele ou ela morar e depois realizar as tarefas da vida diária. Havia certas atividades que os sims podiam completar por conta própria e os jogadores podiam controlar a quantidade de autonomia que seu sim poderia ter.

CURTIU? QUER MAIS CONTEÚDOS COMO ESSE? DEIXE SEU NOME E EMAIL E RECEBA MAIS MATÉRIAS COMO ESSA

Jogabilidade de The Sims

Outras atividades exigiam a ajuda do jogador para serem concluídas, por exemplo, encontrar emprego, pagar contas, conceber filhos, fazer amizade com sims específicos, etc. Houve muitas oportunidades de interação social com os personagens que você criou e também com os personagens não-jogadores. Os Sims se comunicavam em uma linguagem fictícia chamada Simlish.

A jogabilidade proporcionou horas de entretenimento simplesmente “vivendo a vida” e interagindo com os personagens do jogo. No entanto, outros jogadores encontraram maneiras diferentes de jogar. Por exemplo, pré-adolescentes e adultos questionáveis acharam interessante torturar seus sims.

Uma maneira particularmente cruel, mas popular de torturar um sim era tirar a escada de uma piscina enquanto o sim nadava nela… iria se afogar, fazendo com que o Ceifador (ou Dona Morte) aparecesse e levasse o sim para o além… Mas, essa era só uma das maneiras de se fazer um sim morrer de forma cruel. Temos certeza que você conhece algumas outras, então deixa aí nos comentários.

Construindo Casas no The Sims

Havia casas pré-construídas no The Sims 1 das quais os jogadores podiam escolher e depois de concluírem a criação de seu sim, eles eram transferidos para o mundo do jogo para se mudar para sua nova casa e começar uma nova vida.

Incêndios são comuns com sims na cozinha
Incêndios são comuns com sims na cozinha

No entanto, muitos jogadores optaram por construir suas próprias casas. No final das contas, o motor do jogo incluía fortes recursos de construção de casas, além de um sólido design de interiores, design externo e recursos de paisagismo.

Outro método popular de jogo era evitar completamente o uso convencional do jogo para se concentrar na construção de casas.

Para aqueles que não tinham paciência nem de construir casas ou mesmo de criar um sim, existiam também famílias no mundo, como a famosa e presente no jogo até os dias de hoje, família Caixão (ou Goth, no original), que você podia assumir e controlar normalmente, facilitando muito o processo de se criar um sim e uma casa.

Alguns jogadores se tornaram mestres construtores e decoradores no jogo. Na verdade, até hoje, existem canais inteiros monetizados no YouTube dedicados a essa forma de arte, especialmente em versões mais recentes do jogo, nas quais os recursos de construção e design são bastante aprimorados.

É possível jogar The Sims 1 no Windows 10?

Embora seja um jogo antigo e lançado apenas em CD físico, o The Sims 1 ainda pode ser encontrado digitalmente em sites de download de jogos, mas o game pode não funcionar corretamente nos sistemas modernos. No fórum da EA existe um tutorial de como funcionar que pode ser acessado aqui.

Trilha Sonora Original

Talvez um dos aspectos mais memoráveis do jogo seja a trilha sonora. De acordo com a Maxis, a música deveria desaparecer no fundo para que os usuários não se distraíssem do jogo. No entanto, a música se tornou quase tão popular quanto o próprio jogo. Milhões de pessoas foram expostas a sons de jazz relaxantes com um ambiente impressionista.

Hoje, apenas por ouvir música da trilha sonora do The Sims 1, toda uma geração de pessoas é quase imediatamente transportada de volta para a virada do século XXI. The Sims (trilha sonora original) quebrou recordes de vendas. Além disso, alguns músicos populares como Avril Lavigne, Bon Jovi e Cristina Aguilera também estão presentes na DLC Superstar.

Sims reagindo as celebridades em TS1

Compositores

As músicas de The Sims 1 foram compostas principalmente por Jerry Martin e Marc Russo.

Martin passou a compor os lançamentos subsequentes do The Sims. Jerry é um compositor americano, mais conhecido por seu trabalho compondo música (principalmente jazz) para comerciais de televisão, e sendo o principal compositor de vários jogos da franquia The Sims, incluindo SimCity 3000, The Sims, The Sims Bustin’ Out, The Sims 2 e SimCity 4. Ele voltou em 2020 com o SimCasino.

Já Marc Russo é membro da banda de jazz fusion Yellowjackets e ex-saxofonista dos Doobie Brothers. Sua participação com a série The Sims foi feita apenas com The Sims 1 e seus pacotes de expansão, quando gravou 13 músicas.

É certo que as sequências de The Sims 1 melhoraram muito as músicas e as capacidades do jogo. No entanto, há algo positivo a ser dito sobre o humor sarcástico e a música icônica do jogo original.

As Famílias de The Sims

Para muitos jogadores, o apelo do The Sims 1 está principalmente no aspecto de personalização; na criação de Sims de nós mesmos, nossos parceiros, nossa família e nossos amigos. Podemos dar a eles traços de personalidade e peculiaridades que às vezes os tornam um pouco parecidos demais com a coisa real, e é uma diversão fantástica.

Com isso dito, porém, muitos veteranos da série também têm uma queda por alguns dos Sims pré-fabricados. Famílias e indivíduos recorrentes são uma marca registrada de The Sims 1, e há até mesmo algumas tradições familiares interessantes que avançaram à medida que a série progrediu. Vamos ver algumas das famílias que estão no game:

Os Goth (Família Caixão)

Isso mesmo, amigos. Estamos começando esta festa da maneira certa, provavelmente com a família Sims recorrente mais conhecida de todas, aparecendo em praticamente todos os jogos da série.

Os Caixão originalmente consistiam apenas em Mortimer (ou Vladmir), Bella (Laura) e sua filha Cassandra, e foram uma das famílias iniciais de The Sims.

Os goth
Os Goth

Eles retornariam nos Sims 2, 3 e 4, e sempre tiveram um papel vital na lore geral de cada jogo (por exemplo, Gunther Goth, pai de Mortimer, teria fundado Pleasantview, um dos principais bairros de Os Sims 2). Mais Caixões seriam apresentados conforme a série avançava, incluindo Alexandre, irmão de Cassandra.

Os Crumplebottom (Rugabaixa)

Agnes crumplebottom
Agnes Crumplebottom

Falando dos Caixão, outra família Sims recorrente tem uma conexão muito próxima com eles são os Crumplebottom. Cornelia Goth era uma Crumplebottom antes de se casar com Gunther, e as duas famílias definitivamente têm muito em comum. Mais notavelmente, sua riqueza e influência.

Nosso primeiro encontro com os Crumplebottoms acontece na DLC “Hot Date”, o terceiro Pacote de Expansão do jogo original. A senhorita Crumplebottom que encontramos aqui é mais tarde revelada como Agnes, que também viveu em Pleasantview.

Em The Sims 2, os proeminentes Crumplebottoms, Prudence e Simon, já faleceram. Eles só são encontrados em forma fantasmagórica (assim como o marido de Agnes, Erik Darling, que faleceu tragicamente antes que ela pudesse mudar seu nome para o dele). Agnes também é destaque em The Sims 3 e voltou a aparecer na expansão Vida Campestre de The Sims 4.

Os Roomies

A família Roomies também é uma das famílias iniciais do jogo e é composta sempre por dois ou quatro sims que são colegas de quarto. Essa família foi introduzida pela primeira vez em The Sims e na versão para console do jogo. A família consiste em Melissa Roomies e sua colega de quarto, Chris.

Na versão para console eles moram na Avenida 3 Sim, uma casa vazia com piso de madeira e paredes pintadas de branco, completa com um grande jardim externo.

Os roomies
Os Roomies

Ao contrário da maioria dos Sims do Bairro 1, eles não aparecem no The Sims 2, nem apareceram em nenhum outro jogo da série com essa configuração. Em The Sims 4, os Roomies fazem uma referência a série New Girl.

DLCs de The Sims 1

O jogo original incluía sete pacotes de expansão e duas edições de luxo; os pacotes de expansão foram os seguintes:

ExpansãoConteúdo
Livin’ LargeInclui novos personagens, bairros musicais, carreiras, itens, recursos e novos personagens não-jogadores, como o Ceifador, um Gênio, Papai Noel, Servo e o Palhaço Trágico.
House PartyEste pacote permitia aos jogadores dar festas em diferentes formatos: Rave, Tiki e Country & Western. Havia novos itens, música e personagens não-jogadores como um mímico, animadores, um bufê e fantasmas.
Hot DateHot Date foi particularmente importante porque com ele veio a introdução da capacidade de um sim de usar o telefone para chamar um táxi para levá-los ao centro de SimCity. Esta área passou a se tornar uma parte significativa da jogabilidade futura.
VacationEste pacote com tema de férias permitiu que seu sim experimentasse uma estadia em algum lugar diferente de sua própria casa. A Ilha de férias era o destino de férias dos sims e com ela vieram novos objetos, interações, itens e novos personagens.
UnleashedÉ o primeiro pacote a permitir animais de estimação no jogo. Existem, é claro, cães e gatos, mas também existem pequenos animais de estimação, como peixes, pássaros e répteis.
SuperstarNeste pacote, seu sim recebeu a responsabilidade de praticar as habilidades que o levariam ao estrelato. Um novo lote chamado Studio Town (estilo de Hollywood) foi adicionado ao jogo e havia novos objetos e carreiras
Makin’ MagicEste pacote permitiu que seu sim pudesse lançar feitiços e criar amuletos mágicos. Magic Town era o novo bairro e veio completo com uma nova moeda chamada MagiCoins e novos temas de construção: Spooky Shingles & Vines, Tuscany e Magic Carnival.

The Sims permitiu que os jogadores vivessem uma vida fora da sua. Era o escapismo em sua melhor forma, pois no The Sims não havia limite para o potencial do jogador. Eles poderiam construir uma casa grande e bem mobiliada, casar, ter filhos e subir a escada para se sentar no auge de suas carreiras.

Eles podiam se tornar um artista mestre ou um músico em questão de horas, e era realmente divertido fazer isso. Foi um caso de Maxis e Electronic Arts acertando em cheio, e as pessoas adoraram viver uma vida imaginária em The Sims.

The sims em seus primeiros estágios, então ainda conhecido como projeto x
The Sims em seus primeiros estágios, então ainda conhecido como Projeto X

Com o passar do tempo, The Sims tornou-se mais completo, introduzindo títulos como The Sims Bustin’ Out e The Urbz: Sims in the City. Foram lançados alguns títulos bizarros que mudaram completamente a fórmula, como The Sims 2: Castaway, que viu os Sims presos em uma ilha tropical, encarregados de coletar recursos para sobreviver.

Quanto ao único contra do jogo… além de alguns dos fãs mais obcecados, o charme do The Sims começou a se desgastar quando você percebeu que estava manipulando pessoas artificiais para viver suas vidas enquanto desperdiçava sua própria vida.

No entanto, esse tipo de jogo era novo e empolgante e, olhando para trás, parece que as horas que passamos ajudaram, pelo menos de alguma forma, a moldar a inteligência artificial de hoje e de amanhã. Hoje, estamos no The Sims 4, lançado 14 anos após o jogo original. Ele cumpriu sua promessa de melhorias no jogo.

Quando penso no jogo original, penso em quão longe a tecnologia nos levou adiante em tão pouco tempo. O pensamento é excitante, mas um tanto assustador ao mesmo tempo; faz pensar: “o que vem a seguir?” The Sims 5 está chegando, então suponho que veremos em breve…

Até hoje, The Sims ainda está firme no coração dos gamers, mas foi expandido imensamente. Há um potencial infinito para The Sims como uma franquia, é apenas um caso de onde a Electronic Arts quer levá-lo a seguir.

The Sims 1

Paulo “Doido” Fabris

The sims 1 | consoles, eletronic arts, ios, maxis, playstation, simulação, the sims, the sims 2, the sims 3, the sims 4, the sims mobile | the sims 1: conheça o game que deu origem a um gênero | a6666026 imagem 2023 09 29 105204761 | análises
Gráficos
Jogabilidade
Música
Diversão

Ficha Técnica

Desenvolvedores: Maxis, Edge of Reality
Estúdios: Electronic Arts, Aspyr Media
Plataformas: MacOS, Microsoft Windows, Linux, PlayStation 2, Nintendo GameCube, Xbox, Nintendo DS, Mac OS Classic
Gêneros: Estratégia, Simulação

Prós:
– Divertido até os dias de hoje;
– Excelente trilha sonora;
– Jogo que deu inicio a um gênero;

Contras:
– Para os dias de jogo, os gráficos são muito ultrapassados;
– Encontrado apenas em mídia física;
– Não roda nativamente em sistemas operacionais modernos;

3.6

FAQ Rápido

Você ainda pode jogar The Sims 1?

The Sims original só foi lançado fisicamente. Isso levou os fãs a disponibilizar o jogo online, embora deva-se notar que essas versões ainda são legalmente duvidosas. Infelizmente, fazer o The Sims funcionar corretamente em sistemas Windows modernos não é nada fácil.

É possível jogar The Sims 1 no Windows 10?

Embora seja um jogo antigo e lançado apenas em CD físico, o The Sims 1 ainda pode ser encontrado digitalmente em sites de download de jogos, mas o game pode não funcionar corretamente nos sistemas modernos. No fórum da EA existe um tutorial de como funcionar que pode ser acessado aqui.

Os Sims podem ter bebês no Sims 1?

Os Sims só podem ter um bebê juntos se estiverem em um relacionamento romântico. Se seus Sims ainda não estiverem em um relacionamento, faça com que construam seu relacionamento usando várias ações em Conversar, Abraçar, Entreter, Paquerar e assim por diante.

The Sims 1 tem um final?

The Sims 1, tecnicamente, tem valor de rejogabilidade ilimitado, pois não há como realmente terminar o jogo e o jogador pode jogar indefinidamente criando novos sims ou jogando com os descendentes de seus sims originais.

Fale conosco nos comentários e diga oque achou dessa matéria e aproveite para ler mais notícias e matérias, como por exemplo, como nosso Review de The Sims 4, no nosso site.

Vivencie o final da saga de DRAGON BALL Z enquanto batalha no 28º Torneio Mundial de Artes Marciais
Sabe como o Unity e o Brasil estão se tornando o principal catalizador da criação de jogos no país
Quer desenvolver suas habilidades de criação de games? Então aprenda criar jogos jogando e transforme a profissão em diversão
Saiba mais sobre desenvolvimento de jogos com esse artigo de Blender para iniciantes