NotíciasHardwareTecnologia

Intel: Empresa adquire a Rivet Networks

A Intel anunciou que adquiriu a Rivet Networks e irá integrar o logo “Killer” da marca em seu portifólio de produtos wireless. Em adição a isso, a Intel também pretende licenciar um software coma logo Killer que irá aumentar o poder de qualquer hardware que leve o nome.

Confira também: DayZ: Aproveite o final de semana gratuito!

A Rivet Networks é a evolução do que era a Bigfoot Networks, que introduziu ao mercado o Killer NIC (network interface card) a uma década atrás. Enfim. agora, voltada para o público gamer, o Killer NIC é plugado diretamente a um slot PCI Express do computador para diminuir a sobrecarga de internet, com a promessa de que você terá um ping baixos para uma gameplay mais fluída.

Intel: Empresa adquire a Rivet Networks | d3a25857 msdpeunspkbf3bcpdxwp7e 650 80.jpg | Married Games Notícias, Hardware, Tecnologia | Intel

A Qualcomm entrou e adquiriu a Bigfoot Networks em 2011 e, alguns anos depois; um membro importante da equipe original da Bigfoot Networks retirou a Rivet Networks da Qualcomm, com a marca Killer.

Desde então, eles desenvolvem controladores de rede com a marca Killer, com e sem fio. Há vários anos, dissemos que as placas-mãe com adaptadores de rede Killer não valiam o dinheiro; porque todas as otimizações e drivers personalizados simplesmente não fizeram uma diferença tangível em nossos testes.

A Intel traz muito talento para a equação e, obviamente, possui recursos quase ilimitados (em comparação com o que a Rivet Networks teve que trabalhar antes da aquisição).

O que isso realmente leva continua a ser visto. Enquanto a Intel está mantendo alguns detalhes próximos ao colete; disse à Anandtech que todos na Rivet Networks aos quais foi oferecido um emprego na Intel após a aquisição aceitaram a oferta. A Intel também disse que está interessada em injetar DNA Killer em uma variedade de produtos de jogos para PC em escala. Então fique ligado.

Via: PCGamer

Lucas Votto
O autorLucas Votto
Redator
Estudante de Jogos Digitais e aspirante a programador. Viciado por jogos de LEGO e estratégia.

Deixe uma resposta