Pesquisar
Close this search box.

Melhores jogos de Dead or Alive: Saiba quais são os Top 10 da Franquia

Quer começar a jogar os jogos de Dead or Alive mas não sabe por onde começar? Veja quais são os 10 melhores jogos da franquia

Os jogos de Dead or Alive, da Team Ninja (site oficial) e Koei Tecmo (site oficial), são um assunto um tanto controverso. Embora seja uma investida ousada e reconhecida entre os gamers que são aficionados em um fighting game, ela tem um “detalhe” que faz com que alguns prefiram esconder esse game em sua biblioteca: O excesso de sensualizarão das personagens femininas do jogo. Alguns veem um problema, enquanto outros já são mais tranquilos quanto a isso.

(Particularmente, não vejo problemas em lutas de biquíni de personagens como Kasumi ou Mai Shiranui, mas para algumas personagens, como Marie Rose, parece um pouco problemático, mesmo sabendo que ela é oficialmente maior de idade.)

Contudo, esse não é o debate aqui. E sim falar sobre seus vários jogos, especialmente porque esta é uma marca que existe desde 1996 e produziu seis jogos principais, inúmeras versões atualizadas de títulos lançados anteriormente, recebeu alguns crossovers com King of Fighters e Virtua Fighter, e até mesmo uma série spin-off relativamente bem-sucedida.

Como Dead or Alive poderia ser subestimado? Então, vamos falar os melhores 10 jogos da franquia e, se você ficar com dúvidas ou discordar de algum ponto, é só deixar aí nos comentários.

Os Top 10 Jogos de Dead or Alive

O fato é que Dead or Alive é um jogo de nicho, apesar de ostentar uma mecânica de combate acessível que foi esplendidamente ajustada nas últimas duas décadas, a licença do Team Ninja acumulou uma base de fãs dedicada, mas um game de Dead or Alive nunca terá o mesmo nível de hype de um novo Mortal Kombat ou Street Fighter. Apesar de merecer.

Então, se você quer conhecer a franquia, saber por onde começar a jogar, vamos numerar aqui os dez melhores jogos de Dead or Alive para você descobrir! Como regra, limitaremos cada jogo a apenas uma edição, então não haverá três versões de Dead or Alive 5 pela lista.

CURTIU? QUER MAIS CONTEÚDOS COMO ESSE? DEIXE SEU NOME E EMAIL E RECEBA MAIS MATÉRIAS COMO ESSA

Dead or Alive Xtreme 3

Hora de esclarecer: Dead or Alive lançou, na real, apenas 10 jogos. Deixando de lado um jogo online de curta duração e alguns títulos para celular, a franquia seguiu a rota Street Fighter de preencher seu cronograma de lançamento apenas relançando versões ligeiramente melhoradas de Dead or Alive 5 e outras entradas numeradas.

Dependendo da plataforma escolhida pelo jogador, Dead or Alive Xtreme 3 vem com uma variedade de subtítulos. Independentemente de qual seja, Dead or Alive Xtreme 3 é consistentemente horrível.

O spin-off do Xtreme mostra o elenco da franquia se envolvendo em um pouco de vôlei de praia, mas o terceiro título carece de qualquer apelo bobo dos jogos anteriores. Claro, os personagens nunca pareceram tão bonitos, mas é improvável que a jogabilidade insípida mantenha alguém interessado, exceto os fãs mais leais.

Dead or Alive Xtreme 2

Dead or Alive Xtreme 2 demonstrou que o Team Ninja não estava particularmente preocupada em usar este spin-off para nada além de destacar os amplos recursos de sua lista.

Como uma coleção de minijogos, o Xtreme 2 recauchuta principalmente as mesmas etapas de seu antecessor. Ao contrário do anterior, esse não só deixa as personagens mais bonitas, mas retoma o que funcionou no primeiro jogo.

Embora não seja necessariamente horrível, a falta de melhorias perceptíveis na jogabilidade consolidou Xtreme 2 como um dos piores projetos ligados à marca DOA. Para ser justo, o Xtreme 2 implementou uma impressionante ‘física de seios’, o que pode ter sido suficiente para alguns fãs. Ei, não estamos julgando.

Dead Or Alive Xtreme Beach Volleyball

Um argumento convincente pode ser feito de que Xtreme 2 e 3 são desperdícios completos de tempo e dinheiro, aqueles que servem apenas para piorar a reputação de Dead or Alive como uma franquia mais interessada em “excitação” do que em jogabilidade.

Embora as sequências sejam muito ruins, Dead Or Alive Xtreme Beach Volleyball realmente funciona muito bem como um jogo casual de vôlei de praia com elementos leves de simulação social.

Xtreme Beach Volleyball está longe de ser uma obra-prima, alguns podem até questionar se é um bom jogo, mas o spin-off cumpre o que promete: Garotas bonitas, praia e… vôlei.

Bom, não estávamos esperando nenhum tipo de história épica com uma mega corporação maligna e ninjas procurando vingança ou justiça entre as meninas de bíquini, não é?

Dead or Alive (Versão do Sega Saturn)

Dead or Alive, de 1996, envelheceu bem, considerando todas as coisas. O remake do Xbox de 2004 é baseado no Sega Saturn e tende a ser considerado a versão definitiva, mesmo que haja muito pouco motivo para escolher o original em vez de qualquer um dos jogos subsequentes.

O enredo pode não ser tão importante em jogos de luta, mas Dead or Alive geralmente sempre se esforça para tentar estabelecer seus lutadores como personalidades que valem a pena procurar.

Infelizmente, o DOA é péssimo em criar uma narrativa convincente. Como qualquer mecânica decente em Dead or Alive – como o sistema de contra-ataque pedra-papel-tesoura – pode ser encontrada nas sequências, não faz sentido revisitar o original exceto que você queira realmente pegar a história desde o começo e sentir-se jogando os jogos na época que foram lançados.

Dead or Alive: Dimensions

Dead or Alive tem um histórico bem decente quando se trata de jogos portáteis, mesmo que Dimensions seja o único título feito exclusivamente para um console portátil. Lançado para o Nintendo 3DS em 2011, o Dimensions reúne elementos dos quatro primeiros jogos numerados para criar uma experiência agradável, embora um tanto confusa.

Apesar do hardware limitado do 3DS, a jogabilidade do Dimensions é surpreendentemente suave e eficaz, pelo menos quando não está jogando online. Como a maioria dos títulos de DOA, o modo de história é uma bagunça confusa mantida por cenas bem-feitas com uma jogabilidade muito divertida.

Dead or Alive 4

Quatro anos e uma geração de console depois, a sequência de Dead or Alive 3 foi lançada exclusivamente para o Xbox 360. Deixando de lado a melhoria gráfica natural, há muito pouco para separar Dead or Alive 4 de seu antecessor – o que não é necessariamente ruim. A maior mudança na jogabilidade foi mais um ajuste do que uma inovação completa.

O sistema de contra-ataque – indiscutivelmente a mecânica de destaque de Dead or Alive – foi reformulado para que o prazo para reverter os ataques fosse reduzido, fazendo com que as partidas se tornassem significativamente mais difíceis. Ter sido exclusivo do Xbox deixou alguns jogadores insatisfeitos, principalmente lembrando que as origens dele são no PlayStation.

Dead or Alive 6

Dead or Alive 6 é um jogo tão difícil de julgar. Puramente em termos de jogabilidade, o jogo de 2019 mostra a Team Ninja no topo do seu desempenho. Embora novas adições, como Fatal Rush, sejam projetadas para serem mais amigáveis para os recém-chegados, o combate continua tão desafiador como sempre. Dead or Alive 6 está entre os melhores jogos de luta do mercado.

Infelizmente, o resto é relativamente decepcionante. A campanha singleplayer é confusa e simplesmente chata, enquanto o componente online foi lançado com quase nenhum modo. Combinado com o sistema de personalização ridiculamente trapaceiro (que te dá tudo grátis, mas a dificuldade em conseguir é tanta que você irá preferir comprar), Dead or Alive 6 deu um passo à frente e dois passos para trás.

Dead or Alive 5 Last Round

Existem – sem brincadeira – quatro variantes diferentes de Dead or Alive 5, todas com seus próprios subtítulos. Todas as versões são muito boas, mas Last Round é justamente aclamado como a versão definitiva de Dead or Alive 5. Beneficiando-se do poder extra fornecido pelos consoles de oitava geração, Last Round tem uma ótima aparência e jogabilidade ainda melhor.

A taxa de quadros mais alta permitida pelo hardware se traduz em um combate suave que realmente permite que o jogo lançado pela Team Ninja brilhe. Last Round faz pouco para consertar a terrível campanha de Dead or Alive 5 e é melhor evitar a versão para PC, mas ainda há muito o que aproveitar neste jogo.

Dead or Alive 3

Dead or Alive 3 é simplesmente uma versão mais acessível de seu antecessor. Como tal, este jogo será considerado um dos melhores da série (se não o melhor) ou um retrocesso decepcionante que fez Dead or Alive estagnar e perder o ímpeto. De muitas maneiras, ambas as opiniões são verdadeiras.

Dead or Alive 3 é um pouco mais indulgente quando se trata de executar combos, fazendo com que a IA ofereça muito menos desafios. Embora isso possa desapontar os fãs hardcore, a sequência de 2001 é um lugar absolutamente fantástico para começar para aqueles que são novos no gênero de luta.

Dead or Alive 2 Ultimate

Lançado em 2004, Dead or Alive Ultimate vem com a edição de Sega Saturn do jogo original e um remake da sequência de 1999.

Este último está ao lado dos melhores jogos de luta de todos os tempos, afirmação que só é reforçada pelas melhorias implementadas para o remake.

Enquanto os gráficos estão no mesmo nível de Dead or Alive 3, o combate menos indulgente da segunda entrada é mantido. Combinado com a possibilidade de jogar online através do Xbox Live, Dead or Alive 2 Ultimate eleva um jogo já excelente a um nível totalmente diferente.

Menção Honrosa: Dead or Alive Xtreme Venus Vacation

Lançado para PC e não disponível na Steam do Brasil (até dá para jogar, mas precisa fazer algumas coisas para chegar ao game), o jogo é um game de simulação de vôlei e gacha que vem do spin off de vôlei da franquia. Aqui você tem até novas personagens que não aparecem no game de luta regular. Seu objetivo aqui é gerenciar um hotel e um festival para que as garotas se divirtam nele.

Você pode decorar quartos para tirar fotos, dar presentes para as meninas e elevar o nível de afeição com elas. A parte do gacha fica por conta de conseguir novas garotas para se hospedarem no seu hotel e conseguir novas peças de biquínis para elas usarem, sendo que eles tem seu nível de raridade e ajudam elas a jogarem vôlei melhor.

O vôlei é automático, você apenas assiste elas jogando e a partida é decidida pelos atributos das meninas combinados com os atributos dos biquínis que estão usando. E como não poderia deixar de ser, você pode gastar dinheiro real para melhorar as meninas e conseguir novos biquínis.

FAQ Rápido

Qual é o enredo de Dead or Alive 1?

Os melhores lutadores do mundo são convidados para o DOA, um concurso de artes marciais por convite. Lá, quatro lutadoras rivais terão que trabalhar juntas para descobrir o segredo que o organizador do torneio está tentando esconder.

O que há de diferente em Dead Or Alive Ultimate?

O modo de história de Dead or Alive Ultimate se desenrola como no original. No entanto, uma nova sequência de CG é adicionada explicando ainda mais o relacionamento e a história de Ayane, Kasumi e Hayate levando aos dois primeiros jogos Dead or Alive.

Qual é a diferença entre as versões de Dead or Alive 5?

Mudanças notáveis do Ultimate incluem dois personagens adicionais e uma atualização gráfica para a nova geração de consoles. Ao contrário do Dead or Alive 5 original, como uma atualização de download para PS3 e Xbox 360, o jogo pode converter as versões digitais de Ultimate ou Ultimate: Core Fighters em Last Round.

Você pode desbloquear tudo em Dead or Alive 6?

Essencialmente, se você quiser desbloquear tudo no jogo, precisará concluir todo o modo Story e todo o DOA Quest, ou jogar muitas partidas online (ou offline).

Fale conosco nos comentários e diga oque achou dessa matéria e aproveite para ler mais notícias e matérias, como por exemplo, sobre a História De Mortal Kombat, no nosso site.

Quer dar vida aos seus modelos 3D com texturas impressionantes? Continue lendo para aprender tudo sobre o processo de mapeamento UV do Blender!
Saiba mais sobre a espetacular memória RAM DELTA TUF RGB DDR5
Quer saber se vale a pena jogar a última obra de Akira Toryama? Então veja nossa analise de Sand Land
Conheça o robusto HD portátil SSD T-FORCE M200
Aprenda como enviar comandos aos personagens do seu jogo com o Signals no Godot
Saiba mais sobre os processos e mecanismos de Renderização no Blender