Como comprar TV em 2021? Tudo o que você precisa saber

Veja o que precisa saber quando for comprar sua TV nova

Saber como comprar TV é mais complexo do que nunca. Existem novas tecnologias, formatos e chavões que você precisa acompanhar. Além disso, os preços também estão em toda parte, à medida que empresas mais acessíveis tentam derrubar marcas como LG e Samsung.

-- Publicidade --

E se você está procurando uma TV especificamente para jogos, recursos diferentes são mais importantes. Então, vamos lhe mostrar tudo que você precisa saber para como comprar TV de uma forma mais inteligente!

Como comprar tv

Escolhendo um display: OLED, QLED e mais

Atualmente, existem duas tecnologias de display dominantes no mercado: LED-LCD (incluindo QLED) e OLED. Compreender as diferenças o ajudará a tomar a decisão certa de como comprar TV. Uma regra simples é combinar o tipo de tela com seus hábitos de visualização.

A maioria das TVs no mercado são painéis LCD iluminados por uma luz de fundo LED. Isso inclui as novas TVs mais baratas, de marcas como TCL e Hisense, até a linha NanoCell da LG e os conjuntos QLED de primeira linha da Samsung.

No entanto, nem todos os painéis iluminados por LED são iguais. Os painéis anunciados como QLED usam uma camada de pontos quânticos que melhora o alcance e a vibração das cores na tela. De todos os painéis LCD do mercado, os QLEDs são os melhores que existem.

Como comprar tv

A única desvantagem dos painéis que usam luzes LED tradicionais é que eles são retroiluminados. Isso significa que, para exibir uma imagem, um LED brilhante deve brilhar através das várias camadas que compõem o painel. Isso pode resultar em má reprodução do preto e possível vazamento de luz nas bordas da tela.

Os modelos de LED mais recentes (e melhores) usam escurecimento local de matriz completa (FALD) para escurecer áreas selecionadas da tela e melhorar a reprodução do preto. Isso ajuda os painéis LCD a ficarem muito mais próximos de um preto “verdadeiro”. Como as zonas de escurecimento podem ser bastante grandes, a tecnologia não é perfeita. Esse processo geralmente produz um efeito de “halo” em torno das bordas das zonas de escurecimento.

OLED é uma tecnologia completamente diferente da QLED. Esses painéis são auto-emissivos, o que significa que cada pixel produz sua própria luz. Não há filme LCD e nenhuma luz de fundo brilhando através da “pilha” de camadas que compõem a tela. Na verdade, uma pilha OLED é incrivelmente fina.

Isso significa que as telas OLED têm pretos “perfeitos” porque podem desligar os pixels completamente. O resultado é uma imagem impressionante com excelente contraste. Por outro lado, as telas OLED podem sofrer com o desempenho ruim de quase preto. Alguns modelos são propensos a “black crush”, em que os detalhes de sombras escuras são perdidos.

Os OLEDs também são suscetíveis a queima em certas condições. Então, fique atento quando for escolher como comprar TV.

Fizemos um posto muito interessante e completo sobre tipos de display para monitores. nele você entenderá quais as diferenças entre displays TN, VA e IPS e qual é o mais recomendado para você e seu uso diário. Confira:

Painel TN vs IPS vs VA: qual o melhor? Saiba tudo sobre

Se você quer saber como comprar TV com essa tecnologia, experimente e compre a Smart TV 55″ 4K OLED AI ThinQ, da LG, que atenderá todos os requisitos de sua jogatina, além de conseguir controlar sua Casa inteligente sem sair do sofá ou da cama.

A tecnologia OLED também pode ser um pouco mais cara do que as telas tradicionais iluminadas por LED porque é uma tecnologia mais recente com um custo de fabricação mais alto. Com isso em mente, os displays principais da LG, como o C9 e CX, normalmente se enquadram na mesma categoria dos monitores QLED da Samsung.

Mas também há um outlier: mini-LED. Esses painéis ainda usam a tecnologia LCD tradicional, mas com LEDs menores. Isso significa que eles podem chegar em muito mais zonas de escurecimento. O resultado é um efeito de halo muito menos perceptíveis e os mesmos tons pretos profundos que você pode ver em um OLED.

Embora as TVs MiniLED forneçam um ótimo equilíbrio entre preço e qualidade de imagem, elas são raras no momento. Então, as ignore quando for procurar como comprar TV. A TCL é atualmente a única empresa que vende modelos Mini-LED no mercado, principalmente americano, embora se espere que mais modelos da Samsung e outros venham em um futuro próximo.

Brilho e ângulos de visão

É importante combinar sua tecnologia de exibição com seu ambiente e hábitos de exibição. Como os aparelhos LCD (incluindo QLED) usam uma luz de fundo LED, eles podem ficar muito mais brilhantes do que os modelos OLED. Isso ocorre porque os OLEDs usam compostos orgânicos, cujo brilho é limitado devido à saída de calor.

Um conjunto QLED pode ficar duas vezes mais claro que um OLED, o que o torna perfeito para visualização em uma sala muito iluminada. Por outro lado, se você gosta de assistir a filmes no escuro ou principalmente à noite, os níveis superiores de preto de um OLED produzirão uma imagem melhor. Se você odeia pretos desbotados, OLED é o caminho certo.

Como comprar tv em 2021? Tudo o que você precisa saber | 28f3d505 brilho | married games dicas, tecnologia | lg, samsung, tecnologia, tv | como comprar tv

Os monitores OLED também têm ângulos de visão excelentes, o que os torna ideais para assistir em grupo. Embora possa ocorrer alguma mudança de cor ao assistir fora do eixo, a imagem não escurecerá substancialmente, mesmo em ângulos extremos. Isso torna o OLED uma ótima escolha se nem todos na sala estiverem de frente para a tela.

Diferentes modelos de LCD usam diferentes tipos de revestimentos e painéis na tentativa de contornar isso. Por exemplo, as NanoCells da LG usam painéis IPS, que têm ângulos de visão excelentes, mas taxas de contraste pobres. Um ótimo modelo compatível com essa tecnologia é a TV 55″ NanoCell 4K 55NANO85SPA, da LG, com frequência de 120Hz e HDMI 2.1. Ou seja, a opção perfeita para você que quer saber como comprar TV.

Preço
2021 Smart TV LG 55" 4K NanoCell 55NANO85 120Hz FreeSync 2 HDMI 2.1 Inteligência Artificial ThinQAI Google Alexa
  • 120Hz FreeSync2 HDMI 2.1 Inteligência Artificial ThinQGoogle Alexa
  • Google Assistente (Built in)
  • Amazon Alexa (Built in & Works With)
  • Airplay2 & Homekit (Works with)
  • Painel de Controle

Por outro lado, os painéis VA, como aqueles nos QLEDs da Samsung, sofrem de ângulos de visão fora do eixo pobres, mas têm as melhores taxas de contraste e reprodução de cores.

Se você tem uma família numerosa ou gosta de receber amigos para assistir esportes ou filmes, certifique-se de considerar os ângulos de visão e a luz ambiente da sala antes de escolher como comprar TV.

Confira também:

Painel TN vs IPS vs VA: qual o melhor? Saiba tudo sobre

Alta Faixa Dinâmica (HDR): o futuro do vídeo

High Dynamic Range (HDR) é um salto a frente na tecnologia de exibição em como comprar TV. A faixa dinâmica é o espectro visível entre os pretos mais escuros e as luzes mais claras e geralmente é medida em pontos. Enquanto uma TV de faixa dinâmica padrão tradicional (SDR) tem um alcance de cerca de seis pontos, as telas HDR mais recentes podem exceder 20.

Isso significa que você obtém mais detalhes nas sombras e realces, o que torna a imagem mais rica. HDR também incorpora uma gama de cores mais ampla e brilho de pico muito mais alto. Você verá mais tons de cores, o que resulta em menos “faixas” ou agrupamento de cores semelhantes. Você também verá flashes de brilho de objetos como o sol, o que cria uma apresentação mais realista.

Como comprar tv

HDR é um grande negócio, pois a maioria dos novos filmes e conteúdos da TV estão aproveitando isso. Os consoles de jogos da próxima geração (como o Xbox Series X e S e o PlayStation 5) também dão grande ênfase ao HDR, embora os sistemas de última geração o utilizem há anos. Se você assiste muitos filmes ou joga, você vai querer um bom suporte HDR.

Confira também:

TV Para Jogos Em 2021: Tudo O Que Você Precisa Saber

Primeiro, antes de saber como comprar TV, ajuda a entender as diferenças entre os principais formatos de HDR. Abaixo estão os recursos mais importantes a serem observados:

  • HDR10: Este é HDR básico e padronizado. Quase todas as TVs do mercado o suportam. Se você comprar um filme com um adesivo “High Dynamic Range” na caixa, é quase certo que inclui suporte HDR10.
  • Dolby Vision: uma implementação HDR superior, que usa metadados dinâmicos para ajudar a TV na produção da imagem HDR mais precisa quadro a quadro.
  • HDR10 +: uma evolução aberta do HDR10, também inclui metadados dinâmicos. Este formato é encontrado principalmente em TVs Samsung.
  • Hybrid Log-Gamma (HLG):  Esta é uma implementação de transmissão de HDR que permite que os monitores SDR e HDR usem a mesma fonte. Dados adicionais são fornecidos para monitores compatíveis com HDR, para que eles recebam uma imagem melhor.

Com exceção do HDR10 (a implementação HDR “padrão”), o Dolby Vision tem um suporte muito melhor do que o HDR10 +. Os serviços de streaming, como o Netflix, usam-no para quase todos os novos conteúdos, e a Microsoft também se comprometeu a trazer o Dolby Vision para jogos no Xbox Series X e S em 2021. Para saber mais, confira nosso artigo sobre o que é Dolby Vision para jogos.

Resolução

Como as TVs 4K e o suporte a HDR estão tendo uma adoção generalizada, a maioria das pessoas finalmente tem um bom motivo para atualizar. Então, por que os fabricantes já estão tentando fazer com que você compre um conjunto de 8K?

É verdade que alguns aparelhos 8K – como os QLEDs de última geração da Samsung – não são tão caros agora. Infelizmente, 8K ainda não vale o investimento. Para alguns, 8K nunca valerá a pena porque o salto percebido na qualidade da imagem é insignificante, na melhor das hipóteses.

O salto da definição padrão para HD foi enorme em termos de qualidade de imagem, mas de HD para 4K, as coisas começaram a ficar um pouco mais turvas. Você precisa estar a certa distância da TV para ver os benefícios do 4K, mas não há como negar que a imagem é mais nítida e detalhada.

Então, que tal de 4K a 8K? Como você deve ter adivinhado, este é um jogo de rendimentos decrescentes. Embora a diferença seja visível quando você se aproxima muito mais do que seria considerado uma distância de visualização razoável, no geral, você provavelmente não ficará impressionado.

Como comprar tv em 2021? Tudo o que você precisa saber | fd871cb3 resolucao | married games dicas, tecnologia | lg, samsung, tecnologia, tv | como comprar tv

Depois, há a questão do conteúdo. Embora uma tela de 8K faça um bom trabalho de upscaling de conteúdo da 4K, encontrar conteúdo nativo de 8K é virtualmente impossível no momento. O YouTube oferece suporte, mas não há como filtrar os resultados da pesquisa para ele. Alguns serviços de streaming ainda nem oferecem conteúdo em 4K, e muitas transmissões a cabo ainda estão em definição padrão.

A Netflix recomenda uma velocidade de Internet de 25 Mbps para transmitir conteúdo em 4K, que já está fortemente compactado. Por essa lógica, você precisaria de pelo menos 50 Mbps para conteúdo de 8K, o que também usaria muito mais largura de banda do que 4K.

Um dia, 8K valerá a pena porque será o padrão, assim como o 4K é agora. Haverá motivos melhores para atualizar como comprar TV quando esse momento chegar. Não vamos esquecer como a implementação pobre de HDR afetou as primeiras TVs 4K quando elas foram lançadas. Tivemos apenas algumas gerações de TVs 4K verdadeiramente excelentes, proporcionando uma experiência de visualização notavelmente superior em relação aos nossos antigos aparelhos HD.

Características extravagantes: preste atenção aos detalhes

Você pode comprar uma ótima TV por cerca de R$1500, mas gastar R$3000 não significa necessariamente que você terá uma TV com uma aparência visivelmente melhor. Você pode até gastar mais dinheiro e comprar uma TV que de alguma forma parece pior.

Isso ocorre porque as TVs podem diferir bastante em termos de recursos adicionais. Para evitar gastar dinheiro com recursos que você talvez nunca use, vale a pena reservar um tempo e se familiarizar com alguns deles.

O processador de imagem em sua TV pode afetar enormemente a qualidade da imagem. Um bom processador de imagem pode pegar um vídeo turvo de 720p e torná-lo apresentável em uma tela 4K. Um processador de imagem ruim, porém, pode lidar muito mal com o conteúdo cinematográfico 24p e apresentar uma trepidação ou trepidação que distrai. Os aparelhos baratos podem ter um desempenho ruim nesta área, mas marcas premium, como a Sony, lidam bem com isso em seus aparelhos mais sofisticados.

Algumas marcas vão ainda mais longe com recursos como inserção de quadro preto (BFI), que literalmente insere quadros pretos em intervalos definidos para tornar o movimento mais suave. Isso pode ser importante para os cinéfilos, mas não é algo que você deva priorizar se quiser apenas uma TV para assistir ao noticiário.

Como comprar tv em 2021? Tudo o que você precisa saber | 206f2822 hdmi | married games dicas, tecnologia | lg, samsung, tecnologia, tv | como comprar tv

A conectividade é outra área que pode ser valiosa. A maioria das TVs inclui portas HDMI 2.0, mas o novo padrão 2.1 está sendo implementado lentamente. A menos que você queira as mais altas resoluções e taxas de quadro (120 Hz) no PS5, Xbox Series ou em um PC de última geração, você não precisa de HDMI 2.1.

Atualmente, um dos melhores modelos com essa entrada e tecnologia é a Smart TV 55″ 4K, da Samsung, que, além de ser enorme, conta com a tecnologia de imagem de última geração da empresa, a Crystal UHD, que tornará sua experiência em como comprar TV excepcional.

Uma tela de alta taxa de atualização permite que você visualize o conteúdo em até 120 Hz – o dobro da maioria das TVs no mercado. No entanto, a menos que a fonte (como um novo console ou placa de vídeo) esteja fornecendo uma imagem dessa qualidade, você não precisa de um display de 120Hz.

Recursos de jogos como FreeSync e G-Sync tornam os jogos uma experiência mais agradável. Eles suavizam as quedas no rácio de fotogramas, mas não são necessários para a maioria das pessoas. A menos que você saiba que precisa do recurso porque seu hardware é compatível com ele, você pode descontá-lo e economizar algum dinheiro.

Os consoles mais recentes da Sony e da Microsoft usam HDMI VRR, portanto, não precisam necessariamente desses recursos.

Como comprar tv em 2021? Tudo o que você precisa saber | 93c6ad04 frame | married games dicas, tecnologia | lg, samsung, tecnologia, tv | como comprar tv

Uma área que parece ter melhorado de maneira geral nas TVs mais recentes é o software. Embora uma que você comprou há uma década provavelmente tenha uma interface lenta ou desajeitada, as novas smart TVs costumam usar sistemas operacionais modernos, como Android TV, LG WebOS, Samsung Tizen ou TCL Roku.

Você pode experimentar a interface antes de comprar uma TV, apenas para ter certeza de que gosta do sistema operacional que usará nos próximos anos.

Som ruim: o problema com áudio

As TVs modernas geralmente enfatizam o formato acima de quase tudo mais. É assim que conseguimos engastes ultrafinos, telas OLED finas e montagem embutida na parede. O efeito colateral disso é que a maioria das TVs vem com alto-falantes de baixa qualidade e abaixo da média, que não preenchem uma sala com um bom áudio.

Há exceções: os OLEDs da Sony usam a tela de vidro como uma espécie de alto-falante e alguns modelos TCL incluem soundbars embutidas. No entanto, a maioria – especialmente aqueles com orçamento limitado – provavelmente ficará desapontada quando se trata de som.

Como comprar tv em 2021? Tudo o que você precisa saber | ffff012d soundbar | married games dicas, tecnologia | lg, samsung, tecnologia, tv | como comprar tv

Para melhorar sua experiência, convém deixar espaço em seu orçamento para algum hardware de áudio também. Você não precisa necessariamente quebrar o banco em uma barra de som Sonos Arc, a menos que queira uma experiência imersiva e de sacudir o ambiente com um pequen objeto na sua unidade de entretenimento, seja na sala ou no quarto.

Para uma melhor experiência com sua TV, recomendamos que compre uma soundbar de qualidade. A Soundbar JBL SB160 conta com 220 watts de potência, é sem fio, vem com Dolby Digital, conexões ótica de HDMI ARC, quatro poderosos drivers full-range e um subwoofer sem fio, e com certeza melhorará (muito) o som que você ouvirá no ambiente que sua TV está.

As barras de som são projetadas para fornecer áudio melhor do que a TV a um preço que não fará você estremecer. Muitos suportam os padrões mais recentes, como eARC e Dolby Atmos, mas esses são secundários à função principal: compensar o terrível áudio integrado predominante nas TVs atualmente.

Leia as críticas

Como acontece com qualquer produto eletrônico moderno, revisores independentes detêm a chave para tomar uma decisão informada. RTINGS é um dos melhores recursos para saber como comprar TV. Um amplo critério de teste é usado em todas as TVs analisadas, o que fornece uma visão geral objetiva dos pontos fortes e fracos.

Basta aplicar suas descobertas à sua situação, sua sala de estar e seus hábitos de visualização. Não existe uma TV única perfeita para todos. Apenas certifique-se de evitar os erros habituais que as pessoas cometem ao procurar como comprar TV.

Relacionado

Avatar of denner perazzo

Jornalista, 26 anos. Apaixonado pelo que faço e sobre o que escrevo.