Wild Rift: tudo o que você precisa saber sobre

Faltando uma semana para o lançamento, o MOBA da Riot Games promete

O servidor das Américas de League of Legends Wild Rift, a versão do LoL para celulares, será lançado no Brasil na próxima segunda-feira, 29/03, e promete ser uma revolução no mercado de MOBAs para dispositivos móveis. Isso porque encontraremos tudo o universo do League of Legends na palma das nossas mãos, com diversas personalidades emblemáticas, aventuras divertidas e jogabilidade estratégica.

League of Legends Wild Rift é a versão mobile do LoL, jogada em um mapa menor em comparação com o de Summoner’s Rift. Como outros MOBAs, o jogo é uma batalha 5v5, onde seu objetivo é derrubar o Nexus do outro time, localizado no coração da base diretamente oposta à sua.

Wild rift
League of legends: wild rift chega em breve (imagem via riot games)

Em 2019, durante as celebrações do décimo aniversário da Riot Games, League of Legends Wild Rift foi finalmente anunciado entre uma série de outros jogos. O teste alfa durou um mês, em junho de 2020 no Brasil, e agora o teste beta aberto estará ativo na nossa região.

Veja tudo o que rolou na versão alfa do jogo: Wild Rift Chegará Em Alfa Regional No Brasil

ENTENDENDO O JOGO

Assim como outros MOBAs para celular, a equipe da esquerda é a equipe azul, enquanto a equipe da direita é vermelha. Todas as partidas são espelhadas devido aos controles na tela do seu smartphone, onde o botão de movimento está à esquerda e as habilidades estão à direita.

Wild Rift tem três lanes: o topo, o meio e o bot. Entre as lanes está a selva, que contém monstros épicos ou minions. Assim sendo, os campeões se encaixam em diferentes funções no jogo em locais designados no mapa.

Ao todo, já foram lançados 49 campeões, totalmente baseados em sua versão do League of Legends. Embora algumas mudanças tenham sido feitas, como skins exclusivas, seus nomes e habilidades não foram alterados.

Wild rift
Wild rift: novo moba da riot games (imagem via riot games)

Como League of Legends Wild Rift é totalmente baseado no jogo para PC, os jogadores acharão muito fácil aprender, porém não custa nada procurar dicas Wild Rift. E, no entanto, existem algumas diferenças importantes que você precisa observar.

OS CAMPEÕES E POSIÇÕES

A maioria dos campeões são idênticos, mas com pequenas diferenças. Em vídeos de desenvolvimento da Riot, lançados há meses, eles destacaram que a maioria dos campeões jogarão e se comportarão idênticos à sua versão para PC.

Como há cinco posições no jogo, você pode escolher uma das cinco funções exclusivas para jogar. O top geralmente inclui um lutador corpo a corpo. O meio é a lane mais curta do mapa, onde jogam os magos e assassinos. A bot lane consiste em um atirador de longo alcance e um suporte. Os atiradores são os maiores causadores de danos do jogo, mas também os mais vulneráveis, portanto, ter um apoio ao seu lado é essencial.

RUNAS E FEITIÇOS DOS INVOCADORES

O sistema runa foi adotado de League of Legends e funciona como uma página personalizada que oferece atributos aprimorados e personalizados, sendo divididas em primárias, as mais fortes, e secundárias, que oferecem estatísticas menores.

As runas são definidas fora dos jogos ou durante a seleção do campeão, a fase em que ambas as equipes passam o tempo escolhendo suas seleções individuais e planejando seu draft antes de entrar no jogo. O segundo recurso de personalização são os Feitiços dos Invocadores. Cada jogador pode escolher dois em cada jogo, cada um trazendo um utilitário exclusivo com ele. O feitiço mais comum é o Flash, que teletransporta seu campeão por uma curta distância na direção desejada

ITENS E ATRIBUTOS

No LoLzinho, você só pode comprar itens quando estiver na base e League of Legends Wild Rift não é diferente. A fonte é uma área na borda de seu mapa, dentro de sua base, atrás do Nexus, onde você renasce e retorna. Aqui, você regenera saúde e mana e compra itens.

A maioria dos itens em League of Legends Wild Rift são os mesmos do LoL, com exceção de alguns itens únicos e exclusivos. Bruisers e atiradores normalmente vão para AD, onde compram dano de ataque para aumentar seu poder ofensivo. Atiradores também se beneficiam de chance crítica, velocidade de ataque e vida útil.

Magos adoram poder de habilidade, ou AP. Esses itens aumentam o dano mágico causado, e muitos incluem regeneração de mana, mana ou cooldown, que aumentam ainda mais sua eficácia. Contra fortes composições de equipes de AD, os tanques optam por armadura e saúde. Contra uma equipe mais baseada em AP, a resistência mágica será sua melhor amiga. Há várias outras mecânicas, mas, assim como todo jogo, você aprenderá e entenderá jogando.

DICAS WILD RIFT

Assim como o LoL, em League of Legends Wild Rift também temos uma tier list, ou seja, os melhores e mais fortes campeões para jogar atualmente. Se liga:

  • Jungle: Master Yi, Amumu, Lee Sin, Xin Zhao e Evelynn
  • ADC: Jinx, Ashe, Jhin, Miss Fortune e Ezreal.
  • Assassinos: Zed, Master Yi, Akali, Evelynn, Fizz e Ahri.
  • Lutadores: Camille, Fiora, Garen, Jax e Tryndamere.
  • Magos: Ahri, Annie, Aurelion Sol, Lux e Orianna.
  • Suportes: Blitzcrank, Seraphine, Alistar, Sona e Braum
  • Tank: Blitzcrank, Garen, Amumu, Nasus e Malphite

Outra dica é sobre os controles. Para muitos players, o universo do MOBA será novo, então lhes faltará costume e conhecimento sobre os controles e modo de jogo no Wild Rift. Confira dicas Wild Rift sobre o tema no vídeo:

Para aprender melhor o jogo e conhecer os campeões pouco a pouco, sempre há o modo mais fácil e uma das melhores dicas Wild Rift para você é sobre os campeões. O jogo parece simples visto de fora, mas você perceberá que nada é tão fácil quanto parece quando você entra em uma partida. Muitos objetivos diferentes estão espalhados pelo mapa, e cada campeão terá tarefas específicas de função para cumprir.

Observar guias e outras pessoas será sua melhor fonte de informação para se aprimorar em League of Legends Wild Rift, mas esse conhecimento não significará nada se você não puder colocá-lo em prática. Escolher um campeão simples que seja adequado para iniciantes permitirá que você observe melhor o que está acontecendo ao seu redor, pois você não estará lidando com mecânicas complicadas.

Campeões ​​para iniciantes não são necessariamente fracos. Na verdade, muitos deles são alguns dos personagens mais poderosos do jogo. A diferença que os torna fáceis de jogar são seus kits de habilidade. Dicas Wild Rift: tente se concentrar nos objetivos da sua função enquanto joga com os campeões a seguir e observe o que está ao seu redor tanto quanto possível. Segue a lista:

  • Top: Dr. Mundo e Garen
  • Jungle: Amumu e Master Yi
  • Mid: Annie e Lux
  • ADC: Ashe e Miss Fortune
  • Suporte: Alistar e Janna

O jogo é divertido. Você pode jogar em qualquer lugar, as partidas são curtas e frenéticas e a jogabilidade é bem adaptada para dispositivos touchscreen. Porém, como todo jogo do gênero, leva a bateria embora muito rápido. Então, uma das melhores dicas Wild Rift é sempre levar o carregador do seu dispositivo com você, caso pensa em jogar League of Legends Wild Rift em algum lugar.

Para League of Legends Wild Rift rodar liso e sem engasgar, há requerimentos mínimos de sistema. Porém, não se preocupe, porque tanto para Android, quanto para iOs, os requerimentos são baixos e o jogo deve ser capaz de rodar na maioria dos dispositivos ao redor do mundo.

Android:

  • Sistema operacional: Android 4.4 e superior
  • Memória: 1,5 GB de RAM
  • CPU: quad-core de 1,5 GHz (32 ou 64 bits)
  • GPU: PowerVR GT7600

iOS:

  • Sistema operacional: iOS 9 e superior
  • Memória: 2 GB de RAM
  • CPU: 1,8 GHz dual-core (Apple A9)
  • GPU: PowerVR GT7600

LEAGUE OF LEGENDS WILD RIFT VEIO PARA FICAR

Apesar de ser um jogo relativamente novo no universo MOBA para dispositivos móveis, os fãs brasileiros já estão empolgados em acompanhar o cenário profissional de Wild Rift. Algumas organizações já manifestaram interesse e até anunciaram a criação de uma equipe para torneios futuros.

Vários países já desfrutam do jogo, sendo o Brasil um dos últimos que recebeu a versão aberta. O pré registro já está disponível para Google Play e Galaxy Store no site oficial do jogo da Riot Games. No dia 29/03, o download ficou disponível, tanto para iOS quanto Android. O lançamento oficial ocorrerá até junho desse ano.

Para ajudá-lo em sua jornada, aqui está uma cola com termos essenciais e servirão como dicas Wild Rift. Guarde bem esses nomes, porque com certeza você ouvirá nos jogos:

  • Campeões (não heróis): Personagens para você selecionar e usar no jogo
  • Seleção do campeão: a fase antes do início do jogo, em que os jogadores têm um tempo fixo para selecionar o campeão desejado
  • Feitiços de invocador: dois feitiços que fornecem utilidade extra
  • Smite: usado por caçadores da selva para causar dano real a monstros, lacaios e objetivos, como Dragão e Barão
  • Flash: teleporta você em uma curta distância, usado para engajar ou escapar
  • Runas: páginas personalizadas que permitem selecionar estatísticas aprimoradas para o seu campeão
  • Bruisers ou lutadores: campeões corpo a corpo que constroem danos e defesas
  • AD ou ADC: atirador de longo alcance
  • Habilidades: Magias que cada campeão possui
  • Itens: os itens fornecem estatísticas adicionadas aos campeões, que os ajudam ao longo do jogo
  • Poder de habilidade (AP): Atributo que aumenta com o dano mágico
  • Dano de ataque (AD): Atributo que aumenta com o dano físico
  • Nexus: o cristal na base de cada equipe que determina o vencedor da partida
  • Fonte: onde os campeões surgem, regeneram de HP / MP e compram itens
  • Torres: torres que se alinham em cada lane que defendem sua base
  • Lane: a rota designada em que um campeão joga
  • Rotações: quando os campeões se movem pelo mapa
  • Dragão: objetivo principal ao longo do rio no bot
  • Baron: Objetivo principal do meio para o final do jogo ao longo do rio no top
  • Trinket: quando colocado, dá visão em torno de uma determinada área por um período de tempo limitado
  • Controle de visão: quão bem as equipes controlam a visão em torno de uma área no mapa

Avatar of denner perazzo

Jornalista, 26 anos. Apaixonado pelo que faço e sobre o que escrevo.

Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.
Este site utiliza cookies, conforme explicado em nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com as condições.