Pesquisar
Close this search box.

#FucktheWar: Estúdios de games se manifestaram sobre o conflito Rússia X Ucrânia

Estúdios de games se manifestaram sobre o conflito na Ucrânia e Rússia

Guerras sempre foram um tema muito recorrente em jogos. Vilões que querem dominar o mundo e comandam exércitos, destroem cidades e acabam com milhares de vidas é algo que estamos acostumados ver em nossos games e, exceto por um ou outro personagem por quem criamos afeição, nada daquilo nos afeta. Mas, na vida real, o tema é muito diferente. E, quando uma guerra começa, até mesmo os estúdios que trabalham com jogos não podem ficar impassíveis a isso. Vários estúdios de games se manifestaram nas redes sociais em relação a recente disputa entre Rússia x Ucrânia.

O estúdio Stalker GSC Game World divulgou uma declaração nas redes sociais denunciando a “crueldade desumana” da invasão russa a Ucrânia, onde está sediada, e pediu apoio mundial às forças armadas do país. “Nosso país acordou com os sons de explosões e tiros de armas, mas está pronto para defender sua liberdade e independência, pois continua forte e pronto para tudo”, escreveu. “O futuro é desconhecido, mas esperamos o melhor, estamos sempre certos de nossas forças armadas e nossa crença na Ucrânia.”

Mais estúdios de games se manifestaram sobre o conflito

Desde então, enquanto as forças russas continuam a invadir a Ucrânia, outros estúdios compartilharam seu apoio ao país. A Frogwares, também sediada na capital ucraniana de Kiev, twittou: “Não podemos ficar parados. A Rússia ataca nossa pátria e nega a soberania da Ucrânia. Estamos tentando nos manter seguros, mas isso é guerra, não há duas maneiras. Apelamos a todos para que forcem Putin a se retirar de nossas terras.”

“Somos uma nação pacífica e, em todos os anos desde que conquistamos nossa independência, nunca atacamos ou ameaçamos ninguém. Por causa dessa situação, nosso trabalho será impactado e nossas vidas poderão ser destruídas.”

O desenvolvedor do jogo de construção de cidades Ostriv compartilhou pensamentos um pouco mais aguçados: “Acordei hoje às 5 da manhã com os sons dos bombardeios russos. Esses malditos ‘pacificadores’”, escreveu o estúdio, referindo-se à linguagem que o presidente russo Vladimir Putin usou quando ele ordenou forças em partes do leste da Ucrânia na terça-feira.

Estúdios de games se manifestaram
Tuíte da Vostok Games

O estúdio de Survarium Vostok Games, outro desenvolvedor com sede em Kiev, postou uma imagem da bandeira ucraniana e a hashtag #StandWithUkraine.

“Do jeito que as coisas estão, estamos seguros”, twittou o estúdio. “Continuamos nosso trabalho remotamente por enquanto e reagiremos à situação, dependendo de como ela se desenvolver”.

Desenvolvedores e publishers de outras partes do mundo também estão se posicionando contra a agressão russa. A desenvolvedora polonesa 11 Bit Studios, criadora do aclamado jogo anti-guerra This War of Mine, prometeu doar todos os lucros das vendas do jogo na próxima semana, em todas as lojas e plataformas, para a Cruz Vermelha Ucraniana.

“Hoje as forças militares russas atacaram o país livre da Ucrânia – nossos vizinhos. Como um estúdio de jogos polonês e criadores do jogo anti-guerra mundialmente reconhecido This War of Mine – um que fala diretamente sobre o sofrimento e a miséria de civis que são afetados por uma guerra – gostaríamos de anunciar nossa declaração da empresa: Somos contra a invasão russa da Ucrânia”, escreveu o 11 Bit Studios, usando a hashtag #FuckTheWar.

Estúdios de games se manifestaram | 11 bit studios, frogwares, guerra, love in space, rússia, stalker gsc game world, ubisoft kiev, ucrânia | #fuckthewar: estúdios de games se manifestaram sobre o conflito rússia x ucrânia | e00a189b 11 bit | notícias
Tuíte do 11 Bit Studios

“Deixe esta mensagem ressoar com tudo o que você sabe sobre esta guerra e como a guerra mata pessoas, devasta suas vidas e lares. Vamos – jogadores e desenvolvedores juntos – fazer tudo o que pudermos para apoiar as vítimas da guerra na Ucrânia.”

Juntamente com a mensagem pública, o CEO da 11 Bit, Przemyslaw Marszal, enviou uma súplica poderosa e pessoal aos funcionários do estúdio, que foi compartilhada no Twitter:

“Estou escrevendo para você em um momento de grande raiva e tristeza pessoal. A política russa decidiu invadir a Ucrânia. Um país invadiu outro. E civis, pessoas normais, sofrerão as consequências. Nós, como a equipe que criou a campanha antiguerra, Este War of Mine, como uma equipe composta por pessoas com empatia e boa vontade, não importa a nacionalidade, deve ajudar.”

A desenvolvedora norte-americana, Love in Space, com sede em San Diego, também manifestou seu apoio e preocupação com um de seus colaboradores, Dmytro:

“Nós da Love in Space estamos profundamente preocupados com o segurança do nosso artista 3D, Dmytro, que reside na agora zona de conflito de Poltava, Ucrânia. Nós fizemos em contato com Dmytro e perguntamos se poderíamos fazer qualquer coisa para ajudá-lo. Seu desejo é que nós simplesmente confiemos em sua mensagem:

‘Não queremos guerra. Cerca de 50% aqui falam russo e se sente-se livre. Queremos apenas que a Rússia deixe-nos em paz com todo o nosso país a bordo e com nossos problemas internos.’

Nós da Love in Space estamos com Dmytro e pedimos o fim imediato da guerra.”

Alex Nichiporchik, CEO da editora independente TinyBuild, disse que a empresa está tomando medidas para garantir o bem-estar de seus “membros da equipe e parceiros” na Ucrânia. TinyBuild é o acionista majoritário do desenvolvedor do Secret Neighbor Hologryph, com sede em Lviv.

“Temos uma equipe de líderes fortes coordenando os esforços para levar as pessoas à segurança. Logística, finanças, habitação”, tuitou Nichiporchik. “A melhor coisa a fazer é manter a cabeça fria, pensar pragmático e antecipar a situação. Ninguém fica para trás.”

Uma guerra real não é como nos jogos. Não é divertida e nem podemos recarregar um save e trazer de volta aqueles que se foram. Nós, da Married Games, esperamos que os responsáveis por isso, seja eles quem forem ou independente de quem está certo ou errado, tenham consciência e encerrem essa guerra o mais rápido possível antes que mais vidas sejam perdidas a toa. O mundo tem um inimigo em comum hoje em dia, uma pandemia que já dura mais de 2 anos, e precisamos estar juntos para vencê-la.

Deixe um comentário com a sua opinião sobre essa situação que acontece na Europa e aproveite para ler mais notícias no nosso site.

BioWare abraça suas raízes narrativas em um RPG single player; Assista uma emocionante sequência de gameplay estendida que prepara a história e os desafios
TEAMGROUP na Computex 2024 apresenta novos produtos com o lema: "Elevate Gaming . Empower AI"
Saiba se vale a pena jogar Fabledom
Quer dar vida aos seus modelos 3D com texturas impressionantes? Continue lendo para aprender tudo sobre o processo de mapeamento UV do Blender!
Saiba mais sobre a espetacular memória RAM DELTA TUF RGB DDR5