Vale a Pena jogar Final Fantasy XV em 2021? Descubra

A amizade entre esses quatro rapazes mudará o mundo. Para o bem ou para o mal? Ficará por sua conta decidir enquanto explora o mundo de Final Fantasy XV

Final Fantasy XV – Primeiramente, existem jogos de mundo aberto que te dão experiências incríveis de companheirismo e amizade. E o jogo faz isso com maestria nos transportando a uma realidade similar a nossa, porém com criaturas magicas de diferentes características e personalidades.

O titulo se passa em Eos, um mundo similar à Terra moderna, mas com algumas diferenças. Todas as nações desse mundo foram subjugadas e estão sob o domínio do Império de Niflheim, com a exceção do Reino de Lucis. Noctis Lucis Caelum, herdeiro do trono de Lucis, parte em uma jornada para retomar sua pátria e seu cristal mágico depois deles terem sido tomados por Niflheim nas vésperas de negociações de paz entre os dois países. Uma negociação de paz que será concretizada através de um casamento.

Mas vivenciamos a aventura de quatro amigos. Noctis, príncipe e futuro Rei de Insomnia (Personagem principal que acompanhamos durante todo o jogo) abençoado com poderes especiais a partir de um incidente em sua juventude, Gladiolus Amicitia, uma figura fraterna de Noctis e herdeiro de uma família nobre que tem protegido a realeza de Lucis por gerações, Ignis Scientia um pródigo estrategista militar, cozinheiro exímio  e amigo de infância de Noctis e Prompto Argentum amigo de Noctis desde o ensino médio e que quer salvar todos os momentos da viagem em registros fotográficos.

Final Fantasy XV e os andarilhos de Eos

Todos os personagens tem sua amizade testada durante toda a experiência e eles tentam aumentar seus laços durante todas as oportunidades que eles tem de se ajudarem a crescer como pessoas e personagens. Vamos explorar juntos que tipo de experiência a Square Enix entregou com o gigantesco mundo de Final Fantasy XV e se ele faz jus ao legado da franquia.

Stand by Me

O jogo começa com um flash forward, ou seja, uma visão do futuro, com um Noctis envelhecido, de barba com alguns fios brancos, em meio a um caos. Chamas, explosões e soldados correndo pelo cenário, gente gritando até que ele é resgatado por seu amigo Gladiolus Amicitia que o tira do meio da confusão. Eles encontram com Ignis Scientia, que fala para que eles devem ficar abaixados e se esconderem e, por último, aparece Prompto Argentum, também sem saber o que está acontecendo. Eles buscam cobertura e observam o ataque tentando proteger o rei Noctis até que acontece uma grande explosão e tudo se torna branco.

-- Publicidade --

Quando o jogo volta, é exibido uma bela visão do reino de Lucis, com os quatro jovens indo em direção a um carro preto possante, mas, antes deles chegarem, o rei de Lucis, Regis Lucis Caelum, um velho e responsável senhor que vem caminhando com dificuldade e apoiado em uma bengala. Noctis não está feliz em ter que voltar falar com o pai, mas eles têm uma conversa um pouco relutante e contida.

É visível que ambos querem se abraçar e dizer o quanto gostam um do outro, mas, por algum motivo, eles se mantêm apenas com meias palavras e gestos contidos.

Terminado o papo, Noctis e seu grupo agora vão em direção a costa para embarcar para Tenebrae, onde Noctis casará com a princesa Lunafreya. Só que, no meio do caminho, o carro falha e assumimos o controle de Noctis que, junto com os amigos, devem empurrar o carro ao som da bela canção Stand by Me, interpretada pela banda britânica Florence and The Machine. Ao som dessa bela música temos a introdução do jogo com uma visão da paisagem que a Square Enix construiu para os jogadores e, acreditem, se o jogo terminasse aí, visualmente ele seria um excelente título de Final Fantasy.

Mas, é claro… tem muito mais. Durante sua jornada, você irá acompanhar os quatro protagonistas pelo mundo e eles serão seus companheiros de combate.

  • Noctis é filho do Rei Regis e viaja com seus amigos íntimos, Gladiolus Amicitia, Ignis Scientia e Prompto Argentum. Ele parte de sua casa de Insomnia para Altissia para se casar com Lunafreya Nox Fleuret e solidificar uma união política. Ele é lançado em um conflito contra o Império Niflheim, e deve assumir seus deveres e se tornar um rei. Noctis trata seus amigos próximos como iguais e, inicialmente, luta para lidar com suas responsabilidades, olhando para seu pai como um modelo.

    Ele luta para articular seus sentimentos, com os quais prefere lidar sozinho. Ao longo da jornada, seus três companheiros notam sua melhora na confiança e como ele se tornou mais decidido.

    Noctis é o personagem principal do jogo. Ele pode equipar todas as armas, e as Esferas de Ascensão de Combate se concentram exclusivamente nele. Ele pode deformar o tempo e espaço lançando sua arma para se mover rapidamente pelo campo e causar danos aos inimigos com ataques de dobra. Ele pode invocar seu Armiger para aumentar muito sua velocidade e força. Sua habilidade de lazer é a pesca, o que permite ao jogador participar de um minijogo entre Lucis e Altissia.
  • Gladiolus Amicitia é companheiro do Príncipe Noctis e membro do grupo em Final Fantasy XV. A partir do patch 1.20, ele é um personagem do jogador comutável no jogo principal. Ele também é o personagem principal jogável em Final Fantasy XV: Episódio Gladiolus, seu próprio episódio DLC, e no Capítulo 13 Verso 2, um segmento adicionado ao Capítulo 13. Ele também pode ser enfrentado como um oponente em Final Fantasy XV: Comrades e como um parceiro de treinamento no jogo principal.

    Gladiolus é amigo de infância de Noctis e Ignis, o filho mais velho de Clarus Amicitia e irmão mais velho de Iris Amicitia. Como um membro da Guarda da Coroa (os membros da Casa Amicitia são os líderes tradicionais da Guarda da Coroa), Gladiolus atua como o escudeiro de Noctis, como seu pai tem sido para o Rei Regis. Ele conhece Noctis desde a infância e o considera um irmão.

    Gladiolus garante que a equipe não se desvie de seu objetivo e mantém Noctis em um alto padrão, garantindo que ele esteja no seu melhor e, às vezes, oferecendo conselhos brutalmente honestos e diretos. Ele tem muito orgulho de seu papel como escudeiro juramentado de Noctis e correrá para defendê-lo do perigo.

    Gladiolus empunha espadas grandes como seu braço principal e escudos como seu braço secundário. Como membro da de Noctis party, o jogador pode cooptar move-se com ele e emitir comandos dele. Quando controlado diretamente, ele pode usar a habilidade Glaive Art, realizando vários ataques especiais com base em seu medidor de “valor”. Ele tem mais HP e força.
  • Ignis Scientia, anteriormente conhecido como Ignis Stupeo Scientia, É um companheiro do Príncipe Noctis e um membro do partido em Final Fantasy XV. A partir do patch 1.20, ele é um personagem de jogador comutável. Ele também é o personagem principal jogável de seu próprio episódio DLC, e pode ser enfrentado como um oponente em Final Fantasy XV: Comrades. Seu nome foi originalmente dado como Ignis Stupeo Scientia, mas o nome do meio não é mais usado em suas biografias oficiais.

    Ignis é amigo íntimo de Noctis de infância e parte de sua comitiva real ao lado de Gladiolus e Prompto. Ele atua como um conselheiro da família real e um servo da Guarda da Coroa. Ele é o motorista e chef do grupo, assumindo o volante do carro do grupo, a menos que o jogador queira dirigir manualmente como Noctis. Ignis tem uma personalidade composta e séria e, embora seja calmo na maior parte do tempo, vai trocar gracejos com os outros e fazer trocadilhos ou piadas sarcásticas.

    Ele atua como o cérebro da party, é profundo em suas estratégias e não gosta de ambiguidades. Ignis se orgulha de suas habilidades culinárias e no volante confia apenas em si mesmo. Ignis empunha punhais e lanças na batalha. Quando não é controlado diretamente, o jogador pode cooptar movimentos com ele e emitir comandos, incluindo a habilidade de adicionar dano elemental à arma de Noctis. Quando controlado diretamente, Ignis se destaca em infundir seus próprios ataques de adaga com dano elemental.
  • Prompto Argentum é um companheiro do Príncipe Noctis e um membro do partido em Final Fantasy XV. A partir do patch 1.20, ele é um personagem de jogador comutável. Ele é o personagem do jogador no cenário DLC Episode Prompto. Ele também pode ser enfrentado como oponente em Final Fantasy XV: Comrades e durante o treinamento no acampamento.

    Prompto é o melhor amigo de Noctis do colégio que tira fotos e quer salvar as recordações de sua viagem. Prompto é o mais brincalhão dos quatro, sendo otimista e facilmente se apaixona por mulheres. Ele sofre de um complexo de inferioridade ao lado de Noctis, Ignis e Gladiolus, devido à sua falta de nobreza e sua falta de confiança. Ele tem muito respeito por eles como amigos, trocando brincadeiras com eles, muitas vezes sendo o mais falador. Prompto é bom com máquinas e as usa como armas.

    Prompto empunha armas de fogo e usa máquinas na batalha, tornando-o um personagem de ataque à distância. Como membro da de Noctis partido, o jogador pode cooptar move-se com ele e emitir comandos dele. Quando controlado pelo jogador, Prompto usa várias armas de longo alcance entre as quais ele pode alternar, permitindo ao jogador mirar muitas delas manualmente.
Gladiolus, noctus, propto e ignis
Gladiolus, Noctus, Prompto e Ignis

Requisitos Mínimos e Recomendados

Como um jogo de grande porte da Square Enix, Final Fantasy XV não é um game leve e exigirá uma máquina dedicada para rodar o jogo perfeitamente. Nos PCs, o jogo requer um processador e sistema operacional de 64 bits.

-- Publicidade --

Requisitos Mínimos:

Sistema OperacionalWindows 7 SP1/ Windows 8.1 / Windows 10 64-bit
ProcessadorIntel Core i5-2500(3.3GHz ou superior)/ AMD FX-6100 (3.3GHz ou superior)
Memória RAM8 GB de RAM
Placa de vídeoNVIDIA GeForce GTX 760 / NVIDIA GeForce GTX 1050 / AMD Radeon R9 280
DirectXVersão 11
Armazenamento100 GB de espaço disponível
Placa de somCompatível com DirectSound, Windows Sonic e com suporte a Dolby Atmos
Outras observaçõesO jogo roda a 720p em 30qps

Requisitos Recomendados:

Sistema OperacionalWindows 7 SP1/ Windows 8.1 / Windows 10 64-bit
ProcessadorIntel Core i7-3770(3.4GHz ou superior)/ AMD FX-8350(4.0 GHz ou superior)
Memória16 GB de RAM
Placa de vídeoNVIDIA GeForce GTX 1060 6 GB VRAM / Radeon RX 480
DirectXVersão 11
Armazenamento100 GB de espaço disponível
Placa de somCompatível com DirectSound, Windows Sonic e com suporte a Dolby Atmos
Outras observaçõesO jogo roda a 1080p 30qps

Lucis: Um mundo gigante a se explorar

Você parte em sua aventura como Noctis, o jovem príncipe de Lucis, que se aventura a encontrar sua noiva, Lunafreya, e realizar seu casamento político. Gladiolus, Ignis e Prompto, amigos de longa data de Noctis, o acompanham na viagem, e os três completam sua festa durante a maior parte do jogo. Você controla exclusivamente Noctis, mas raramente está sozinho em sua jornada, pois seus amigos o acompanham em quase todas as etapas do caminho.

A viagem é feita principalmente através de seu carro de luxo sofisticado, o Regalia, mas você faz muitas aventuras a pé ou nas costas de um chocobo antes do final da viagem. Você pode viajar pelo mundo com relativa liberdade, mas precisa visitar os pontos-chave no grande mapa de mundo aberto do jogo para fazer a história continuar.

Dirigir é, essencialmente, automático. Você seleciona seu destino e relaxa por alguns minutos enquanto Ignis o leva aonde você quer ir. Você pode dirigir o Regalia manualmente, mas como você não pode dirigir fora da estrada, a sensação de novidade termina rapidamente. Montar chocobo, felizmente, é uma experiência muito mais envolvente, então você pode desviar do caminho, correr e caçar tesouros com mais liberdade nas costas do pássaro gigante do que no seu carro.

Você também pode viajar rapidamente para as áreas que já visitou, mas esteja avisado que os tempos de carregamento são extremamente longos, então você pode facilmente esperar um minuto ou mais se optar por pular para o seu destino imediatamente. Dependendo da distância, é mais interessante ir dirigindo e ouvindo as conversas moles dos seus amigos.

Além da excelente trilha cantada no começo do jogo, FFXV possui uma incrível atenção aos detalhes que os fãs de séries de longa data irão apreciar. A trilha sonora do jogo é absolutamente estelar: tudo, desde as faixas do mundo aberto, aos temas de combate, e até mesmo a faixa da gaita do pit stop é uma alegria de ouvir. 

-- Publicidade --

Você pode usar o seu dinheiro suado para comprar trilhas sonoras de jogos anteriores de NPCs em todo o mundo para ouvir enquanto você dirige seu carro, o que torna a viagem muito divertida, apesar de quão simplificada e automatizada ela pode ser. Você pode até adquirir novas pinturas para seu carro e cores exclusivas para seus chocobos, para dar uma variada as suas muitas viagens.

Não é a roupa mais adequada para um mecânico
Não é a roupa mais adequada para um mecânico

O mundo de Final Fantasy XV, assim como de todos os Final Fantasy, está repleto de monstros, magia e relíquias, então vale sempre a pena investigar o mundo do jogo e ver o que você descobre. Os NPCs em cada posto avançado e cidade têm missões para você realizar, que o recompensam com uma boa quantidade de dinheiro e pontos de experiência.

Algumas dessas missões secundárias são missões de buscas bem genéricas, enquanto outras são missões de caça que o enviam para as profundezas da selva para lutar contra monstros únicos e poderosos. O sistema de caça a monstros de Final Fantasy XII retorna, oferecendo uma boa quantidade de monstros para perseguir enquanto explora o mundo.

O mundo de Final Fantasy XV é incrivelmente grande e cheio de variedades. Pois é possível realizar corridas de chocobo, caçadas de monstros, missões secundarias que podem te fazer realizar tarefas diversas (desde ir colher ingredientes para o guisado de um vendedor à caçar demônios para forjar armas lendárias) e também, mas não menos importante, pescar (PRA QUE PESCAR?). Todas essas atividades são tão orgânicas com o universo proposto do jogo que fazem com que você não perceba que está a horas correndo por ai para pegar cera para seu carro

O mundo muda continuamente à medida que o tempo passa, podendo afetar a experiência dos jogadores, como o ciclo de dia e noite que acontece naturalmente. O tempo afeta a aparência dos personagens; em tempos de chuva, os cabelos e roupas do grupo ficam com uma aparência úmida. O mundo do jogo é perfeito, e tem a intenção de que os jogadores sintam que todos os lugares estão ligados a ele. Os locais tem o objetivo de passar um ar de realidade.

-- Publicidade --

Um ponto fraco da trama é a segunda metade do jogo que sai do mundo aberto e fica muito linear. Depois de um certo ponto, você é levado para longe do cenário de mundo aberto e conduzido pelo jogo, com cenários de ação e cenas cinematográficas contando o resto da história. O único lado bom disso é que você tem a opção de retornar ao mundo aberto em algumas ocasiões, dando-lhe uma trégua dos ambientes claustrofóbicos do segundo ato.

A história, infelizmente, é a maior fraqueza de Final Fantasy XV; é uma mistura de grandes ideias e execução horrível. Personagens que são importantes ou úteis para Noctis e o grupo desaparecem sem nenhuma explicação satisfatória. Os principais eventos ocorrem fora da tela, então muitas vezes você fica coçando a cabeça para saber quando as coisas aconteceram e por quê.

Final fantasy xv
A Boy Band de Final Fantasy XV

As reviravoltas na trama parecem ter sido injetadas na história apenas pelo valor de choque. As motivações dos personagens são obscuras e pouco explicadas até muito tarde no jogo, então a narrativa parece que está sendo inventada conforme você se move de uma bola parada para outra.

É difícil expor essas falhas sem estragar nada, mas aqui está um exemplo desde o início do jogo. Cor Leonis é o chefe da Guarda Real e amigo do Rei Regis, pai de Noctis. Como um homem mais velho e veterano experiente, sua ajuda seria um grande benefício para o seu partido. Mas depois que Cor ajuda com uma missão relacionada à história no início, ele desaparece e não tem nenhuma presença na história, exceto por alguns diálogos que fazem referência a ele. Simplesmente, a história parece mal pensada, o que arruína muitas das reviravoltas na trama do jogo e arrasta toda a experiência.

Sistema de Combate

Apesar de sua simplicidade, o esquema de controle tem vários elementos em ação que tornam o combate mais complicado do que parece inicialmente. Os inimigos têm membros direcionáveis ​​que podem ser aleijados e atordoados, e cada um dos tipos de armas do jogo são projetados para explorar essas fraquezas.

-- Publicidade --

Adagas são ótimas para ficar atrás de um alvo, por exemplo, enquanto pistolas são fracas, mas se especializam em quebrar membros e extremidades. Além disso, os inimigos têm fraquezas exclusivas para cada tipo de arma, então você trocará e experimentar com armas um pouco.

Cada um dos membros do seu grupo possui ataques especiais exclusivos que podem ser usados ​​durante o combate. Conforme você luta, um medidor verde se enche e, quando cheio, pode ser usado para comandar um dos membros do seu grupo para realizar um ataque. O Gladiolus, por exemplo, realiza um ataque abrangente que pode atingir vários inimigos.

Prompto, por outro lado, tem um tiro penetrante que tem grande chance de quebrar o membro do inimigo. Conforme você sobe de nível, você desbloqueia novas habilidades para seu grupo usar, o que permite uma variedade mais ofensiva. Fiquei desapontado ao saber que não podia controlar os membros do meu grupo diretamente ou ditar sua IA, mas os ataques especiais têm aplicações sólidas que compensam isso. Você também é invencível durante um ataque especial, então pelo menos você pode usar essas técnicas como uma manobra evasiva de última hora.

A utilização da mágica do Final Fantasy XV difere daquelas encontradas nos jogos anteriores da série. Você encontra veias mágicas especiais ao redor do mundo, ou em masmorras, que você pode usar para desenhar magia. A magia coletada vem em variedades de fogo, gelo e relâmpago e pode ser canalizada em um feitiço combinando os elementos em várias proporções. Você também pode adicionar um catalisador ao feitiço para dar a ele um efeito adicional, como curar seu grupo ou envenenar seu alvo.

Casamento vai ser agitado
Casamento vai ser agitado

Ao contrário dos jogos mais antigos, no entanto, a magia é tratada como um item consumível: cada feitiço tem um número limitado de usos. Depois de usar o feitiço, você precisa criar mais para executá-lo novamente. Pense nisso como a criação de sua própria arma nuclear mágica.

-- Publicidade --

A magia também afeta negativamente o meio ambiente e seu próprio grupo, então você pode facilmente falhar e se devastar se for um tiro desleixado. Embora eu não seja um fã desse sistema mágico, gostei da sensação alquímica da criação de feitiços, e algumas das combinações que você fez são absurdamente poderosas. Conforme você avança e realiza missões paralelas, você também desbloqueia mais slots de feitiço, permitindo que você crie e armazene mais de um feitiço por vez.

Por último, warping/teleporte é uma habilidade exclusiva de Noctis que permite que ele se mova pelo campo rapidamente ou ataque um alvo. Assim como os ataques de pistola, o warping pode ser usado para atingir partes específicas do inimigo e causar danos. Também pode ser usado para evitar ataques ou se retirar totalmente das lutas enquanto você recupera a saúde e a magia.

Isso, quando combinado com o Sistema de Combate Corpo a Corpo e Sistema de Habilidade, proporciona uma experiência de combate bastante dinâmica. Embora seja um sistema um tanto diferente do resto de outros jogos, o sistema de Final Fantasy XV funciona bem e é satisfatório em sua própria maneira.

Afinal, é Bom ou não?

Vale a pena jogar final fantasy xv em 2021? Descubra | aa70cf56 finalfantasy04 | married games análises | final fantasy, final fantasy xv, pc, playstation, playstation 4, singleplayer, square enix, xbox, xbox one | final fantasy xv
Lá vem o sermão do pai

Este jogo tem a incrível capacidade de conexão que torna a experiência muito boa durante toda sua jogatina, quando você percebe já está muito apegado a estes personagens e suas realidades tornando muito mais íntimo momentos de acampamento e até os de pesca (PRA QUE PESCA?) entre os personagens. Você aprende muito com os personagens, tanto os que andam com Noctis, tanto com os outros NPCs, mesmo aqueles que apenas te passam side quests simples podem ter uma parcela de importância no amadurecimento de todos os personagens.

Mas a primeira coisa que vemos ao iniciar o jogo é a mensagem “Um Final Fantasy para Fãs e Novatos” que é totalmente verdade. Mas o fãs de carteirinha da franquia se sentiram em casa com toda a experiência proporcionada para viver as aventuras e Noctis. Enquanto o jogadores que resolverem tomar como primeira experiência o decimo quinto título terão uma experiência muito mais simples que os conhecidos RPGs de turno da franquia.

-- Publicidade --

Mas aprendemos rapidamente como todas as mecânicas do jogo funcionam possibilitando um controle bem diferente e variado. Noctis pode utilizar todas armas do jogo enquanto seus três companheiros tem suas armas especificas, o que torna Noctis um personagem que se molda ao jeito de jogar do jogador. Mas, podendo ser um guerreiro de espadas pesadas, um atirador, um espadachim ágil, entre várias combinações de combate com armas diferentes. Enfim, Final Fantasy XV está disponível para PC, PS4 e Xbox One e acesse a pagina do jogo clicando aqui.

Onde Comprar?

PlayStation 4: R$ 134,00
Steam: R$ 129,00
Origin: R$ 169,00
Xbox: R$ 132,00

Final fantasy xv
Final Fantasy XV

Final Fantasy XV

Gráficos
Música
Jogabilidade
Diversão

Ficha Técnica

-- Publicidade --

Desenvolvedor: Square Enix
Distribuidor: Square Enix
Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows, Google Stadia

Prós:
Uma história grandiosa e envolvente como todo Final Fantasy;
Personagens carismáticos;
Companheiros divertidos que são úteis em combate;
Músicas excelentes e atmosféricas;

Contras:
Apesar de grandiosa, a história foi apresentada de forma confusa;
É chato demais como os companheiros ficam entrando na sua frente enquanto você corre;
Fora as missões principais, as missões secundárias se parecem com um MMORPG qualquer;
Fator “kawaii” e fanservice (principalmente da personagem Cindy) são um pouco forçados;

4.5

Agora, deixe nos comentários se você curte o Final Fantasy XV. Qual é o seu preferido da saga? Fale conosco e aproveite para ler mais analises no nosso site.

Avatar of paulo fabris

Paulo Fabris é um jornalista, escritor, RPGista, gamer, cosplayer, nerd e fã de animes desde a época da TV Manchete.