NotíciasTecnologia

Unreal Engine 5: Trailer com gráficos impressionantes é revelado

Visualizações

A Unreal Engine 5 foi revelada hoje e trás muitos elementos de cinema para dentro da criação de jogos. A Engine será liberada no ano que vem e a Epic Games mostrou uma demo para o novo PlayStation 5 chamada “Lumen in the Land of Nanite” para mostrar os novos recursos da atualização. Com a UE5 os desenvolvedores não terão mais que se preocupar com a contagem de polígonos, segundo a Epic. Você poderá importar assets 3D com bilhões de polígonos que a engine fará o resto renderizando tudo com um nível máximo de detalhe.

Confira também: The Waylanders: Novo vídeo mostra novas classes e gameplay

“A filosofia por trás disso remonta à década de 1980 com a idéia de REYES, renderize tudo que seus olhos vêem – um acrônimo engraçado que significa que, considerando os detalhes infinitos disponíveis, o trabalho do mecanismo é determinar exatamente quais pixels precisam ser desenhados para exibi-lo “, disse Sweeney em uma teleconferência com a PC Gamer e outros veículos nesta semana. “Isso não significa desenhar todos os 10 bilhões de polígonos em cada quadro, porque alguns deles são muito, muito menores que um pixel. Significa ser capaz de renderizar uma aproximação que não perca nenhum detalhe que você possa perceber. E quando você chega a esse ponto, acaba com a geometria. Não há mais nada a fazer. E se você renderizasse mais polígonos, não perceberia, porque eles contribuem infinitamente para cada pixel na tela”.

“Se você possui recursos sob medida, como estátuas, gerar uma malha de alta resolução é uma coisa, mas gerar uma que funcione bem e tenha uma boa aparência em diferentes distâncias de visão, é realmente muito trabalho, e queríamos removê-la “, disse Kim Libreri, diretor técnico da Epic Games. “Foram necessários alguns anos de experimentação antes de aterrissarmos onde estávamos.”

Mudança na política de Royalty’s da Unreal Engine

Enfim, a Unreal Engine continuará de graça para ser usada, e a Epic também mudou suas políticas de Royalty’s. Então, começando agora, a Epic não pegará mais qualquer Royalty do primeiro $1M de um jogo feito com a Unreal Engine. Antes, a Epic coletava 5% dos royaltys depois de US$3000,00 de vendas em um quadrimestre.

Lucas Votto
O autorLucas Votto
Redator
Estudante de Jogos Digitais e aspirante a programador. Viciado por jogos de LEGO e estratégia.


Receba uma vez por semana um resumão de noticias das mais populales.