Monster Hunter World: Ainda vale a pena jogar em 2021?

Um jogo renomado da Capcom que já virou até filme. Vale a pena embarcar no novo mundo de Monster Hunter hoje em dia? Descubra

Monster Hunter World (MHW), é o último jogo da série Monster Hunter, com lançamento inicial em dezembro de 2017 e lançamento mundial em 2018 pela Capcom, em 2021 ele faz 3 anos desde seu lançamento global. Contendo uma mistura de elementos dos antigos jogos e adicionando novas mecânicas que o tornaram rapidamente um favorito para os fãs da série e o jogo mais vendido pela Capcom.

Não está claro ainda se MHW é um jogo spin-off ou uma continuação dos títulos anteriores, mas está bem claro que ignorar os eventos ou não focar tanto neles ajuda a atrair novos jogadores e pessoas que não conheciam a franquia para o game. A questão é: Se é um spin-off é ok certos monstros que, pela lore do jogo, deveriam estar mortos a muito tempo, como é o caso do Fatalis, aparecer. Se não, existem mais Fatalis no mundo? Quantos Fatalis existem por aí? O Fatalis não morreu efetivamente? Não dá para saber.

Por isso, mesmo você sendo um jogador de longa data ou um novato no game, você terá a chance de enfrentar esse e muitos monstros já conhecidos da lore de Monster Hunter. Com um bom tempo desde o seu lançamento e com o seu sucessor, Monster Hunter Rise, perto de chegar aos Pcs, fica a dúvida, ainda vale a pena jogar o MHW? Você ainda encontrará amigos para caças online? Será divertido ir atrás dos monstros sozinho? Vamos descobrir nessa analise.

Leia Também:
Conheça o PlayStation VR e seus jogos
Como expandir a memória do seu PlayStation 5
Conheça os melhores jogos do Kinect
Xbox Series S ou Series X. Saiba qual comprar
PlayStation 5 ou Xbox Series? Qual escolher?

Monster Hunter World – Trailer dos dragões anciões

A História de Monster Hunter World

A cada 10 anos acontece a grande migração dos dragões anciões para uma terra chamada de Novo Mundo. Os pesquisadores da Guilda dos Caçadores não sabem o motivo disso, mas já foram mandadas 4 expedições para esse lugar para tentar entender isso e ainda não há informações suficientes sobre a migração e nem mesmo notícias sobre as expedições anteriores, então, estamos partido para a quinta expedição, apropriadamente chamados de “A Quinta”.

-- Publicidade --

Seguimos com aventureiros enviados para explorar este fenômeno dentro de um navio, onde vemos diversos aventureiros caçadores e seus ajudantes, os “assistentes”. Enquanto o caçador cuida da proteção e caça efetiva dos monstros, os assistentes cuidam da parte de pesquisa e estudo, deixando os caçadores mais tranquilos para fazerem o que fazem de melhor. Passamos pelo barco em visão em primeira pessoa até chegarmos a uma mesa onde uma assistente está sentada lendo.

Ela é inconvenientemente expulsa da mesa pelo “Animado da Quinta” (ou Ace Cadet se você jogou os jogos anteriores ou ainda Aiden, como ele é chamado em Monster Hunter Legends ou no filme. De fato, a cena que vemos no começo de Legends poderia ser momentos antes de chegarmos. Também somos apresentados a “Assistente Séria” (ou Lea, como ela foi batizada no filme. Detalhe interessante é que ela foi interpretada pela brasileira Nanda Costa).

Após uma conversa rápida vamos para a tela de customização de personagem. Aqui escolhemos se seremos um rapaz ou moça, qual conjunto inicial de armas escolheremos (couro ou metal), cabelo, maquiagem/tatuagens, olhos, nariz e etc. Uma customização razoavelmente bem detalhada. Também vamos customizar nosso amigato, um felino assistente que nos ajuda na batalha. Se você conhece o jogo, sabe a importância desses gatinhos. Você escolhe também o seu nome, mas é irrelevante, ninguém te chamará por ele na história.

Personagem criado, então, falaremos com a nossa assistente, que é chamada de “Assistente”. Ela não tem um nome, mas as vezes pode ser referenciada como “assistente comilona” ou “assistente animada”, mas no geral, ela será apenas a “assistente”. Parte da comunidade não gosta dela, mas eu realmente a adoro! No filme de Monster Hunter ela foi interpretada pela atriz japonesa Hirona Yamazaki.

Monster hunter world: ainda vale a pena jogar em 2021? | 5e40688f imagem 2021 11 25 102004 | married games análises | capcom, mhw, monster hunter world, multiplayer, playstation 4, playstation 5, rpg, singleplayer, xbox game pass, xbox one, xbox series s, xbox series x | monster hunter world
Ela ficou perfeita como a Assistente

Ela está olhando para o mar agitado com bastante curiosidade, quando o navio começa a balançar fortemente. Subimos para o convés descobrimos que a nossa frota está seguindo a mesma rota do dragão ancião Zorah Magdaros. Uma criatura gigantesca, do tamanho de uma ilha que destrói com facilidade parte da frota e segue em frente como se tivesse apenas batido em insetos. Caímos em suas costas e temos que dar um jeito de sair de lá. Aprendemos os primeiros tutoriais de movimentação, escalada, corrida e uso do gancho. No fim, conseguimos sair graças a um tipo de monstro voador parecido com um pterossauro e chegamos ao novo mundo.

-- Publicidade --
Monster hunter world: ainda vale a pena jogar em 2021? | 21f2765d 01 | married games análises | capcom, mhw, monster hunter world, multiplayer, playstation 4, playstation 5, rpg, singleplayer, xbox game pass, xbox one, xbox series s, xbox series x | monster hunter world
Chegando ao novo mundo depois de um naufrágio

Mais um pouco de tutorial e finalmente encontramos alguns monstros como o Grande Jagras e o terrível Anjanath, e também somos resgatados pelo Líder da Equipe de Campo (personagem chamado de Caçador no filme e interpretado por Tony Jaa) que nos leva para nossa base, Astera, onde finalmente pegaremos nossas armas e começaremos a caçar monstros, fazendo com que a velha história de um novato aventureiro(a) que gradualmente vai destacando-se até se tornar uma lenda comece. Agora cabe a você descobrir a ligação entre Zorah Magdaros e a migração dos dragões anciões.

Gameplay para novatos e veteranos

Antes da gameplay em si é preciso dar um destaque especial a inteligência artificial implementada no jogo, fazendo com que os monstros mirem em membros com armas especificas ou que se posicionam a certa distância e ainda procurando eliminar os mais fracos primeiro, priorizando aqueles com pouca vida primeiro. O mais incrível se da por cada monstro ter seu próprio território dentro das regiões disponíveis, ocasionalmente ou por interferência do jogador um monstro pode acabar invadindo território de outro e resultando nas brigas de terreno.

Agora, não se engane, a velha história por si só ainda cria expectativas, tanto ao ponto de que os fãs mais antigos ficaram mais apreensivos quando anunciaram que Monster Hunter World se passaria no novo mundo. É um pouco difícil de explicar e fácil de entender quando se joga, mais do que caçar monstros e superar dificuldades sendo mais fraco do que seu inimigo, não isto vemos de sobra em “soulslike“.

Monster Hunter World nos oferece algo diferente, fazemos parte de uma cultura que adora o perigo, enfrentar os monstros com armas maiores do que o personagem o tornam lento, fazendo com que você se adapte e procure usar outros utensílios para auxiliar nas caçadas, como armadilhas naturais ou criadas pelo jogador antes ou até durante as caçadas.

As animações de culinária de Monster Hunter World são uma obra de arte, sim culinária é uma parte importante do jogo que passa despercebida por jogadores novatos, então lembre-se de conferir. Ainda será bem recebido pelo chef, festivais são dados para comemoram suas melhores conquistas, e você irá reparar cedo ou tarde que todas as animações de interações, assim como animações de culinária seguem o tom festivo e engraçado mencionado anteriormente.

-- Publicidade --

Monster Hunter World se foca no modo cooperativo, para que vários jogadores possam e encontrar, interagir e jogar juntos, mas um jogador novato encontraria toda essa promessa mesmo em 2021? Não, jogadores veteranos não se encontram com tanta frequência dentro de Monster Hunter World, mas insto não significa que o jogo esteja morto, pelo contrário, o jogo possui uma forte base de jogadores constantes.

Os jogadores veteranos apenas “migraram” e se encontram com mais frequência em grupos dedicados, em plataformas como o ‘Discord’ principalmente, isto significa que mesmo não tendo grupos de pessoas no lobby, o chamado de S.O.S ainda será atendido. Ainda é possível achar estes mesmos lobbys cheios de vida durante os eventos sazonais e festivos como os festivais de inverno e verão, natal e halloween.

Um belo novo mundo para se explorar e ouvir

Monster hunter world
As belas paisagens em Iceborne

Monster Hunter World apresenta os melhores gráficos já vistos na série Monster Hunter, dando um visual incrível e encantador, claro, graças a ser um game de última geração que aproveita bem os mais modernos hardwares, tanto em consoles quanto nos PCs. Desde a atenção aos detalhes de cores em cada área explorável do jogo criando cenas tiradas de um livro de fantasia, monstros com cores mais realísticas do que apresentados anteriormente. O gráfico ainda possui foco no realismo, da criação de personagem aos monstros e até as armas e armaduras criadas, mas quanto realismo possui um jogo sobre armas gigantes e criaturas do tamanho de caminhões soltando fogo?

Este é um dos diferenciais de Monster Hunter World, a mistura de elementos realísticos com algo que sai diretamente de um desenho animado, esta mistura ajuda ainda na imersão do jogador na cultura do perigo! Em uma sintonia perfeita com a trilha sonora, você pode esperar músicas incríveis e temáticas excepcionais, com destaque para a atenção dada aos sons emitidos pelos monstros realçando suas características e aumentando ainda mais a imersão de Monster Hunter World. Grande parte porém, pode acabar sendo gentilmente ignorada pelo engajamento do combate, especialmente com a possibilidade de usar a própria música como uma arma com o Berrante de caça.

Para garantir que você ainda possa aproveitar as músicas, visual e do mundo geral de Monster Hunter World, você conta com seu próprio quarto dentro da cidade de Astera (cidade criada pelas frotas de exploração enviadas ao novo mundo). Seu alojamento irá melhorar de acordo com suas conquistas, podendo passar de uma simples cama no alojamento a uma suíte com acesso a uma fonte termal.

-- Publicidade --

Neste quarto você pode alterar o visual de acordo com seus gostos e ainda, personaliza-lo com cada pedaço do mundo que você mais gostou, isto inclui animais fantásticos que você pode encontrar em sua jornada e trazê-los para casa caso os capture.

Monster Hunter World ainda conta com o Amigato, um companheiro que é feito junto a criação de personagem, e será seu principal parceiro durante sua aventura, e tem acesso a um arsenal exclusivo assim como armaduras que podem combinar com a sua. Caso esteja se sentindo um pouco exótico uma das armaduras especiais que o transformam assim como a sua voz, como um alienígena gato, ou um Mega Man em 8bit, apesar de atrapalhado ele é indispensável para novatos e veteranos.

Monster hunter world: ainda vale a pena jogar em 2021? | 70539a74 monster hunter world | married games análises | capcom, mhw, monster hunter world, multiplayer, playstation 4, playstation 5, rpg, singleplayer, xbox game pass, xbox one, xbox series s, xbox series x | monster hunter world
Ele não absorve poderes, mas fica fofinho

Música ambiente e discreta

Porém, o fato de a musica não atrapalhar e não chamar tanta atenção é planejado, significa que Monster Hunter World da mais destaque aos efeitos visuais apresentados na tela, afinal, a Capcom tem seu próprio time de criação de músicas e efeitos sonoros, contando com compositores como:

  • Akihiki Narita
  • Akiyuki Morimoto
  • Zhenlan Kang
  • Tadayoshi Makino
  • Yuko komiyama
  • Masato Kouda
  • Reo Uratani
  • Marika Suzuki

Também há a participação de Nashville Music Scoring Orchestra, caso esteja se perguntando, o porquê desta informação estar aqui se você provavelmente não conhece estes nomes.

Porém se ver os nomes em outro projeto você já conhecerá o padrão de qualidade de seus trabalhos, é sempre bom adicionar conhecimento, assim você pode condensar suas expectativas sobre jogos e filmes antes de assisti-los ou jogá-los. Se você está no computador pode adquirir a trilha sonora de Monster Hunter World a parte pela loja da Steam.

-- Publicidade --

As verdadeiras estrelas do jogo: As Armas

Sempre que se pensa em Monster Hunter, vem a dúvida: Como eles usam aquelas armas gigantes? Sim, as armas são o principal destaque e o elemento mais famoso da série! Elas são exageradamente grandes e não fazem nenhum sentido para o nosso mundo real. Seria impossível para um humano brandir uma arma como aquela, mas, em um mundo que tem dragões e outros monstros, uma arma gigante é só a cereja do bolo. E, como era de se esperar, elas voltam com tudo nessa versão do jogo.

Em Monster Hunter World Existe uma gama de armas para você utilizar, diferenciadas em ataques de corte ou contusão, sua diversidade indicará seu posicionamento quando ataca o monstro e sua parte no time. Também indica sua posição quando o monstro sofre contusão ou derrubado por uma armadilha de cenário ou criada por um jogador, monstros diferentes possuem pontos de ataque diferentes.

Armas corpo-a-corpo e seus Atributos

Em geral, os jogadores se posicionam no monstro conforme o tipo da arma, por exemplo, para jogadores que usam arma de contusão, como o Martelo, eles se posicionam na cabeça e focam seus ataques nas partes “duras” do monstro, como os chifres. Personagens com armas de corte, em geral, ficam com as caudas e outras partes “cortáveis”, onde são mais eficientes e seus ataques causam mais dano e suas armas perdem menos o fio.

Espadão: O nome diz tudo, uma espada maior do que o próprio personagem, com ataques devastadores e com alto poder de corte, porém lentos. Causará o maior dano no jogo e ainda pode ser utilizada para defesa, espere números altos com uma frequência baixa, melhor utilizada com armadilhas ou quando dominar o counter que a arma possui.

Espada Longa: O espírito japonês do jogo não o deixaria sem uma katana, possui um counter assim como o espadão é focada em ataques de cortes, porém faz parte do combo natural da espada e exige um pouco mais de aptidão. Se for jogar com os amigos tome cuidado pois seus ataques ocupam uma área maior do que o espadão por focar em ataques horizontais, e podem com facilidade atrapalhar seus amigos de realizarem seus próprios combos, então posicione-se bem e boa caçada.

-- Publicidade --

Espada e Escudo: Seria a arma “inicial” do jogo, possui tudo que um jogador precisa, ataques de corte, confere! Ataques atordoantes, confere! Agilidade e fácil manuseio, confere! Possibilidade de se defender dos ataques, confere! Única arma do jogo com possibilidade de se curar sem ter que guardar a arma? Confere!

Uma capacidade que salvará sua vida várias vezes, o tempo de guardar a arma e de se curar é crucial, por este motivo é uma arma escolhida para builds de suporte. Assim você pode ser útil em combate e quando se curar também curar seus amigos sem que eles ou você tenha que parar a batalha e se afastar (atraindo ataques de inimigos específicos), e de bônus a animação de ataque e contusão são ótimas.

Lâminas-Duplas: Se você gosta de anime, achou sua arma, focado em ataques ágeis e rápidos é uma arma de corte que pode possui um atributo especial diferente para cada espada. Espere vários números subindo conforme ataca, números baixos, mas vários deles, a arma varia entre dois modos com ataques diferentes, consiste em usar o modo A para carregar o modo B e utilizar o B para dano e movimentação.

Monster hunter world: ainda vale a pena jogar em 2021? | 3e66daec mhw monster hunter | married games análises | capcom, mhw, monster hunter world, multiplayer, playstation 4, playstation 5, rpg, singleplayer, xbox game pass, xbox one, xbox series s, xbox series x | monster hunter world
É a beyblade!!

Além de um ataque especial quando deslizando com o modo B que, caso acerte o monstro o fará passar por cima dele rodando com braços abertos, causando danos em toda área que você passar, um favorito de fãs de AOT.

Martelo: Simples e prático: martelo desce monstro morre! Focado em ataques de contusão, o martelo assim como as lâminas duplas consiste em dois modos, normal e energizado. Não há counter como no espadão, porém se tiver um bom timer, poderá utilizar o ataque mais forte que fará o monstro ter um leve desequilíbrio e parando seu ataque, isto caso acerte a cabeça é claro.

-- Publicidade --

Que é exatamente onde você deveria se focar com esta arma, braços, pernas e caudas é trabalho de quem corta, com o martelo você quer causar o contusão e nocautear o monstro para que os seus colegas possam se focar nas outras partes com mais facilidade.

Berrante de Caça: Então se espada e escudo é focado em builds de suporte, o que o berrante de caça faz? Sabemos que ele cria melodias que podem dar atributos diferentes desde aumentar sua quantidade de estamina a aumentar sua chance de acerto críticos.

Como os melhores berrantes são baseados nos bônus que podem dar, não espere ver muito desta arma no inicio do jogo, e também não espere ver muito no restante do jogo. Apesar de ser uma arma excelente ele se posiciona-se no meio no rank de popularidade das armas, isto dito, acaba sendo de consenso comum que os melhores bônus são de ataque e defesa.

Agora é onde está a pegadinha, se você possui uma ótima arma focada em contusão, que te da aumento de ataque e defesa, critico ou dano elemental de acordo com o que você estiver utilizando, porque você precisaria de amigos? Exato, esta arma é mais popular com quem prefere jogar sozinho, você perceberá uma certa animação nos membros do grupo caso um deles se junte a caçada.

Lança: A arma para builds defensivas, afinal você possuirá bônus de defesa na sua arma, com foque em dano de corte, com possibilidade de entrar em modo defensivo por alguns segundos bloqueando totalmente o dano. Faz toda diferença ter alguém com esta classe em caçadas especiais como Behemoth (monstro de evento colaborativo) e o Fatalis (meio que o chefão final), tome cuidado com os efeitos que o jogo tem a oferecer.

-- Publicidade --

Atributos que vale para seus inimigos também vale para você, mesmo defendendo ainda pode ser colocado em chamas ou eletrocutado fazendo com que você baixe sua defesa e se coloque em uma posição de perigo.

Lançarma: O que acontece se você quiser trocar parte do poder defensivo da lança por poder ofensivo? Coloque uma arma na sua lança, ora! Assim você pode causar danos maiores ao sacrifício de sua instância de defesa, possuindo tanto poder de corte quanto de contusão da arma, tem que ser recarregada a cada poucos ataques.

Quando dominada se torna uma arma realmente divertida de utilizar, causando explosões enormes e com a possibilidade de defesa, é que depois de ser focado é um pouco difícil de achar o tempo para guardar o escudo e se curar.

Pegue sua arma e vá a caça

Transmachado: Com a possibilidade de alterar entre um machado ou espada, é uma excelente arma de corte que quando na forma de espada carrega cargas de energia. Suas cargas podem ser utilizadas para causar um ataque devastador explosivo que ainda irá transmitir o elemento ou o status anormal que sua arma possuir.

-- Publicidade --

Caso acerte o ataque irá primeiro se pendurar no monstro no local atingido e dai poderá utilizar a carga completa ou parcial dependendo de quantas vezes apertar o botão de ataque. O que pode levar um tempo, porque 5 segundos montado em um T-rex não é tão fácil quanto pode parecer, ainda assim é a arma mais fácil de colocar o monstro em atributo especial.

Lâmina Dínamo: Possuindo o ataque mais interessante do jogo, é uma arma de corte, que utiliza cargas de energia que devem ser carregadas por atrito atingindo o monstro. Depois pode ser transferido para sua espada ou seu escudo com duração de 45 segundos na espada e 1 minuto no escudo, no tempo em que ambas as partes estão carregadas você ainda precisará juntar mais cargas de energia para utilizar o ataque especial.

Além de seu poder total e ainda transmitir o efeito especial de sua arma (que por sinal irá mudar a cor do ataque) dependendo do atributo da sua arma. Exige um pouco de treinamento até pegar o jeito de utilizar a arma, carregar suas cargas e ainda se manter vivo, afinal sua caça não ira pacientemente esperara que você esteja pronto.

Por sinal o ataque especial pode ser facilmente errado se o monstro estiver em fúria e correndo de um lado para o outro, é preferível utilizá-la com amigos ou armadilhas.

Glaive Inseto: Assim como a lâmina Dínamo, é uma arma de cargas e cortes, com a diferença de que as cargas são feitas por uma criatura viva que parece um besouro gigante. Não é uma favorita daqueles que tem medo de insetos. Afinal você irá ver uma mosca que literalmente tem o tamanho do seu braço, sentado nele enquanto não esta em combate, o seu inseto tem atributos separados ao da arma que mudam dependendo da forma como você o alimentar.

-- Publicidade --

Isto cria combos interessantes também pois assim como as lâminas duplas, você pode possui dois atributos especiais, um para a sua lança e um para seu inseto. Utilizando o inseto você pode coletar cargas enquanto espalha seu atributo especial contra sua caça, cada uma das cargas melhora um atributo da sua lança, como velocidade, resistência e dano.

Apesar de poder ficar muito tempo no ar e evitar os ataques de monstros com maior facilidade você ainda causa mais dano com os ataques que o levam até o chão, e se não manusear bem sua estamina você pode acabar se colocando em uma posição de risco caindo bem na cara do monstro.

Monster hunter world
Eu achei o Zinogre ou o Zinogre me achou?

Armas de Longa Distância e seus Efeitos e Atributos

Em separado existem ainda as armas de longa distância, focadas em ataques por munição, podem causar tanto dano de corte quanto de contusão especiais, então faz sentido passarmos primeiro pelos atributos que Monster Hunter World possui:

  • Fogo – Forte contra monstros de atributo gelo e fraco contra água, sofrer danos de fogo causará danos por um curto período, você ainda pode rolar para apagar as chamas rapidamente ou ao passar pela água.
  • Água – Forte contra fogo e fraco contra raio, sofrer danos de água causara uma lentidão na recuperação de sua estamina.
  • Raio – Forte contra água e fraco contra gelo, sofrer danos de raio o torna mais suscetível a sofrer contusão.
  • Gelo – Forte contra raio e fraco contra fogo, sofrer dano de gelo fará com que sua estamina seja consumida mais rapidamente.
  • Dragão – diferente dos outros elementos é fraco contra si mesmo, gelo e raio, sofrer danos do elemento dragão fará com que sua arma perca afinidade, anulará o dano elemental, e ainda reduzira a acumulação de atributos especiais.

Monster Hunter World ainda possuí atributos especiais que assim como os elementos precisam ser acumulados para causar seu efeito, estes sendo:

  • Veneno – Assim como fogo causa danos por um curto período, e só podem ser removidos bebendo um antídoto.
  • Paralisia – Realmente te paralisar e fazê-lo cair no chão o deixando totalmente indefeso.
  • Sono – O faz cair em sono o que leva mais tempo do que a paralisia para passar, porém diferente da paralisia se você for atingido enquanto dorme será acordado, tem um pequeno tempo quando o efeito começa dando a possibilidade de ser evitado ao consumir um energético.
  • Explosão – Ao ser acumulado causara dano explosivo na área atingida dando e ainda sendo contusão.

Lembrando que com diferença do elemento de dragão os outros são validos tanto para você quanto para os monstros.

-- Publicidade --

Agora voltando as armas de Monster Hunter World, longa distância incluem as armas:

Fuzilarco Pesado: Com dano elevado e uma alta capacidade para carregar munições especiais, tem um longo tempo de recarga a variar pela munição. Possui munições únicas para causar danos em área, alta capacidade de munições elementais e variedade que pode carregar em uma única arma. Além de um counter caso tenha o escudo acoplado, por ser difícil de ser utilizada apesar do poder destrutivo é a arma menos popular de Monster Hunter World, apesar de poder causar danos incríveis.

Fuzilarco leve: Contrário ao fuzilarco pesado, possui menos cargas de munições especiais e compensa com alta mobilidade. Podendo recarregar mesmo durante a esquiva se torna excelente para inimigos que ficam mais tempo no ar do que no chão, ainda alterna entre as munições elementais a faz uma arma versátil.

Arco: A palavra do dia é movimento, você ficará mais tempo perto do monstro do que longe, alternando entre curto e médio range. Pode alterar entre munições especiais e elementais assim como a exclusiva carga de poder. Varia ataques espalhados e concentrados para causar o máximo de dano possível de acordo com o monstro que estão caçando, ainda conta com um ataque especial perfurante que é extremamente satisfatório.

Desafiando o Frio e a Neve em Iceborne

Enfrentar monstros em locais como florestas, pântanos e outras regiões que não sejam tão extremas já é bastante complicado. Agora, e se você acrescenta ainda os elementos naturais contra o jogador, você realmente tem um desafio aí para resolver. Essa foi a ideia da criação da primeira e única grande expansão do game: Monster Hunter World Iceborne.

-- Publicidade --

Agora sobre a importância da DLC – Monster Hunter World Iceborne citado por Ryozo Tsujimoto em entrevista.

Quando criamos esta expansão gigante que chamamos de Iceborne, levamos em consideração tudo que a comunidade tinha a dizer. Além de mais conteúdo, estamos colocando muitas melhorias de qualidade de vida para tornar a jogabilidade ainda mais confortável e divertida, então acho que os jogadores vão adorar o que está por vir.

Ryozo Tsujimoto

Ela inclui uma mecânica nova que altera os combos de cada arma assim como adiciona meios mais fáceis de se pendurar nos monstros, pois até o momento só era fácil com as armas de Glaive Inseto, espada escudo e arco.

Para todas as outras você precisaria pular de algum penhasco ou tronco próximo para tentar um ataque aéreo e assim com uma certa porcentagem você poderia se pendurar no monstro.

A novidade adicionada com a DLC se chama Garra Retrátil, uma garra que possibilita facilmente subir nos monstros, que não seja o Rajang mas outros monstros será mais fácil de se pendurar e usar o ataque especial.

-- Publicidade --

Caso tenha alguma munição na sua garra, ainda poderá “arremessar” o monstro na direção em que estiver, caso acerte uma parede ou outro monstro irá causar a queda do mesmo. A experiência de jogo de Monster Hunter World não é prejudicada por não ter a expansão, mesmo sem ela, o jogador ainda desfruta de 14 armas principais para desenvolver seu estilo.

Podendo se adaptar e usar armas diferentes enfrentar as diversas espécies de monstros dentro do jogo, ainda contendo armadilhas e explosivos além de pedras para distração. Caso preste atenção ao mapa, poderá usar ainda armadilhas naturais para derrubar seus inimigos e ganhar uma janela de oportunidade.

Além das mecânicas de combate o jogo ainda te possibilita a pesca, que mais do que um minigame, te dá acesso a itens utilizáveis nas caçadas além de poder expor seus peixes em aquários dentro do seu quarto. Também possui uma rede para capturar pequenos animais para decorar seu quarto ou adquirir algo que eles possuem, foco no monstro pequeno, nada de capturar monstros grandes para ter de estimação. Também há uma câmera com suas próprias missões, então fique com um olho afiado caso encontre uma cena inusitada ou diferente que mereça ser salva.

Caso esteja tendo problemas com armas ou outras mecânicas, está disponível um manual pela própria Capcom.

Afinal, ainda é bom?

Sim! Com constantes promoções tanto em consoles como no computador, Monster Hunter World possui um preço muito mais acessível do que no seu lançamento. Possibilitando tanto a compra de ambos o jogo como sua DLC por um valor amigável, estimula novos jogadores com a adição de armaduras para iniciantes. Monster Hunter World ainda possui uma grande fã base e tem adicionado conteúdo periodicamente, o último sendo um evento de colaboração pelo lançamento do filme live action “Monster Hunter”. Todas as novidades são anunciadas no canal oficial da Capcom do Youtube com as atualizações e os monstros novos.

-- Publicidade --

Onde comprar?

SteamR$ 69,99
PlayStation StoreR$ 83,50
Xbox StoreR$ 83,50
NuuvemR$ 69,99
Green Man Games R$ 69,99

Monster Hunter World

Monster hunter world: ainda vale a pena jogar em 2021? | 0597a176 monster hunter world iceborne | married games análises | capcom, mhw, monster hunter world, multiplayer, playstation 4, playstation 5, rpg, singleplayer, xbox game pass, xbox one, xbox series s, xbox series x | monster hunter world
Monster Hunter World

Monster Hunter World

Paulo “Doido” Fabris

Gráficos
Música
Diversão
Jogabilidade

Ficha Técnica

Desenvolvedora: Capcom
Distribuidor: Capcom
Plataformas: PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows

Prós:
Excelente jogo para aqueles que querem conhecer a franquia pela primeira vez;
Variedade absurda de monstros e armas para usar;
Belos gráficos de games de última geração;
Músicas marcantes como a Proof of a Hero;

Contras:
A história é basicamente um pequeno pano de fundo para te levar de uma caça a outra;
Muito confuso no começo e exige muito treino para se dominar os estilos de cada arma;
Personagens tem pouca ou nenhuma personalidade, se resumindo a seus “títulos”;

4.6

Agora, diga o que achou do jogo. Você jogou no lançamento? Ainda joga Monster Hunter World? Fale conosco nos comentários e aproveite para ler mais análises no nosso site.

-- Publicidade --
Avatar of paulo fabris

Paulo Fabris é um jornalista, escritor, RPGista, gamer, cosplayer, nerd e fã de animes desde a época da TV Manchete.