Pesquisar
Close this search box.

Como Escolher SSD: Saiba a Melhor Opção para seu PC ou Notebook

Vai montar um Pc ou atualizar o notebook? então saiba como escolher SSD ideal para sua máquina

Comprar armazenamento para montar o seu PC para jogos pode ser uma tarefa desafiadora. Primeiro, há a questão de quanto armazenamento você precisa. Depois, há a questão de qual tipo de armazenamento é melhor para suas necessidades. Mesmo estando entre apenas duas opções, uma unidade de disco rígido giratória (HDD) ou uma unidade de estado sólido (SSD), requer consideração cuidadosa.

Na verdade, o título dessa matéria faz uma grande suposição, ou seja, que você vai querer comprar um SSD para a montar do seu PC gamer. Por que não um HDD de uma marca confiável como a Seagate ou Kingston? Para responder isso, vamos falar sobre como escolher um SSD. Vamos deixar claro que os SSDs são mais rápidos e confiáveis que os HDDs, mas também são mais caros.

Se você vai querer um SSD para o seu PC, essa é a única coisa que podemos dizer com certeza. Mas toda outra série de fatores que você deve considerar antes de tomar sua decisão final debateremos nesse texto e, se você ficar com dúvidas, é só deixar nos comentários.

Considere antes de Comprar

Aqui estão quatro dicas rápidas, seguidas de respostas detalhadas para muitas perguntas frequentes sobre como escolher SSD que você deve refletir:

  • Conheça o seu computador: Descubra se você tem slots para unidades M.2 em sua placa-mãe. Caso contrário, você pode precisar de uma unidade de 2,5 polegadas.
  • Capacidade de 500 GB a 1 TB: nem pense em comprar uma unidade com menos de 256 GB de armazenamento. 500 GB oferece um bom equilíbrio entre preço e capacidade. E como as unidades de 1 TB também não são mais tão caras, elas também são ótimas opções espaçosas.
  • SATA é mais barato, mas mais lento: se o seu computador for compatível com unidades NVMe/PCIe ou Optane, considere comprar uma unidade com uma dessas tecnologias. No entanto, as unidades SATA são mais comuns, geralmente custam menos e ainda oferecem excelente desempenho para aplicativos comuns.
  • Qualquer SSD é melhor que um disco rígido: mesmo o pior SSD é, pelo menos, três vezes mais rápido que um disco rígido na maioria dos cenários de uso comum. Dependendo da carga de trabalho, o delta de desempenho entre bons e ótimos SSDs pode ser sutil. Mas, se ainda assim, você estiver pensando em escolher um SDD ou HD, então essa matéria poderá lhe ajudar a decidir.

Aproveite e Compre o seu Agora!

Orçamento

A maioria das unidades de consumo varia de 120 GB a 2 TB. Embora as unidades de 120 GB sejam as mais baratas, elas não são espaçosas o suficiente para armazenar muitos softwares e geralmente são mais lentas do que suas contrapartes de maior capacidade.

Muitas empresas começaram a eliminar gradualmente esses sistemas de baixa capacidade. Custa apenas um pouco a mais para passar do tamanho de 120 para 250 GB, e é um dinheiro bem gasto. E a valores entre as unidades de 250 GB e 500 GB também pode ser pequeno.

O ponto ideal entre preço, desempenho e capacidade para a maioria dos usuários costumava ser 500 GB, mas cada vez mais 1 TB está se tornando a melhor escolha – especialmente quando as unidades de 1 TB caem para R$ 200 ou menos.

Há também um número crescente de unidades (principalmente da Samsung) com capacidades acima de 2 TB. Mas eles são extremamente caros ao extremo, então eles realmente valem a pena apenas para usuários que precisam de espaço e velocidade e não têm problemas a pagar por isso.

O melhor é que os SSDs estão mais baratos do que nunca. Houve um tempo em que os SSDs eram consideravelmente mais caros que os HDDs, tanto que eram considerados apenas para aplicativos de alto desempenho. Pode ser uma surpresa para muitos, mas os SSDs existem desde o final dos anos 1970, usados em mainframes e minicomputadores e custavam cerca de US$ 400.000 (cerca de mais de R$ 2 milhões na conversão atual) por 45 MB (sim, megabytes) de armazenamento.

Apesar do periodo difícil para peças de hardware que enfrentamos durante a pandemia de COVID-19, os preços dos SSD continuaram a cair e a diferença de preço em comparação com os HDDs havia caído drasticamente. Contudo, o SSD é, claramente, ainda mais caro do que um HD padrão.

Portanto, embora os SSDs permaneçam mais caros que os HDDs, a diferença de custo não contribui muito para o custo de construção de um novo PC. E há uma estratégia para misturar SSDs e HDDs que pode fazer muito sentido.

Compatibilidade

Atualmente, as unidades de estado sólido vêm em vários fatores de forma diferentes e operam em várias conexões possíveis de hardware e software. O tipo de unidade que você precisa depende de qual dispositivo você possui (ou pretende comprar).

Se você possui um dos melhores PCs para jogos ou está montando um PC com uma placa-mãe recente de médio a alto nível, seu sistema pode incorporar a maioria (ou todos) os tipos de unidades modernas.

Além disso, os laptops finos e conversíveis modernos mudaram principalmente para o fator de forma M.2 em forma de chiclete bastão, sem espaço para uma unidade tradicional de estilo laptop de 2,5 polegadas.

E em um número crescente de casos, os fabricantes de laptops estão soldando o armazenamento diretamente na placa, então você não pode atualizar nada (seria difícil dessoldar o armazenamento, mesmo usando um dos melhores ferros de solda). Portanto, você definitivamente vai querer consultar o manual do seu dispositivo ou ler muito sobre o assunto para descobrir quais são suas opções antes de comprar.

Finalidade

Existem duas finalidades principais para um dispositivo de armazenamento de PC. Há um local para instalar o sistema operacional e os aplicativos e um local para armazenar dados. O desempenho do PC é mais afetado pela velocidade dos dispositivos de armazenamento ao inicializar o PC, paginar a memória para o disco quando a RAM fica cheia, abrir aplicativos e outras tarefas no nível do sistema. Por isso, colocar tudo no mesmo HD pode não ser o recomendado, embora, é o mais comum.

Wd_black sn850x e o wd_black p40
WD_Black SN850X e o WD_Black P40

Uma boa estratégia, então, é usar um SSD como drive do sistema e um HDD como drive de dados. Essa também é uma abordagem mais econômica, aproveitando o baixo custo por GB de um HDD para arquivos grandes, como imagens e vídeos. O SSD Western Digital Black NVMe de 1 TB seria uma ótima alternativa para unidade de sistema, fornecendo bastante armazenamento rápido para o sistema operacional e aplicativos, e o HDD Western Digital Black de 4 TB seria um HDD rápido para bastante armazenamento de dados.

Salvar e acessar dados também pode afetar o desempenho de um PC, especialmente em jogos onde os níveis de carregamento, texturas e outros dados de jogos podem envolver arquivos enormes, mas a velocidade normalmente é menos importante aqui. Tudo se resume a um cálculo de preço para desempenho. Certamente, se você puder pagar por um SSD maior para armazenar dados, terá o máximo em desempenho de armazenamento.

Tempo de Vida Útil

Essa é uma pergunta sobre quanto tempo duram HDDs e SSDs é difícil. Simplificando, os SSDs têm uma vida útil limitada que é maior do que os HDDs, mas não para sempre, medida em termos de Terabytes Gravados (TBW).

O SSD típico de um PC doméstico tem um TBW de 600, mas algumas unidades mais robustas têm classificações de TBW mais altas. O SSD Corsair Force MP600 de 2 TB, por exemplo, tem uma classificação TBW de 3.600. O desafio é que nem todos os fabricantes listam a classificação TBW, mas usam sua própria medição. O Western Digital Black SSD mencionado acima lista um tempo médio para falha (MTTF) de 1,75 milhões de horas, por exemplo.

É verdade que existem muitos fatores diferentes a serem considerados na escolha de um SSD. No entanto, muitas dessas distinções não serão percebidas pelo usuário típico de PC. Mesmo os jogadores se beneficiarão de um SSD barato em comparação com um HDD, com SSDs mais caros oferecendo apenas aumentos incrementais no desempenho.

Portanto, escolha um SSD que caiba no seu orçamento, mas não se preocupe muito com as nuances. A menos que você esteja construindo um PC para aplicativos de missão crítica, você obterá um desempenho sólido e uma vida útil longa o suficiente de qualquer SSD de preço médio.

Tipos de SSD

Como estamos nos concentrando exclusivamente no armazenamento interno do PC neste artigo, estamos falando de quatro fatores de forma SSD diferentes. Qual deles faz sentido para você depende inteiramente do seu orçamento e de que tipo de SSDs são suportados pela placa-mãe do seu PC.

SSD de 2,5″

O fator de forma da unidade de 2,5” parece um HDD menor, só que é preenchido com silicone em vez de discos giratórios. Ele se conecta por meio do conector SATA (Serial ATA), com uma fonte de alimentação separada, e é instalado em um slot de armazenamento no gabinete do PC. Você precisará de um adaptador para encaixar a unidade de 2,5″ no compartimento maior de 3,5″.

Estamos no SATA III, que fornece uma velocidade de transferência de dados de 600 megabytes por segundo (MBps). Os HDDs SATA III também suportam a mesma velocidade teórica, mas é claro que eles não podem fornecer dados tão rapidamente quanto os SSDs.

mSATA

O padrão mSATA usa um slot na placa-mãe ao qual um SSD mSATA menor se conecta. O mSATA usa a mesma conexão que o SATA III e fornece a mesma velocidade de transferência de 600 MBps. Conexões mSATA não são tão comuns em placas-mãe mais novas e, portanto, se você escolher este fator de forma, verifique se ele é compatível com a placa-mãe do seu PC.

PCIe

PCIe, ou Peripheral Component Interconnect Express, é um padrão de barramento de expansão de alta velocidade usado para vários componentes de PC diferentes. GPUs e SSDs são apenas dois dos componentes que podem utilizar slots PCIe. Os slots PCIe 4.0 x4 (o x4 refere-se a quatro pistas de circuito, o que significa que o slot pode transferir quatro bits por ciclo) podem transferir até 8 gigabytes por segundo (GBps), tornando-os significativamente mais rápidos do que as conexões SATA. Está a caminho o PCIe 5.0, que oferecerá até 16 GBps na configuração x4.

M.2

Os slots M.2 são a conexão mais recente incorporada às placas-mãe modernas e podem suportar interfaces PCIe 4.0, SATA III e USB 3.0. Os SSDs mais rápidos usam conexões M.2 NVMe (Non-Volatile Memory Express), suportando até quatro pistas PCIe e uma taxa de transferência de até 8,0 GBps. Isso é mais de dez vezes mais rápido que o SATA III, com o NVMe, suportando melhor as taxas gerais de transferência de dados que os SSDs podem alcançar.

O M.2 evoluiu desde que foi lançado pela primeira vez, com os padrões M.2 2242, M.2 2260 e os padrões M.2 2280 mais recentes. Ao escolher um SSD M.2, você precisa ter cuidado para selecionar a conexão certa para sua placa-mãe.

Tipos de NAND

A última consideração sobre que tipo de SSD escolher envolve o tipo de memória flash NAND usada em um SSD. Existem vários tipos diferentes de NAND em termos de como os dados são armazenados nos chips flash, dos quais quatro são os mais importantes.

  • Célula de nível único (SLC): armazena um bit por célula, o mais rápido, mais durável e mais caro.
  • Multiple-Level Cell (MLC): armazena dois bits por célula, o segundo mais rápido, moderadamente suportável e mais barato.
  • Célula de nível triplo (TLC): armazena três bits por célula, o mais lento, menos durável e menos caro.
  • 3D NAND (também chamado de V NAND): armazena dados verticalmente, fornece densidade de dados e desempenho superiores em comparação com 2D NAND.

A maioria dos SSDs de nível de consumidor usa MLC NAND, enquanto a maioria dos SSDs corporativos usa SLC NAND. No entanto, você pode encontrar SSDs de consumo com SLC NAND, e eles fornecerão o melhor desempenho. SSDs usando TLC NAND serão mais baratos e também serão mais lentos que os outros dois tipos.

Qual SSD devo comprar?

O tamanho de um SSD que você compra será determinado por sua estratégia de armazenamento. Se você decidir instalar um SSD para seus arquivos de sistema e um HDD para seus dados, não precisará comprar um SSD tão grande (ou caro). Um SSD de 512 GB provavelmente seria suficiente e, em seguida, você pode escolher um HDD com base na quantidade de dados que espera armazenar.

Se sua placa-mãe for compatível, você deverá selecionar um SSD M.2 NVMe 2280. Isso fornecerá o desempenho mais rápido. Se você estiver atualizando um PC antigo, poderá ficar preso a um SSD SATA III. Por fim, se você conseguir localizar um SSD com 3D ou SLC NAND em sua faixa de preço, convém comprá-lo. Isso também ajudará a otimizar o desempenho do seu PC. Você deve procurar MLC NAND no mínimo e evitar TLC NAND, a menos que seu orçamento seja muito apertado.

FAQ Rápido

Como saber qual SSD usar?

Para ter certeza de qual SSD cabe no seu dispositivo, encontre o número do modelo do seu PC ou verifique o manual da placa-mãe A maioria dos dispositivos oferece suporte a SSDs de 2,5 polegadas, o que geralmente é uma escolha segura. Se você quer instalar um SSD em sua placa-mãe, verifique primeiro quais conectores sua placa-mãe possui.

Um SSD de 256 GB é melhor que um disco rígido de 1 TB?

Um SSD de 256 GB irá atendê-lo melhor do que um HDD de 1 TB se você quiser velocidades de gravação e leitura mais rápidas. No entanto, o espaço de armazenamento seria mínimo.
Se você é um jogador ou um editor de vídeo, pode optar por um SSD de 260 GB. A opção de armazenamento HDD de 1 TB tem apenas uma vantagem: seu espaço de armazenamento de 1 TB.

Quantos GB de SSD eu preciso?

É muito diferente se você deseja apenas instalar seu sistema operacional no SDD ou se deseja realmente usar muito o drive.
250 GB: sistema operacional, entretenimento e backups.
500 GB: entretenimento e uso comercial.
1TB: uso comercial, jogos e vídeos.

Qual é melhor SATA ou NVMe?

As unidades NVMe têm taxas de transferência mais altas e mais rápidas, mesmo quando as unidades SATA e NVMe estão em um único fator de forma. Para ilustrar, um conector NVMe PCIe 3.0 de terceira geração pode atingir uma velocidade máxima de até 3.500 MB/s, enquanto um conector NVMe PCIe 4.0 de quarta geração atinge velocidades de até 7.500 MB/s.

Agora, fale conosco e diga se você curtiu as novidades e aproveite para ler mais notícias, como sobre a placa de vídeo RTX 4090 no nosso site.

Saiba mais sobre Design de UI/UX para Jogos Móveis e como fazê-lo de forma eficiente
Saiba mais sobre IA para Personagens de Jogos 3D e veja como ela pode tornar seus inimigos mais desafiadores
Conheça os Princípios do Design de Jogos e como aplicá-los em seus games
Aprenda como criar níveis envolventes em jogos
Descubra as principais Técnicas de Storytelling em Jogos
Entenda mais sobre como Fazer o Design de Personagens para Jogos 2D