10 Animes Baseados em Games na Netflix

Ah, o catálogo da Netflix. Tanta coisa, e ao mesmo tempo tanta dúvida de qual será nossa próxima série a maratonar. Quanto tempo não ficamos ‘zapeando’ de um lado pro outro naquele catálogo super extenso sem decidir o que iremos ver. Eu venho aqui com algumas dicas!

O que você vai ver neste artigo é uma lista com 10 animes baseados em games para você maratonar na Netflix. Será que você já viu todos? Segue a lista!

1- Dota: Dragon’s Blood

Dota: dragon's blood
Dota: dragon’s blood

Começando pelo lançamento mais recente dessa lista de animes baseados em games, a animação é baseada no famoso Dota 2, e foi muito esperada por fãs, sendo uma das séries mais assistidas da Netflix no momento.

Dragon’s Blood gira em torno de Davion, um cavaleiro dragão, que busca tornar o mundo um local seguro. Davion tem a seu sangue e alma fundidos a um dragão ancião chamado Slyrak, garantindo a ele alguns poderes.

-- Publicidade --

Além de Davion, a história mostra Mirana, princesa do Bosque de Nightsilver, em busca das lótus roubadas, e que irá auxiliar o cavaleiro em sua missão. Ambos vão atrás do vilão Terrorblade, que quer matar todos os dragões, e coletar suas almas.

Outros personagens do game que figuram na série são o Invoker, Luna, Selemene, entre diversas outras referências incluídas durante os episódios.

Para os fãs do jogo, o anime pode parecer um pouco lento, uma vez que ele explica bastante da história que os jogadores já conhecem, para leigos entenderem. O anime parece que vai desenvolver mais a partir da próxima temporada, que ainda não tem data de estreia.

Atualmente, está disponível apenas a primeira temporada, ou Livro 1, com 8 episódios de aproximadamente 25 minutos cada.

O anime é uma produção Netflix em colaboração com o Studio Mir, de A Lenda de Korra, Voltron e Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion.

-- Publicidade --
Trailer de Dota: Dragon’s Blood

2- Castlevania

Castlevania
Castlevania

Castlevania também é um dos animes mais populares da Netflix. Baseado no game homônimo, a história segue Trevor Belmont, tentando parar Dracula, que quer acabar com o povo de Valáquia, após a execução de sua esposa Lisa.  

Lisa é uma humana, que vai até o castelo de Drácula em busca de conhecimento e acaba por se tornar sua esposa. Ela é acusada de bruxaria e acaba queimada na fogueira, o que causa ira no conde vampiro.

Em sua missão, Trevor é auxiliado pelo próprio filho de Drácula, Alucard, e pela maga Sypha Belnades.

Apesar de baseado no jogo, a história segue um curso próprio, se afastando um pouco do game em alguns aspectos, e fãs cobram a aparição de personagens como Grant e Morte.

Um ponto positivo para os fãs do jogo é a adaptação da música Bloody Tears, faixa icônica do game, na versão animada, o que traz certa nostalgia ao assistir a série.

-- Publicidade --

São três temporadas disponíveis na Netflix, com 22 episódios no total, cada um com aproximadamente 23 a 25 minutos de duração. Uma quarta temporada já foi confirmada.

O anime foi produzido pela própria Netflix, em parceria com a Frederator Studios (responsável por animações como Os Padrinhos Mágicos e Hora da Aventura) e Powerhouse Animation Studios.

Foram muitos anos de produção parada e espera. Inicialmente, seria produzido em formato de filme, mas, devido a quantidade de história foi dividido em série.

Teaser de Castlevania

3- Fate

Fate/stay night
Fate/stay night é a adaptação mais fiel ao game homônimo

Também muito conhecida na plataforma, a saga de Fate é composta por diversos animes e filmes, 5 deles na Netflix, baseados na visual novel Fate/Stay Night de 2004.

Uma coisa que confunde os espectadores da saga Fate é a ordem na qual devem ser vistas as animações. Na verdade, não existe uma ordem certa para assistir os animes de Fate, mas seguem algumas dicas:

-- Publicidade --
  • O primeiro anime recomendado a ser visto é o Fate/Zero, que introduz a história da saga no passado. O Fate/Zero segue Emiya Kiritsugu, que se vê no centro de um jogo de sobrevivência entre sete magos.

O jogo é conhecido como 4ª Guerra do Santo Graal, no qual cada participante pode invocar Servos, figuras antigas que lutam entre si até a morte. O vencedor conseguirá ter seus desejos atendidos pelo Santo Graal.

Fate/Zero contará todo o prólogo da série, contando o passado de diversos personagens que aparecem nos outros animes.

Algumas pessoas recomendam assistir o Unlimited Blade Works antes de Fate/Zero, por conta de possíveis spoilers na série.

São duas temporadas de Fate/Zero. A primeira contém 13 episódios e a segunda 12 com duração entre 23 e 25 minutos cada, com o primeiro episódio sendo mais longo (47 minutos).

  • Seguindo, recomenda-se assistir Fate/Stay Night (Unlimited Blade Works). O Unlimited Blade Works já introduz o protagonista do game original Fate/Stay Night, Emiya Shirou, que batalha na 5ª Guerra do Santo Graal ao lado de Tohsaka Rin.

Shirou foi o único sobrevivente de um incêndio e foi adotado por Kiritsugu (de Fate/Zero), que o ensinou magia. Shirou então em um momento de vida ou morte torna-se um escolhido do Santo Graal para a Guerra, com sua Serva Saber.

-- Publicidade --

Rin é a mestra de Archer e membra da tradicional Casa Tohsaka. Ela acaba por salvar a vida de Shirou em um momento crítico e os dois começam a trabalhar juntos.

A história de Fate/Stay Night (Unlimited Blade Works) segue a rota de mesmo nome do jogo original, que mostra o envolvimento de Shirou com Rin.

São duas temporadas com 13 episódios cada. Os episódios têm duração média de 23 minutos, com os dois primeiros episódios sendo mais longos (47 minutos).

Daqui para frente, os outros 3 animes são spin-offs e podem ser vistos em qualquer ordem que será possível compreender bem a história.

  • O Fate/Apocrypha acontece em uma realidade alternativa à Fate/Stay Night, na qual o Santo Graal foi roubado pelo clã Yggdmillennia após a 3ª Guerra.

Então, uma nova Guerra é iniciada entre o clã e a Associação pela posse do Santo Graal.

-- Publicidade --

A principal diferença de Fate/Apocrypha para o resto da série é que são disponibilizados 14 Servos ao invés dos originais sete.

São duas temporadas, a primeira com 12 episódios e a segunda com 13, com a média de 24 minutos de duração cada.

  • O Fate/Grand Order – First Order conta a história sobre a organização Chaldea, responsável pela preservação da vida humana, que está a beira da extinção.

O motivo da extinção humana data de alguns anos anteriores, portanto, eles devem mandar alguém para o passado pra salvar o futuro.

O Fate/Grand Order – First Order não é uma série de anime e sim um filme/OVA, com 1h12min de duração.

  • O Fate Extra/Last Encore tem como protagonista Hakuno Kishinami e é diferente de todo o resto da série Fate. Hakuno acorda em um mundo de realidade virtual no futuro, sem memórias, e se vê no meio de uma Guerra do Santo Graal.

Fate Extra/Last Encore traz alguns personagens de outras temporadas, como a Saber e a Rin, mas tem uma dinâmica bem diferente do que os fãs da série estão acostumados.

-- Publicidade --

São duas temporadas, a primeira com 10 episódios e a segunda com 3 e uma média de 24 minutos de duração, com exceção do último episódio que é mais longo (48 minutos).

Em relação à produção, Fate/Zero e Fate/Stay Night (Unlimited Blade Works) foram produzidos pela Ufotable. Fate/Apocrypha foi produzido pela A-1 Pictures e Fate Extra/Last Encore foi produzido pelo Studio Shaft.

Trailer de Fate/Stay Night

4- God Eater

God eater
God eater

Seguindo nossa lista de animes baseados em games, God Eater é um jogo de RPG lançado em 2010. Em 2015, a série animada foi lançada, produzida pela Ufotable, o mesmo estúdio de Fate/Zero e Fate/Stay Night (Unlimited Blade Works).

O anime conta a história de uma sociedade pós apocalíptica chamada NAU (New Asian Union) e se passa no ano de 2071, quando a humanidade entra novamente em perigo.

Esse perigo tem um nome por trás: Aragami, monstros comedores de pessoas. Os Aragami são imunes contra armas normais, o que leva a organização chamada Fenrir a criar o Arco Divino, armas especiais para derrotar os monstros.

-- Publicidade --

Os Arcos Divinos são utilizados por um grupo de soldados chamados God Eaters. O personagem principal da série é Lenka Utsugi, um God Eater que tem como principal objetivo se livrar do maior número possível de Aragami.

Outros personagens do anime são Lindow Amamiya, Kouta Fujiki, Sakuya Tachibana, Alisa Llinichina Amiella, Soma Schicksai, entre outros.

Um ponto negativo do anime é que ele possui algumas pontas soltas, mas nunca foi anunciada uma continuação.

O anime possui 13 episódios com duração de 23 minutos cada.

Trailer em inglês de God Eater

5- Granblue Fantasy – A Animação

Granblue fantasy - a animação
Personagens principais de granblue fantasy, gran e lyria

Mais um anime inspirado em RPG da lista. Lançado em 2017, Granblue Fantasy – A Animação conta a história de um mundo vivido em ilhas flutuantes no céu.

-- Publicidade --

Gran é o protagonista desta história. Ele vive em Zinkenstill, uma ilha cheia de mistérios, com seu companheiro Vyrn, uma criatura falante com asas.

Os dois se deparam com uma garota chamada Lyria., que estava fugindo do Império, após ser capturada por conta de seus poderes de controlar criaturas chamadas Primal Beasts.

Os três então vão viajar pelas ilhas a fim de fugir das garras do Império (no caso de Lyria) e de encontrar seu pai (objetivo de Gran), que deixou a ele apenas uma carta.

Granblue Fantasy é um anime bem mais leve comparado aos anteriores desta lista, apesar de não ter censura quanto a sangue, sua classificação indicativa é de 14 anos. Fãs de Final Fantasy também podem ver algumas semelhanças com a franquia, uma vez que o diretor de arte e o compositor são os mesmos.

A primeira temporada foi produzida pelo A-1 Pictures (Fairy Tail, Blue Exorcist, SAO, Love is War, Fate/Apocrypha), e a segunda temporada foi produzida pelo estúdio MAPPA (Yuri!!! On Ice, Attack on Titan).

-- Publicidade --

Apesar de possuir duas temporadas, apenas a primeira está disponível na Netflix, com 13 episódios no total, cada um com 23 minutos de duração.

Trailer de Granblue Fantasy – A Animação

6- Street Fighter II: V

Street fighter ii: v
Ryu e ken

O anime mais antigo desta lista de animes baseados em games, Street Fighter II: V foi lançado em 1995, produzido pelo Group TAC e baseado no jogo lançado em 1994, Super Street Fighter II Turbo.

O anime conta a história de dois lutadores adolescentes, Ryu e Ken em sua viagem pelo mundo em busca de melhorar suas habilidades nas artes marciais após uma vergonhosa derrota.

Assim como o anime de Castlevania, Street Fighter II: V é apenas baseado na história do game, possuindo um plot e desenvolvimento próprios, o que pode não agradar os fãs do jogo. Inclusive o desenho dos personagens é bem diferente.

A maior parte dos 17 personagens que aparecem no jogo, porém, fazem aparições no anime, mesmo com características e aparência diferentes das originais.

-- Publicidade --

A idade dos personagens também foi alterada, para que Ken e Ryu pudessem ser retratados como adolescentes de 17 anos.

Assim como Granblue, o anime de Street Fighter tem uma pegada menos tensa e dark do que os títulos apresentados até aqui.

São 29 episódios no total, com uma média entre 22 e 23 minutos cada.

Por ser um anime mais antigo, eu não consegui encontrar o trailer.

7- Pokemon

Pokemon
Ash e pikachu se tornaram grande sensação entre fãs de jogos e de animes

Já conhecido por quase todos, Pokemon é um grande clássico.

-- Publicidade --

Ash Ketchum tem 10 anos e inicia sua jornada em busca de se tornar o melhor Mestre Pokemon.

Ao lado de seu companheiro inseparável e carismático (apesar da única coisa que ele sabe falar é o próprio nome) Pikachu, e seus amigos Brock e Misty, Ash viaja por aí desafiando os líderes de ginásio atrás de insígnias, enquanto aumenta sua coleção de Pokemons.

Pokemon é um grande fenômeno que completa 25 anos este ano, iniciado com os games Red & Green, lançados em 1996 na plataforma Game Boy.

O anime atualmente possui mais de 20 temporadas, mas apenas as duas primeiras, a Liga Índigo, e uma das últimas, a Sol & Lua estão disponíveis na Netflix.

Também estão disponíveis na Netflix os filmes Pokemon I Choose You, Pokemon O Poder de Todos e Mewtwo Contra-ataca – Evolução.

-- Publicidade --
Trailer do filme Pokemon: Mewtwo Contra-Ataca – Evolução

8- Sonic

Sonic x
Sonic e seus amigos em sonic x

Também um grande sucesso em termos de jogos, Sonic ganhou animações em sua homenagem. Duas versões de Sonic estão disponíveis na Netflix: Sonic X e Sonic Boom.

Em Sonic X, Sonic e seus amigos Amy, Knuckles, Tails, Rouge, Cream e Cheese (e o inimigo Dr. Eggman) vão parar na Terra, e fazem amizade com um humano chamado Chris Thorndyke, que os ajuda na luta contra Eggman e na proteção das Esmeraldas do Caos.

Esse anime foi muito criticado por se ambientar nos Estados Unidos, e não fez muito sucesso no seu país de origem, o Japão.

Sonic X foi produzido pela TMS Entertainment (Monster Rancher, Dr. Gray-Man, Bakugan).

São 52 episódios no total, divididos em duas temporadas com 26 episódios cada. A duração dos episódios é de 21 minutos.

-- Publicidade --

Já Sonic Boom não é uma produção japonesa, trata-se de uma parceria entre OuiDo! Productions, Technicolor Animation Productions, Sega of America, Inc., Lagardère Thématiques e Jeunesse TV.

Em Sonic Boom, Sonic e seus amigos (desta vez em Bygone Island) protegem a aldeia das ameaças de Dr. Eggman.

Em questão de enredo, as animações de Sonic são bem simples, também pelo fato de ser um desenho mais infantilizado. Um traço também muito presente em Sonic é o humor ácido.

Sonic Boom tem um total de 104 episódios, cada um com 11 minutos de duração.

Trailer de Sonic Boom

9- Dragon Quest: Your Story

Dragon quest: your story
Personagens principais de dragon quest: your story, luca e bianca

Único filme da lista de animes baseados em games, Dragon Quest: Your Story foi lançado em 2019 pela Shirogumi, Robot Communications e distribuído pela Toho. Trata-se também de uma animação diferente, em 3D (assim como em Sonic Boom). Ele foi baseado em jogo homônimo de 1992 do Super Nintendo.

-- Publicidade --

Criado para trazer um sentimento de nostalgia para os fãs, o filme não desaponta.

Luca, o protagonista, cresceu sem a mãe, que foi capturada por monstros. Seu pai acaba sendo morto por Ladja e em seu leito de morte revela ao filho que a mãe ainda está viva. Luca então, segue aventura para encontrar e libertar sua mãe.

É uma bonita homenagem à famosa franquia de jogos dos anos 80 e 90, com uma bela animação e a trilha sonora já conhecida dos fãs.

Trailer de Dragon Quest: Your Story

10- Dragon’s Dogma

Dragon's dogma
Personagens principais de dragon’s dogma, ethan e hannah

E pra fechar essa lista de animes baseados em games, mais um lançamento recente (setembro de 2020). Produzida pela Sublimation e distribuída pela própria Netflix, a série foi baseada no game de mesmo nome do ano de 2012.

Dragon’s Dogma conta a história de Ethan, que volta à vida como um Ressurgido, após ser morto por um dragão, que também destruiu todo seu vilarejo, levando as vidas de sua esposa e filho.

-- Publicidade --

Um “peão”, chamado Hannah, acaba por curá-lo e transformá-lo num Ressurgido, e ele segue então na busca de vingança.

Trata-se de um anime sombrio de ação, com a classificação indicativa para 16 anos.

São sete episódios no total, cada um com o nome de um dos Pecados Capitais, e possui enredo relacionado ao seu título. A animação, porém, foi muito criticada por ser rasa e sem atrativos.

Trailer de Dragon’s Dogma

Para encerrar o texto, vale dizer que a Netflix está na produção de um anime baseado no jogo Devil May Cry. Outros animes baseados em games que estão na Netflix são Wakfu, Carmen Sandiego, Yo-kai Watch e Pac Man e as Aventuras Fantasmagóricas.  

Se já viu todos os títulos citados neste texto, não tem problema! Temos também um texto com os lançamentos de abril da Netflix, com títulos novinhos em folha!

-- Publicidade --
Avatar of ane caroline medeiros

Jornalista, 26 anos. Ama ler e escrever e sonha um dia poder mudar as pessoas com suas palavras. Isso, claro, com uma música bem legal de BG!